Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/7916
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação do rocurônio associado a acepromazina, propofol e isofluorano, na anestesia de cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia eletiva
Evaluation of the rocuronium associated to the acepromazine, propofol and isofluorane, in the anesthesia of bitches submitted to the elective ovariohysterectomy
Autor(es): Neves, Cinthya Dessaune
Abstract: A anestesia é um procedimento rotineiro dos veterinários e a pesquisa de novos fárma- cos anestésicos é uma necessidade constante frente à evolução dos diversos setores da medi- cina veterinária. Durante os procedimentos cirúrgicos de cães, procura-se um protocolo anes- tésico que atenda às exigências de segurança e bem-estar dos animais, mas que também for- neça tranquilidade ao anestesista e condições favoráveis ao cirurgião. O rocurônio é um blo- queador neuromuscular, com potencial para propiciar vantagens em cirurgias que exijam rela- xamento muscular de curta duração. O presente estudo teve como objetivo avaliar os possí- veis efeitos advindos da utilização do rocurônio como miorrelaxante em ovariosalpingohiste- rectomias (OSH) eletivas de cadelas. Foram selecionadas 20 cadelas, com indicação de OSH eletiva e classificadas como ASA I, segundo critérios da Sociedade Americana de Anestesio- logia. Os animais apresentavam peso e idade médios de 15kg e 4 anos. Foram divididos alea- toriamente em dois grupos de dez animais. Os animais do grupo 1 (G1) receberam como me- dicação pré-anestésica acepromazina na dose de 0,1mg/Kg pela via intravenosa (IV), propofol na dose de 6mg/Kg pela mesma via para indução, sendo, a seguir, introduzida anestesia inala- tória com isofluorano como agente de manutenção. No momento da incisão de pele foi admi- nistrado rocurônio na dose de 0,1mg/Kg IV. O grupo 2 (G2) recebeu o mesmo tratamento do G1, entretanto, ao invés do bloqueador neuromuscular, foi administrado soro fisiológico em volume idêntico ao calculado para o rocurônio, como placebo. A frequência respiratória (FR) e o volume minuto (VM) foram mensurados antes de qualquer tratamento (M0), 15 minutos após a MPA (M1), subsequente a indução (M2), e aos 2, 4, 6, 8, 10, 15, 20, 25, 30, 35 e 40 minutos após o rocurônio ou o placebo. As demais variáveis como pressão arterial sistólica, frequência cardíaca, temperatura corporal, saturação da oxihemoglobina, analgesia, tempo de preenchimento capilar, reflexo palpebral, corneal e laringotraqueal, eletrocardiografia (ECG), foram mensuradas no M0, M1, M2 e a partir deste momento a cada 10 minutos (M3, M4, M5 e M6). As coletas de sangue arterial para as análises hemogasométricas foram realizadas no M0, M3 e M6. Após as cirurgias, um questionário foi respondido pela equipe cirúrgica sobre o miorrelaxamento. Os resultados obtidos demonstraram que o rocurônio na dose de 0,1mg/Kg causou poucas mudanças na dinâmica respiratória, verificando-se apenas aos 2 mi- nutos, após a sua administração, redução no VM no G1 em comparação ao G2. Não foram observadas alterações significativas na dinâmica circulatória e demais variáveis estudadas. O miorrelaxamento foi considerado acentuado e facilitou a abordagem dos ligamentos suspensó- rios dos ovários em 80% dos animais tratados com o rocurônio.
Anesthesia is a common procedure for the veterinarians; still, the research of new an- esthetic drugs is a constant need due to the development of several areas in veterinary medi- cine. Surgical procedures in dogs require an anesthetic protocol joining both the safety's de- mands and the animal’s well being, but also needs to provide favorable conditions to the sur- geon and to the anesthetist. The rocuronium is a neuromuscular blocking, with potential ad- vantages in surgeries demanding skeletal muscles relaxation for a short period of time. The present study evaluated the possible efects of rocuronium in muscle relaxation during elective ovariohysterectomy (OSH) in bitches. Twenty female dogs assigned for elective OSH were selected and classified as ASA I, according to the American Society of Anesthesiology. The animals, medium weight and age of 15kg and four years old, respectively, were divided in two groups of ten animals. The animals in group 1 (G1) received intravenous (IV) acepromaz- ine (0,1mg/Kg) as preanesthetic medication, propofol intravenous (6mg/Kg) for general anes- thesia induction and maintenance with the inhalational anesthetic isofluorane. Rocuronium (0,1mg/Kg, IV) was administered in the moment of skin incision. Group 2 (G2) received the same treatment as G1, except for rocuronium, instead, they received saline solution at 0.9% in identical volume calculated for the rocuronium. The respiratory frequency (FR) and minute ventilation (VM) were measured before all treatments (M0), 15 minutes after MPA (M1), after induction (M2), and 2, 4, 6, 8, 10, 15, 20, 25, 30, 35 and 40 minutes after rocuronium or sa- line. The variables systolic pressure, heart rate, body temperature, oxyhemoglobin saturation, analgesia, capillary filling time, electrocardiography (ECG) and eyelid, corneal and laryngo- tracheal reflexes were measured in M0, M1, M2 and then, starting from this moment, every 10 minutes (M3, M4, M5 and M6). Arterial blood was collected for blood gas analysis in M0, M3 and M6. After the surgeries, a questionnaire was fulfilled by the surgeons, about muscular relaxation. Results demonstrated that rocuronium in the dose of 0,1mg/Kg caused few changes in the respiratory dynamics, verified only two minutes after its administration: reduc- tion in VM in G1 in comparison with G2. Significant alterations were not observed in the cir- culatory dynamics and other studied variables. Skeletal muscle relaxation was considered high, making the ovaries exposure easier in 80% of the animals treated with rocuronium.
Palavras-chave: Bloqueador neuromuscular
Cadelas
Rocurônio
pequenos animais
CNPq: Anestesiologia Animal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: NEVES, Cinthya Dessaune. Avaliação do rocurônio associado a acepromazina, propofol e isofluorano, na anestesia de cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia eletiva. 2009. 61f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/7916
Data do documento: 18-Fev-2009
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo935,36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.