Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6434
Tipo: Dissertação
Título: Quintais urbanos e a situação de (in) segurança alimentar de famílias beneficiárias do programa bolsa família, no município de Viçosa, Minas Gerais
Urban backyards and the situation of (in) security of families receiving the family allowance program, in Viçosa, Minas Gerais
Autor(es): Medeiros, Natália Sant’Anna de
Abstract: A segurança alimentar e nutricional é definida pelo direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade em quantidade suficientes. Como estratégia para auxiliar o acesso aos alimentos ressalta-se a agricultura urbana praticada nos quintais, sobretudo por famílias em vulnerabilidade social. Objetivou-se neste estudo verificar a contribuição dos quintais urbanos na situação de segurança alimentar em famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, no município de Viçosa, Minas Gerais. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Viçosa e a participação dos voluntários se deu mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas para coleta de dados sociodemográficos e aplicação da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar para avaliação da percepção quanto à situação de (in) segurança alimentar das 261 famílias que compuseram a amostra. Destas, 120 (46%) famílias possuíam quintais produtivos em seus domicílios nos quais se realizou levantamento etnobotânico. Encontrou-se prevalência de 80,8% (n=211) de Insegurança alimentar estando esta associada ao perfil sociodemográfico da população estudada: domicílios com presença de menores de 18 anos e adolescentes, número de moradores por domicílio, situação do imóvel, tratamento da água e trabalho do titular. Nos 120 quintais amostrados foram citadas 1606 plantas distribuídas em 53 famílias botânicas e 123 gêneros. As plantas citadas foram classificadas segundo as categorias de uso sendo 68,2% alimentares, 20,2% medicinais, 6% apresentaram mais de uma categoria, 4,7% outros usos e 0,9% místico religiosas. As características relacionadas aos quintais urbanos não apresentaram associação com a situação de (in) segurança alimentar verificada, segundo a EBIA. A alta prevalência de Insegurança Alimentar em famílias beneficiárias do PBF também foi encontrada em outros estudos, indicando que este grupo acumula condições de maior vulnerabilidade social. Valores culturais intangíveis estão relacionados às práticas de cultivo em quintais além do acesso aos alimentos de qualidade. Os quintais apresentam potencial para auxiliarem a promoção da segurança alimentar. Ressalta-se a importância de levantamentos etnobotânicos em áreas urbanas associados a diferentes metodologias de avaliação da segurança alimentar e nutricional.
Food and nutritional safety is defined by rights of all to the steady and permanent access to quality food in adequate quantity. As a strategy to aid in the access to food, the urban agriculture done in home gardens is highlighted, specially by families in social vulnerability. This study was aimed to verify the contribution of the urban backyards to the food safety situation of recipient families of the Bolsa Família Program (PBF), at the city of Viçosa, Minas Gerais. This research was approved by the Comitê de Ética e Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Viçosa. The participation of the volunteers was made through a Free and Clarified Consent Form. Semi-structured interviews were conducted to gather sociodemographic data and application of the Brazilian Food Insecurity Scale to assess the perception about the food (in)security situation of the 261 families that compose the sample. Out of these, 120 (46%) families owned productive backyards in their homes, in which an ethnobotanical survey was made. A prevalence of 80.8% (n=211) of food Insecurity, such data being associated to the sociodemographic profile of the studied population: homes with children with less than 18 years old and teenagers, number of residents per home, property condition, water treatment and the job of the proprietor. In the 120 sampled backyards 1606 ethnospecies were found distributed amongst 53 botanical families and 123 genera. The ethnospecies were classified according to the usage categories, those being 68.2% food, 20.2% medicinal, 6% presented more than one category, 4.7% other uses and 0.9% religious-mystic. The categories related to the urban backyards do not present association with the food (in)security situation found, according to the EBIA. The high prevalence of Food Insecurity in the recipient families of the PBF was also found in other researches, indicating that this group amasses conditions of higher social vulnerability. Intangible cultural values are related to the cultivation in backyards as well as the access to quality food. The backyards present potential to aid the development of food security. We emphasize the importance of ethnobotanical surveys in urban areas related to the different methodologies of assessment of food and nutritional security.
Palavras-chave: Segurança alimentar
Nutrição
Agricultura urbana
Etnobotânica
Programa bolsa família
CNPq: Nutrição
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MEDEIROS, Natália Sant'anna. Quintais urbanos e a situação de (in) segurança alimentar de famílias beneficiárias do programa bolsa família, no município de Viçosa, Minas Gerais. 2015. 130 f. Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6434
Data do documento: 27-Fev-2015
Aparece nas coleções:Agroecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdfTexto completo2,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.