Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5960
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação do desempenho produtivo e reprodutivo de vacas leiteiras puras e mestiças da raça holandesa na Região do Alto do São Francisco-MG
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the productive and reproductive performance of pure bred and crossbred Holstein dairy cows in the Alto do São Francisco-MG
Autor(es): Faber, Maria Cláudia Issa de Azevedo
Primeiro Orientador: Torres, Ciro Alexandre Alves
Primeiro coorientador: Carvalho, Giovanni Ribeiro de
Segundo coorientador: Guimarães, José Domingos
Abstract: Os dados utilizados neste trabalho foram obtidos de registros individuais de produção e reprodução de vacas da raça Holandesa preto e branca, ½ Holandês-Gir leiteira, ¾ Holandês-Gir leiteira, 7/8 Holandês-Gir leiteira, 15/16 Holandês-Gir leiteira e ½ Holandês- Jersey, oriundas de 23 fazendas localizadas na região do Alto do São Francisco-MG. Todas as fazendas trabalharam com o sistema de manejo semi-intensivo bastante similar. O período estudado foi de 2003 a 2007. Objetivou-se com o presente trabalho comparar rebanhos de diferentes graus de sangue e suas eficiências produtivas e reprodutivas, bem como os efeitos das condições ambientais. Estudaram-se 2.872 lactações, intervalos de parto e períodos de serviços. Os dados foram analisados pelo programa SAS (1999), a 5% de probabilidade. Todos os efeitos estudados influenciaram (P < 0,05) as características estudadas, ou seja, a produção de leite, o período de serviço e o intervalo de partos foram influenciados pelo grupo genético, pela fazenda, pelo mês, pelo ano e pela ordem de parto. Neste estudo, os índices reprodutivos mostraram-se satisfatórios, os animais mestiços com maior grau de sangue zebuíno apresentaram os menores índices produtivos e os animais com maior grau de sangue holandês, a menor eficiência reprodutiva, provavelmente pela maior sensibilidade às condições de clima e de manejo. A característica período do parto interferiu tanto nos indicadores reprodutivos quanto produtivos. Quando se refere ao período de serviço e intervalo de partos, os melhores resultados foram para as vacas que pariram na seca e no início das águas, época em que o volumoso fornecido apresenta qualidade superior. O efeito da idade da vaca ao parto sobre a produção total de leite foi linear, tendo sido observado aumento na produção de leite por ano de incremento na idade da vaca ao parto. Esse aumento foi observado até a quinta lactação; da sexta ordem em diante o efeito foi inverso. Este fato, possivelmente, pode ser explicado pelo desenvolvimento fisiológico do organismo do animal nas primeiras lactações e pela posterior idade avançada e senilidade.
The data used in this work were obtained from individual records on production and reproduction of black and white Holstein dairy cows, ½ Holstein-Gir, ¾ Holstein- Gir, 7/8 Holstein-Gir, 15/16 Holstein-Gir and ½ Holstein-Jersey, from 23 farms located in the region of Alto do São Francisco-MG. All the farms applied a very similar semiintensive management system. The period assessed was from 2003 to 2007. This study aimed to compare cattle herds presenting different degrees of blood and their productive and reproductive efficiencies as well as environmental condition effects. A total of 2.872 lactations, calving intervals and service periods were studied. The data were analyzed by the SAS program (1999) at 5% probability. All the effects studied influenced (P < 0.05) the characteristics analyzed. In other words, milk production, crossbreed, and calving interval were influenced by the genetic group, farm, year and parity. In this study, the reproductive indices were found to be satisfactory, with the mixed bred animals with a higher degree of Zebu blood presenting the lowest productive indices and the animals with the highest degree of Holstein blood, the lowest reproductive efficiency, likely due to the higher sensitivity to climate and management conditions. The characteristic service period interfered both in the reproductive and productive indicators. The best results for service and calving intervals were obtained during the dry period and in the beginning of the rains, time when the forage supplied presents a higher quality. The effect of age of cow at calving on total dairy production was linear, with increase being observed in the milk production per year of increased age of cow at calving. Such increase was observed up to the fifth lactation; from the sixth order on, the effect was inverted. This fact can likely be explained by the physiological development of the animal's organism during the first lactation periods and by posterior old age and senility.
Palavras-chave: Desempenho produtivo
Desempenho reprodutivo
Vacas holandesas
Productive performance
Reproductive performance
Holstein cows
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado Profissionalizante em Zootecnia
Citação: FABER, Maria Cláudia Issa de Azevedo. Evaluation of the productive and reproductive performance of pure bred and crossbred Holstein dairy cows in the Alto do São Francisco-MG. 2009. 37 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5960
Data do documento: 6-Nov-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia - Mestrado Profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf226,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.