Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7832
Tipo: Dissertação
Título: Toxicidade de novos piretróides a lepidópteros-praga de hortaliças e hymenópteros predadores e polinizador
Toxicity of new pyrethroids to lepidopterous pests of vegetable and hymenopterous predators and polinizattor
Autor(es): Moreno, Shaiene Costa
Abstract: A demanda por novos produtos para o manejo de pragas em hortaliças é crescente. Dentre essas pragas, a traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), a broca-das-cucurbitáceas Diaphania hyalinata (L.) (Lepidoptera: Pyralidae) e o curuquerê-da-couve Ascia monuste orseis (Latreille) (Lepidoptera: Pieridae) são pragas-chave do tomateiro, cucurbitáceas e brássicas, respectivamente. Além da eficiência contra insetos-praga, novos inseticidas devem apresentar seletividade a inimigos naturais e polinizadores. Nos agroecossistemas formados por hortaliças freqüentemente se observa a ação benéfica dos predadores Solenopsis saevissima (F. Smith) (Hymenoptera: Formicidae) e Protonectarina sylveirae (Saussure) (Hymenoptera: Vespidae); e do polinizador Tetragonisca angustula (Latreille) (Hymenoptera: Apidae: Meliponinae). Assim, neste trabalho objetivou-se avaliar a toxicidade de novos piretróides contendo modificações na parte de origem ácida, a fim de elucidar a atividade inseticida desses compostos aos lepidópteros-praga de hortaliças T. absoluta, D. hyalinata e A. monuste orseis e a seletividade aos predadores S. saevissima e P. sylveirae e ao polinizador T. angustula. Determinou-se, por análise de próbite, curvas dose-mortalidade dos piretróides para os insetos. Por meio dessas curvas, foram estimadas as doses letais para 50 e 90% das populações (DL50 e DL90). Foram calculados os índices de toxicidade relativa, de seletividade diferencial e de tolerância relativa. Os novos piretróides estudados apresentaram ação inseticida sobre os lepidópteros-praga T. absoluta, D. hyalinata e A. monuste orseis. As misturas dos isômeros cis e trans dos novos piretróides causaram altas mortalidades aos insetos- praga em doses ligeiramente maiores que as da permetrina. Os isômeros cis das misturas [10+11] e [16+17], e os isômeros trans da mistura [12+13] apresentaram maior eficiência. Os novos piretróides estudados causaram alta mortalidade a T. absoluta, D. hyalinata e A. monuste orseis em tempo menor que 12 horas. As misturas dos isômeros [14+15] e [18+19] apresentaram seletividade em favor do predador S. saevissima. A determinação da dose correta dos piretróides estudados foi, de forma geral, mais importante no impacto destes sobre os predadores e polinizador do que nos lepidópteros-praga.
The demand of new products for handling of pests on vegetables is growing. Among those pests, the tomato leafminer Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), the melonworm Diaphania hyalinata (L.) (Lepidoptera: Pyralidae) and the kale leafworm Ascia monuste orseis (Latreille) (Lepidoptera: Pieridae) are key pests of tomato, curcubitaceas and brassicas crops, respectively. Besides the efficiency against insect, new insecticides should present selectivity to natural enemies and pollinator. In the ecosystems formed by vegetables frequently the beneficial action of the predators Solenopsis saevissima (F. Smith) (Hymenoptera: Formicidae); Protonectarina sylveirae (Saussure) (Hymenoptera: Vespidae); and the pollinator Tetragonisca angustula (Latreille) (Hymenoptera: Apidae: Meliponinae) is observed. So, in this work, it was to evaluate the toxicity of new pyrethroids containing modifications in the acid origin, in order to elucidate the insecticide activity of those compositions to the lepidopterous pests of vegetables T. absoluta, D. hyalinata and A. monuste orseis and the selectivity to the predators S. saevissima and P. sylveirae and to the polinizattor T. angustula. It was determined, for probit analysis, dose-mortality curves of the pyrethroids for the insects. Through those curves were dear the lethal doses for 50 and 90% of the populations (DL50 e DL90). Based on lethal doses the relative toxicity index, the differential selectivity index and relative tolerance index were calculated. The new studied pyrethroids presented insecticide action on the lepidopterous pets T. absoluta, D. hyalinata and A. monuste orseis. The mix of cis and trans isomers of the new pyrethroids caused high mortalities to the insect pests in doses lightly larger than the one of the permetrina. The cis isomer from mix [10+11] and [16+17], and the trans isomer from mix [12+13] were more presented larger efficiency. The new pyrethroids caused high mortality to T. absoluta, D. hyalinata and A. monuste orseis in smaller time than 12 hours. The mix of the isomers [14+15] and [18+19] presented selectivity in favor of the predator S. saevissima. The determination of correct dose of the studied pyrethroids was, in a general way, more important in the impact of these on the predators and polinizattor than in the lepidopterous pests.
Palavras-chave: Piretróides
Pragas agrícolas - Controle
Inseto predador
Polinização por inseto
Inseticidas
Lepidóptero
CNPq: Entomologia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MORENO, Shaiene Costa. Toxicidade de novos piretróides a lepidópteros-praga de hortaliças e hymenópteros predadores e polinizador. 2007. 42f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7832
Data do documento: 15-Fev-2007
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo314,05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.