Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6625
Tipo: Dissertação
Título: Regimes tecnológicos e políticas de incentivo à inovação no Brasil
Technological regimes and innovation policies in Brazil
Autor(es): Resende, Andeara Lasmar
Abstract: A inovação tem assumido papel central na explicação do desempenho econômico, sendo um fator de diferenciação competitiva entre as empresas e o elemento principal da dinâmica capitalista. Uma vez que o diferencial positivo relacionado à inovação é evidente, a relação entre Estado e a atividade inovativa assume relevância, uma vez que a política tecnológica se transforma em eixo principal das políticas públicas de promoção do crescimento e desenvolvimento econômico. Diante disso, é essencial que tais políticas sejam bem formuladas, em consonância com o contexto econômico, tecnológico e industrial, de modo a maximizar os impactos positivos sobre a sociedade. Este trabalho investiga e mensura a relação entre taxa de inovação das empresas industriais brasileiras e os regimes tecnológicos, sob a ótica da teoria evolucionária. O presente estudo busca evidenciar como se dão tais relações, valendo-se de dados da Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC) dos anos 2000 a 2011, e aplicando métodos de regressão econométrica e estatística multivariada de forma a captar a adequabilidade e a relevância dos regimes tecnológicos para o contexto brasileiro, e suas implicações no âmbito da elaboração de políticas públicas. A partir dessa perspectiva, é analisado o motivo da estagnação dos indicadores de inovação no Brasil, mesmo com a consolidação de um cardápio relativamente completo de políticas de inovação na última década: incentivos fiscais, subvenção, crédito subsidiado, entre outros. Os resultados da pesquisa mostram que certos aspectos importantes do contexto inovativo são aparentemente negligenciados pelas políticas correntes, faltam-lhe elementos fundamentais, especialmente foco e priorização. As políticas tecnológicas devem se ajustar às especificidades tecnológicas em cada setor industrial. Sendo dotados de características particulares e diferentes entre si no que diz respeito à maneira como a tecnologia é desenvolvida e apropriada, cada setor carece de ações que reconheçam tais diferenças e possam se ajustar mais adequadamente às suas necessidades e possibilidades. Tais movimentos são essenciais para que o país possa seguir num caminho de maior crescimento e desenvolvimento, que passa necessariamente por um aumento no nível tecnológico da indústria, pela melhor capacitação dos indivíduos e por instituições adequadas às necessidades, idiossincrasias e dinâmicas do cenário contemporâneo.
Innovation has played a central role in the economic performance explanation, being a competitive differentiation factor between business and the main element of capitalist dynamics. Since the positive differential related to innovation is evident, the relationship between the state and the innovative activity is relevant, since the technology policy becomes the main axis of public policies to promote growth and economic development. Therefore, it is essential that such policies are well formulated in line with the economic, technological and industrial context, in order to maximize the positive impacts on society. This paper investigates and measures the relationship between the rate of innovation in Brazilian firms and technological regimes, from the perspective of evolutionary theory. This study seeks to show how to give such relations, drawing on data from the Technological Innovation Survey (PINTEC) the years 2000-2011, and applying econometric regression methods and multivariate statistics in order to capture the adequacy and relevance of schemes technology to the Brazilian context, and its implications in the context of public policy development. From this perspective, the reason for the stagnation of innovation indicators in Brazil is analyzed, even with the consolidation of a fairly full menu of innovation policies in the last decade: tax incentives, grants, subsidized credit, among others. The survey results show that certain important aspects of the innovation context are apparently neglected by current policies, it lacks key elements, especially focus and prioritization. The technology policies must adjust to technological specifics of each industrial sector. Being endowed with individuals and different characteristics with respect to the way the technology is developed and appropriate, each sector lacks actions that recognize these differences and can adjust better to their needs and possibilities. Such movements are essential for the country to follow a path of higher growth and development, which inevitably means an increase in the technological level of the industry, for better training of individuals and institutions appropriate to the needs, idiosyncrasies and dynamics of the contemporary scene.
Palavras-chave: Inovação tecnológica
Pesquisa industrial
Desenvolvimento econômico
CNPq: Economia Industrial
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RESENDE, Andeara Lasmar. Regimes tecnológicos e políticas de incentivo à inovação no Brasil. 2014. 68 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6625
Data do documento: 5-Dez-2014
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo480,87 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.