Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6459
Tipo: Dissertação
Título: Resposta termográfica da pele em exercícios realizados com diferentes segmentos corporais em remoergômetro
Skin thermographic response in exercises performed with different body segments on rowing ergometer
Autor(es): Silva, Alisson Gomes da
Abstract: Esta dissertação foi proposta com o objetivo de analisar a resposta da temperatura da pele (TP ) em diferentes tipos de exercício realizados em remoergômetro, além de comparar os valores de TP obtidos por duas câmeras térmicas com diferente resolução. Para tal foram desenvolvidos três estudos. No primeiro estudo o objetivo foi comparar valores de TP de termogramas obtidos por duas câmeras com diferente resolução, além de verificar se as possíveis diferenças entre os instrumentos interferem na avaliação da simetria térmica das panturrilhas. Foram obtidos simultaneamente dois termogramas do corpo todo (anterior e posterior) com duas câmeras, sendo uma com resolução de 160 x 120 pixels (FLUKE) e a outra de 320 x 240 pixels (FLIR). Foram registrados os valores de TP máxima e média do abdômen, bíceps braquial, quadríceps, lombar, tríceps braquial e panturrilhas. Como resultado, a câmera de maior resolução apresentou maiores valores de TP em todas as comparações, sendo que em sete ocasiões as diferenças foram significativas. O viés médio variou de 0,22 °C a 0,64 °C. Não foi verificada diferença significativa entre as câmeras na comparação da diferença térmica bilateral, e o viés médio foi de 0,04 °C. Como conclusão, termogramas obtidos por câmeras termográficas de diferentes resoluções podem apresentar divergência nos valores de temperatura; porém, as diferenças não refletem em prejuízo na avaliação da simetria térmica bilateral das panturrilhas. No segundo estudo o objetivo foi analisar a resposta da TP antes, imediatamente após e durante o período de recuperação de três protocolos de exercício intenso realizados com diferentes segmentos corporais em remoergômetro. Os participantes foram submetidos a um teste máximo com distância de 2000 m (T2000m ) realizado com movimentação simultânea de membros superiores (MS) e inferiores (MI), seguido de testes realizados apenas com membros superiores (TMS) ou inferiores (TMI), todos com a mesma duração determinada pelo tempo obtido no T2000m . Foram obtidos termogramas do peitoral, dorsal superior, bíceps braquial, antebraço e quadríceps antes, exatamente após os testes e com 10, 20 e 30 minutos de recuperação (REC-10min, REC-20min, REC-30min). Não foi encontrada diferença significativa na TP em repouso quando cada RCI foi comparada entre si (p>0,05). Ao longo dos momentos foram observadas mudanças na TP em todas as RCI (p<0,001). As variações no peitoral foram equivalentes entre os três tipos de exercício (sem interação significativa, p=0,29), enquanto as demais áreas apresentaram respostas térmicas de diferente magnitude (interação significativa, p<0,001). A TP do peitoral reduziu após o exercício (p<0,05) e aumentou durante a recuperação (p<0,05 comparando com o momento pós-teste), sem retornar ao valor de repouso (p>0,05). A TP na região dorsal superior reduziu após os testes (p<0,05) e retornou ao repouso (p>0,05) no TMS (REC-10min) e no T2000m (REC-30min). No quadríceps foi observada uma redução após os três testes (p<0,05), contudo a TP retornou ao valor de repouso (p>0,05) no T2000m e TMI (REC-10min), enquanto no TMS a TP se manteve abaixo do baseline (p<0,05). No bíceps braquial e antebraço foi observado aumento na TP (p<0,05) mais pronunciado no TMS em relação ao T2000m, enquanto no TMI a TP no bíceps braquial permaneceu abaixo do repouso (p<0,05) e se restabeleceu no antebraço (p>0,05) com REC-10min. Como conclusão, o exercício intenso em remoergômetro realizado com diferentes segmentos corporais proporciona uma resposta térmica da pele específica e de diferente magnitude nas regiões corporais avaliadas. A forma de movimentação corporal interfere no padrão de respostas da TP quando a solicitação do quadríceps, dorsal superior e braço é alterada com as variações de exercício. No terceiro estudo o objetivo foi comparar a resposta da TP antes, imediatamente após e no período de recuperação de dois tipos de exercício, sendo um de curta duração e alta intensidade frente a outro de longa duração e moderada intensidade. Os participantes foram submetidos ao T2000m e a um protocolo de exercício moderado de carga constante. Foram obtidos termogramas do peitoral, abdômen, dorsal superior, lombar, bíceps braquial, antebraço, quadríceps, isquiotibiais e panturrilhas antes, exatamente após os protocolos e com REC-10min, REC-20min, REC-30min. Não foi encontrada diferença significativa na TP em repouso quando cada RCI foi comparada entre si (p>0,05), exceto no peitoral e dorsal superior (p<0,05). Ao longo dos momentos foram observadas alterações térmicas em todas as RCI nos dois protocolos de exercício (p<0,001). As variações no peitoral, dorsal superior e abdômen não foram equivalentes entre os exercícios (interação significativa, p<0,05), enquanto as demais RCI apresentaram respostas térmicas equivalentes entre os protocolos (sem interação significativa, p>0,05). Exatamente após os dois exercícios a TP reduziu em todas as RCI do tronco e membros inferiores, enquanto nos membros superiores a TP se manteve estável em relação ao repouso. Durante os 30 minutos de recuperação a TP retornou ao valor de repouso no quadríceps, isquiotibiais, dorsal superior e abdômen nos dois exercícios. Nas panturrilhas e lombar a TP permaneceu abaixo do valor de repouso enquanto nos membros superiores os valores elevaram acima do repouso durante a recuperação. O peitoral apresentou um restabelecimento térmico apenas no exercício moderado, enquanto no exercício intenso a TP permaneceu abaixo do valor de repouso. Em conclusão, o exercício intenso de curta duração e moderado prolongado em remoergômetro proporcionam respostas térmicas diferenciadas ao longo do tempo nas RCI do peitoral, dorsal superior e abdômen. Nas RCI do tronco e membros superiores as respostas térmicas são equivalentes entre os exercícios.
