Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7182
Tipo: Dissertação
Título: Composição química, perfil fermentativo e populações microbianas em silagem de cana-de-açúcar tratada com inoculantes bacterianos
Chemical composition, fermentation profile and population of microorganisms in silage of sugarcane treated with bacterial inoculants
Autor(es): Moraes, Rodrigo Lopes de
Abstract: O objetivo desse experimento foi avaliar a composição química, a população de microrganismos, o perfil fermentativo e a recuperação de matéria seca. A cana-de-açúcar foi submetida aos seguintes tratamentos antes da ensilagem: cana-de-açúcar sem inoculante (Controle); cana-de-açúcar com Lactobacillus buchneri (LB); cana-de-açúcar com Propionibacterium acidipropionici (PA); cana-de-açúcar com Propionibacterium acidipropionici e Lactobacillus plantarum (PALP); cana-de-açúcar com Lactobacillus buchneri e Propionibacterium acidipropionici (LBPA); cana-de-açúcar com Lactobacillus buchneri, Propionibacterium acidipropionici e Lactobacillus plantarum (LBPALP). Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e três repetições, totalizando 18 unidades experimentais. A cana-de-açúcar foi picada e ensilada em baldes de 20 kg, contendo válvulas de Bunsen, os quais foram abertos 90 dias após a ensilagem. Verificou-se que apenas o tratamento com L. buchneri proporcionou teor de MS semelhante ao da silagem controle (23,2%), que foi reduzido pelos demais tratamentos. Todos os tratamentos resultaram em teores de PB e NIDA/N-Total semelhantes aos da silagem controle, que foram 4,1% e 9,3%, respectivamente, e não afetaram os teores de fibra, cujas médias foram 61,4% de FDN e 38,6% de FDA. Não houve efeito de inoculante sobre a produção de efluente, cuja média foi 104,31 kg/t MN. Os tratamentos com PALP e LBPALP resultaram em menor recuperação de matéria seca que a silagem controle. Os teores de amônia e o pH foram incrementados pelos tratamentos com LBPA e LBPALP em relação à silagem controle (9,6% de amônia e pH de 3,28). Não houve diferença entre os tratamentos para as populações de bactérias do ácido lático e leveduras, cujos valores médios foram 9,06 e 4,27 log ufc/g, respectivamente. Foi observada maior população de mofos na silagem controle (2,88 log ufc/g), em relação a todas as silagens, porém, foi semelhante à tratada com LBPA. Foi verificado maior teor de ácido lático na silagem LBPALP em relação a controle (2,24%), que não diferiu das demais. Menor teor de ácido acético foi verificado na silagem controle (1,85%), que não diferiu da tratada com LB, sendo maiores valores obtidos com LBPA e LBPALP. Não verificou-se diferença para os teores de ácido butírico entre os tratamentos, cuja média foi 0,01%. A silagem com LBPA apresentou maior teor de etanol (6,15%) em relação à silagem controle e com PA e não diferiu das demais. Assim, conclui-se que os inoculantes e suas misturas não proporcionam resultados promissores em relação à composição química, perfil de fermentação e recuperação de matéria seca da silagem de cana- de-açúcar.
The objective of this study was to evaluate the chemical composition, the population of microorganisms, the fermentation profile and recovery of dry matter. The following additives was applied onto the fresh forage before ensiling: sugarcane chopped no additives (Control Treatment); Silage of sugarcane with Lactobacillus buchneri (LB); Silage of sugarcane with Propionibacterium acidipropionici (PA); Silage of sugarcane with Propionibacterium acidipropionici and Lactobacillus plantarum (PALP); Silage of sugarcane with Lactobacillus buchneri and Propionibacterium acidipropionici (LBPA); Silage of sugarcane with Lactobacillus buchneri, Lactobacillus plantarum and Propionibacterium acidipropionici (LBPALP). It was used a completely randomized design with six treatments and three repetitions, totaling 18 experimental units. The sugarcane was chopped and ensiled to 20 kg buckets, containing Bunsen valves and opened 90 days after ensiling. It was verified that only the treatment with L. buchneri provided DM content similar to the control silage (23.2%), which was reduced by others treatments. All treatments provided PB and NIDA levels similar to the control silage, which were 4.1% and 9.3%, respectively, and did not affect the fiber content, which averages 61.4% FDN and 38.6 % of FDA. There was no treatment effect on the production of effluent with an average 104.31 kg / t MN. The treatments with and PALP LBPALP provided lower dry matter recovery than the control silage (82.1%). The ammonia concentrations and pH were increased by treatments with LBPA and LBPALP relative to control silage (9.6% of ammonia and pH 3.28). There was no difference between treatments for the lactic acid bacteria and yeast, whose values were 9.06 and 4.27 log cfu / g, respectively. During this experiment, was observed greater population of molds in the control treatment (2.88 cfu / g log) than the others treatments, however, was similar to that treated with LBPA. It was found higher lactic acid content in silage LBPALP relative to control (2.24%), which did not differ from the others. The lowest acetic acid content was observed in the control silage (1.85%), which did not differ from untreated LB, greater value was obtained from LBPA and LBPALP. No difference was observed for butyric acid content between treatments, with an average 0.01%. The silage with LBPA showed higher ethanol content (6.15%) compared to the control silage and with PA and did not differ from others. Thus, it is concluded that inoculants and their mixtures did not provide promising results regarding the chemical composition, profile fermentation and recovery of silage dry matter sugarcane.
Palavras-chave: Cana-de-açúcar
Silagem
Fermentação
CNPq: Pastagem e Forragicultura
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: Moraes, Rodrigo Lopes de. Composição química, perfil fermentativo e populações microbianas em silagem de cana-de-açúcar tratada com inoculantes bacterianos. 2015. 14 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7182
Data do documento: 9-Jul-2015
Aparece nas coleções:Zootecnia - Mestrado Profissional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo318,43 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.