Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8208
Tipo: Dissertação
Título: Emoções de uma professora de Inglês de escola regular: o papel do coaching
Studies about emotions in Applied Linguistics have been increasing in Brazil
Autor(es): Padula, Bárbara Cotta
Abstract: Estudos de emoções dentro da Linguística Aplicada vêm crescendo cada vez mais nos últimos anos no Brasil (ARAGÃO, 2005; BARCELOS, 2010; COELHO, 2011), bem como no exterior (ZEMBYLAS, 2003, 2005; MATURANA, 2005). Entretanto, de acordo com Zembylas (2003), foi apenas nas últimas duas décadas que estudos sobre emoções de professores se intensificaram. Pesquisas sobre coaching são mais comuns no cenário internacional (CORNETT & KNIGHT, 2015; BEGLAU, M. et al 2015), sendo que no Brasil, até o momento, foram encontrados apenas dois trabalhos sobre coaching voltados para o ensino de línguas (NOGUEIRA, 2011; CUNHA, 2014). Mais raros ainda são estudos que aliam o coaching a emoções de professores. O presente estudo teve como objetivo mapear, durante um processo de coaching instrucional, as emoções de uma professora de inglês em sua prática de ensino numa escola privada da Zona da Mata Mineira, investigando como esse coaching a auxiliou no entendimento e na forma de lidar com essas emoções, bem como na sua prática. Para alcançar os objetivos acima mencionados, as seguintes perguntas de pesquisa guiaram este estudo: 1) Quais são as emoções presentes no cotidiano de uma professora de escola particular?; 2) Como o coaching feito por uma profissional formada em Letras Inglês/ Português pode auxiliar no entendimento bem como na forma de lidar com essas emoções?; 3) Como o coaching pode auxiliar na prática da professora participante? O referencial teórico foi baseado em estudos sobre emoções (HARGREAVES, 2001, 2005; ZEMBYLAS, 2002b, 2005; SCHUTZ e ZEMBYLAS, 2009; BARCELOS, 2013) e coaching (BARKLEY, 2005, 2010; KNIGHT, 2004, 2005, 2006, 2007, 2011; NOGUEIRA, 2011; AGUILAR, 2013; CUNHA, 2014). Este é um estudo de caso que utilizou os seguintes instrumentos de dados: uma narrativa escrita, nove sessões de coaching, observação de quatro aulas e notas de campo. Os resultados sugeriram que o processo de coaching instrucional pôde auxiliar a participante a identificar, entender e lidar melhor com suas emoções relacionadas à sua prática. Além disso, esse processo também a ajudou a lidar melhor com as questões pedagógicas e com os problemas vivenciados no contexto escolar. Esta pesquisa sugere como o coaching pode auxiliar o professor orientado em questões pedagógicas e emocionais, considerando que as sessões de coaching são um espaço de reflexão sobre a prática e compartilhamento de experiências.
Studies about emotions in Applied Linguistics have been increasing in Brazil (ARAGÃO, 2005; BARCELOS, 2010; COELHO, 2011) as well as in other countries ZEMBYLAS, 2003, 2005; MATURANA, 2005).However, according to Zembylas (2003), it was only in the last two decades that studies on teacher emotions intensified. Research studies on coaching are more common in the international context (CORNETT & KNIGHT, 2015; BEGLAU, M. et al 2015), whereas in Brazil, only two studies about coaching in language teaching have been found up to the present (NOGUEIRA, 2011; CUNHA, 2014). Studies that connect coaching and teacher emotions are even more unusual. This study aimed to map, during an instructional coaching process, the emotions of an English teacher in her teaching practice in a private school which was located in Zona da Mata in Minas Gerais. It also aimed at investigating how this coaching process could help her in her understanding and in how she dealt with these emotions in her practice. In order to achieve these aims, the following research questions guided the study: 1) What emotions are present in the daily life of a private school teacher?; 2) How does the coaching promoted by an English and Portuguese teacher help in the understanding and in how she dealt with these emotions?; 3) How could the coaching help in her pedagogical practice? The theoretical framework was based on studies of emotions (HARGREAVES, 2001, 2005; ZEMBYLAS, 2002b, 2005; SCHUTZ e ZEMBYLAS, 2009; BARCELOS, 2013) and coaching (BARKLEY, 2005, 2010; KNIGHT, 2004, 2005, 2006, 2007, 2011; NOGUEIRA, 2011; AGUILAR, 2013; CUNHA, 2014). This qualitative case study used the following data collection instruments: a written narrative, nine coaching sessions, observation of four classes and field notes. The results have suggested that the instructional coaching process could help the participant to identify, understand and better understand her emotions related to her practice. In addition, the coaching helped her to deal better with the educational issues as well as with the problems that she experienced in the school context. This research study suggests how coaching can help teachers in their pedagogical and emotional aspects, considering that coaching sessions are spaces for reflection about the practice and the sharing of experiences.
Palavras-chave: Professores de inglês - Formação
Emoções
Inglês - Estudo e ensino
CNPq: Lingüística, Letras e Artes
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PADULA, Bárbara Cotta. Emoções de uma professora de Inglês de escola regular: o papel do coaching. 2016. 134f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8208
Data do documento: 29-Fev-2016
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.