The aim of this work was to analyze the skin thermal (TSK) response in different type of exercises performed on rowing ergometer, in addition to compare the values of TSK obtained by two thermal cameras of different resolution. In order to do this, three studies were developed. In the first study the aim was to compare Tsk values of thermograms obtained by two thermographic cameras with different resolutions, in addition to verify if the possible differences between the cameras interfere in the evaluation of thermal symmetry of the calves. Two whole body thermograms were taken simultaneously (anterior and posterior) with two cameras, being one FLUKE 160 x 120 pixels and the other FLIR 320 x 240 pixels. The maximal and mean TSk values of abdomen, biceps brachial, quadriceps, lower back, triceps brachial and calves were recorded. As results the higher resolution camera showed higher TSk values in all comparisons, so that in seven of twelve cases were found significant differences. The mean bias ranged from 0.22 °C to 0.64 °C. Significant difference was not found between the cameras in the comparison of bilateral thermal difference, and the mean bias was 0.04 °C. In conclusion, thermograms obtained by cameras with different resolutions may present divergence in the temperature values, however these differences do not reflect impairment in evaluation of bilateral thermal symmetry of the calves. In the second study the aim was to analyze the TSK response before, immediately after and during the recovery period of three intense exercise protocols performed with different body segments in rowing ergometer. The participants underwent to a maximal test over 2000 m distance (T2000m ) performed using simultaneously upper (UL) and lower limbs (LL), followed by testes performed only with upper (TUL) or lower limbs (TLL), all with the same duration determined by time obtained in the T2000m. Thermograms of chest, upper back, biceps brachial, forearm and quadriceps were taken before, immediately after tests and within 10, 20 and 30 minutes of recovery period (REC-10min, REC-20min, REC-30min). Significant differences were not found in the rest TSk when each body region was compared between itself (p>0.05). Changes in TSk over time were observed in all ROI (p<0.001). The changes in the chest TSk were equivalent across the 3 exercises, (no significant interaction, p=0.29), while the other areas presented thermal responses with different magnitude (significant interaction, p<0.001). The TSk on chest decreased after exercise (p<0.05) and increased during the recovery period (p<0.05 comparing with the moment after test), but did not return to the rest values (p>0.05). The TSk on upper back presented thermal reduction after all tests (p<0.05) and returned to the baseline (p>0.05) in TUL (REC-10min) and in T2000m (REC-30min). On the quadriceps a reduction after the tests was observed (p<0.05), however the TSk returned to the baseline (p>0.05) in T2000m and TLL (REC-10min), while in TUL the TSk remained lower from the baseline (p<0.05). On the biceps brachial and forearm was observed an increase in the TSk (p<0.05) more pronounced in TUL than T2000m , while in the TLL the biceps brachial TSk remained lower from the baseline (p<0.05) and returned to the baseline (p>0.05) on forearm (REC-10min). In conclusion, the intense exercise in rowing ergometer performed with different body segments provides a specific skin thermal response with different magnitude in the body regions evaluated. The mode of body movement interferes on TSk responses when the solicitation of quadriceps, upper back and arms is altered with the exercise variations. In the third study the aim was to compare the TSk response before, immediately after and during the recovery period of two types of exercise, being one of short duration and high intensity and the other of long duration and moderate intensity. The participants underwent to the T2000m and to a moderate exercise protocol of constant load. Thermograms of chest, abdomen, upper back, lower back, biceps brachial, forearm, quadriceps, hamstring and calf were taken before, immediately after tests and within REC-10min, REC-20min, REC-30min. Significant difference was not found in the rest TSk when each body region was compared between itself (p>0.05), except in the chest and upper back (p>0.05). Changes in TSk over time were observed in all ROI in the two exercise protocols (p<0.001). The changes in the chest, abdomen and upper back were not equivalent between the exercises (significant interaction, p<0.05), while the others ROI presented equivalent thermal responses between the protocols (no significant interaction, p>0.05). Immediately after the two exercises the TSk decreased on all ROI of the trunk and lower limbs, while the TSk on upper limbs did not change in relation to the baseline. During 30 minutes of recovery the TSk on quadriceps, hamstring, upper back and abdomen returned to the baseline in the two exercise protocols. The TSk on calves and low back remained lower than the baseline, while the TSk values on upper limbs increased above baseline during the recovery. The chest presented a thermal restoration only in the moderate exercise, while in the intense exercise the TSk remained lower than the baseline. In conclusion, the intense exercise of short duration and moderate prolonged in rowing ergometer provided different thermal responses over time on ROI of chest, abdomen and upper back. On ROI of trunk and upper limbs the thermal responses are equivalent between the exercises.
Palavras-chave: Exercícios físicos
Temperatura corporal - Regulação
CNPq: Ciências da Saúde
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVA, Alisson Gomes da. Resposta termográfica da pele em exercícios realizados com diferentes segmentos corporais em remoergômetro. 2015. 106 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6459
Data do documento: 8-Jul-2015
Aparece nas coleções:Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.