Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5421
Tipo: Dissertação
Título: Dispersantes químicos na análise granulométrica de latossolos
Título(s) alternativo(s): Dispersing chemicals in the granulometric analysis of latosols
Autor(es): Mauri, Jocimar
Primeiro Orientador: Ruiz, Hugo Alberto
Primeiro coorientador: Ker, João Carlos
Segundo coorientador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Primeiro avaliador: Rocha, Genelício Crusoé
Segundo avaliador: Fontes, Luiz Eduardo Ferreira
Terceiro avaliador: Donagemma, Guilherme Kangussú
Abstract: O resultado mais acurado da análise textural é dependente da completa dispersão da amostra de solo e da manutenção da estabilidade da fase dispersa. Pode considerar que o pH elevado da solução é determinante na dispersão de solos com cargas dependentes de pH. Nas mesmas condições de pH e pressão osmótica, quanto maior o raio iônico hidratado do íon, mais efetiva será a dispersão de argilas, por incrementar a dupla camada difusa. Por último, a remoção de agentes cimentantes também incrementa a dispersão da amostra de solo. Em decorrência dessas afirmativa, foram testados compostos de Na+ e Li+ como dispersantes químicos alternativos, frente à solução de NaOH 0,01 mol L-1, com objetivo de lograr dispersão mais efetiva de forma a minimizar a presença de pseudocomponentes, fundamentalmente pseudo-silte, na análise granulométrica de Latossolos. O trabalho foi realizado utilizando amostras de oito Latossolos do Estado de Minas Gerais, selecionados por apresentarem diferentes materiais de origem e teores de óxidos de ferro. Os tratamentos foram dispostos segundo um delineamento em blocos casualizados, correspondendo a um arranjo fatorial 8 x 2 x 7, com três repetições. Os fatores em estudo foram as amostras dos oito Latossolos, retiradas nos horizontes A e B e sete dispersantes. O NaOH foi utilizado como dispersante de referência, testando-se, adicionalmente soluções de LiOH, NaClO, [NaClO + NaOH], [HCl + NaOH], (NaPO3)n e [(NaPO3)n + NaOH]. A dispersão mecânica foi realizada utilizando-se agitador rotatório tipo Wagner, regulado para 50 rotações por minuto, durante 16 horas. Os dispersantes alternativos foram comparados com NaOH por meio de teste de Dunnett. Utilizando a maior proporção de argila para identificar a efetividade dos dispersantes, nenhum deles igualou-se ao NaOH. Utilizando o sinal > para indicar maior efetividade, a seqüência determinada foi: NaOH > [(NaPO3)n + NaOH] > [HCl + NaOH] > [NaClO + NaOH] > LiOH > (NaPO3)n > NaClO. Dentre os dispersantes alternativos, destacou-se a solução de [(NaPO3)n+NaOH], com resultados próximos aos do dispersante de referência, evidenciando a importância da elevação do pH até valores próximos de 12. A efetividade das outras soluções sódicas com pH elevado, [NaClO+NaOH] e [HCl+NaOH], foi reduzida pela elevação da pressão osmótica da solução, dificultando a dispersão da amostra de solo. O LiOH foi inferior ao dispersante de referência. Essa resposta é justificada pela tendência desse cátion alcalino, de formar ligações covalentes que bloqueiam cargas elétricas negativas do complexo de troca das argila, com diminuição da densidade de carga superficial. O (NaPO3)n e NaClO foram os dispersantes menos efetivos, pelo menor pH das suas soluções. Pode concluir-se que a solução de NaOH é a mais efetiva para dispersar amostras de solos com argilas que apresentam capacidade de troca catiônica dependente do pH, ao favorecer o incremento de cargas negativas, a repulsão entre partículas e consequentemente a dispersão da amostra de solo, com valores relativamente baixos da pressão osmótica da suspensão.
The most accurate textural analysis result is dependent on the soil sample s complete dispersal and maintenance of the dispersed phase s stability. The solution s high pH can be considered to be determinant in the dispersion of soils with pH dependent loads. Under the same pH and osmotic pressure conditions, the higher the ion s ionic hydrated radius, the more effective the clay dispersion will be, as a result of the increment of the diffuse double layer. Finally, the removal of cementing agents also increases soil sample dispersal. Thus, Na+ and Li+ compounds were tested as alternative dispersers against the solution NaOH 0.01 mol L-1, aiming to obtain a more effective dispersion so as to minimize the presence of pseudo-components, fundamentally pseudo-silt,in the granulometric analysis of Latosols. Samples of eight Latosols from the state of Minas Gerais were used, selected for presenting different materials of iron oxide origin and content. The treatments were arranged in a randomized block design, in an 8 x 2 x 7 factorial scheme, and three repetitions. The factors studied were the eight Latosol samples, removed from horizons A and B and seven dispersers. NaOH was used as a reference disperser, by additionally testing the solutions LiOH, NaClO, [NaClO + NaOH], [HCl + NaOH], (NaPO3)n and [(NaPO3)n + NaOH]. Mechanical dispersion was performed using a Wagner type rotatory agitator, regulated for 50 rotations during 16 hours. The alternative dispersers were compared with NaOH by means of the Dunnett test. Using the highest clay proportion to identify the dispersers effectiveness, none of them was equal to NaOH. Using the sign > to indicate greater effectiveness, the sequence determined was NaOH > [(NaPO3)n + NaOH] > [HCl + NaOH] > [NaClO + NaOH] > LiOH > (NaPO3)n > NaClO. Among the alternative dispersers, the [(NaPO3)n+NaOH] solution stood out, with results close to those of the reference disperser, showing the importance of increasing the pH up to values close to 12. The effectiveness of the other sodium solutions with high pH, [NaClO+NaOH] and [HCl+NaOH], was reduced by increasing the osmotic pressure of the solution, making soil sample dispersion difficult. LiOH was lower than the reference disperser. Such response is justified by the tendency of this alkaline cation to form covalent bonds that block negative electric loads of the clay exchange complex, leading to a decrease of the superficial load density. (NaPO3)n and NaClO were the least effective dispersers, due to the lower pH of their solutions. It can be concluded that the NaOH solution is the most effective in dispersing soil samples with clay presenting pH dependent cationic exchange capacity, favoring the increase of negative loads, repulsion between particles, and, consequently, soil sample dispersion with relatively low suspension osmotic pressure values.
Palavras-chave: Dispersantes químicos
Solos
Análise granulométrica
Dispersing chemicals
Soils
Granulometric analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: MAURI, Jocimar. Dispersing chemicals in the granulometric analysis of latosols. 2008. 59 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5421
Data do documento: 28-Nov-2008
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf439,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.