Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/836
Tipo: Tese
Título: Avaliação do desempenho de lagoas de alta taxa no tratamento de esgoto pré-desinfectado submetidas a diferentes níveis de radiação solar
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the performance of high rate algal ponds treating pre-disinfected wastewater under different levels of solar radiation
Autor(es): Santiago, Aníbal da Fonseca
Primeiro Orientador: Calijuri, Maria Lúcia
Primeiro coorientador: Bastos, Rafael Kopschitz Xavier
Primeiro avaliador: Calijuri, Maria do Carmo
Segundo avaliador: Reis, Alberto José Delgado dos
Terceiro avaliador: Costa, Rejane Helena Ribeiro da
Abstract: Esta pesquisa foi sobre o tema de lagoa de alta taxa (LAT), um sistema simplificado de tratamento de água residuária e de produção de biomassa algal. Tal biomassa pode ser utilizada para diferentes fins, dentre eles a geração de bioenergia. A avaliação do sistema focou os efeitos da radiação solar e a alteração da carga de bactérias heterotróficas afluente à LAT. Entende-se que a radiação solar é a fonte primária de energia nesse sistema. Diferentemente de outras lagoas de estabilização, na LAT, que possui menor profundidade e movimentação da massa líquida, a intensidade com que a radiação afeta seu funcionamento é amplificada. Utilizaram-se telas de sombreamento para obter diferentes níveis de radiação solar nas LATs. Foi avaliada a possibilidade de se incluir um processo de pré-desinfecção ultravioleta (UV) à LAT, para que a carga de bactérias afluente fosse menor, mitigando a competição desses microrganismos com as microalgas e permitindo maior produtividade fotossintética. A LAT também foi avaliada como sistema de pós-tratamento de efluente de reator Upflow Anaerobic Sludge Blanket (UASB), desenvolvimento, o uma qual vez é amplamente que se trata aplicado de uma em países opção barata em e operacionalmente simples. O experimento, composto de 12 LAT em escala piloto, ligadas em paralelo, foi monitorado por dez meses. O sombreamento das LATs permitiu verificar que sob níveis de radiação fotossinteticamete ativa intermediários houve maior produção de OD e maior variação diurna de pH. Todavia isso não refletiu diretamente no aumento da produtividade em termos de sólidos voláteis. As LATs sob o máximo sombreamento utilizado (78%) não apresentaram severa limitação para remoção de matéria orgânica, nutrientes e Escherichia coli. As LATs que receberam efluentes que passaram por processo de desinfecção UV apresentaram maior produção de OD e maior variação do pH durante o dia, indicando que tal combinação promoveu maior atividade fotossintética. Também nessas unidades a porcentagem de clorofila a na biomassa foi maior, o que, possivelmente, demonstrou a existência de maior proporção algas/bactérias. Contudo, a capacidade de remoção de matéria orgânica e nutrientes não foi modificada, mas a remoção de E coli. observada foi menor nas LATs com a pré-desinfecção. A LAT apresentou capacidade satisfatória para pós-tratamento de efluentes de reator UASB. A aplicabilidade dessa combinação deve levar em conta a necessidade do aproveitamento da biomassa produzida na LAT.
This study addresses the theme of high rate algal ponds (HRAP), a simplified system for wastewater treatment and algal biomass production. Among other purposes, such biomass can be used for bioenergy generation. The assessment of the system s performance focused on the effects of solar radiation and of different loads of heterotrophic bacteria prior to the HRAP. Solar radiation is known to be the primary source of energy for this system. Differently from other stabilization ponds, the HRAP is shallow and presents movement of the liquid mass, thus the intensity at which radiation affects its performance is amplified. Shading screens were used to provide the different radiation levels. The possibility of an ultraviolet (UV) pre-disinfection system was assessed in order to verify if decreasing of bacteria load prior to the HRAP and minimizing competition between such organisms and the microalgae would allow greater photosynthetic productivity. The HRAP was also assessed as post-treatment of an Upflow Anaerobic Sludge Blanket (UASB) reactor, which is widely used in developing countries since it is a cheap and easy operation option. The experiment consisted of 12 pilot scale HRAPs in parallel and was monitored over 10 months. The results showed that under average photosynthetically active radiation levels, there were higher DO production and diurnal pH variation, although there was no productivity increase in terms of volatile solids. The HRAPs under maximum shading (78%) did not present severe limitation regarding removals of organic matter, nutrients and Escherichia coli. The HRAPs which received pre-disinfected effluent presented higher DO production and pH variation during the day, indicating that such combination provided for more photosynthetic activity. Moreover, these units presented higher percentage of chlorophyll a in the biomass, which possibly accounts for the higher proportion of algae/bacteria. However, the capacity of removing organic matter and nutrients remained unaltered, whereas E. coli removal was lower for the HRAPs which received pre-disinfected effluent. The HRAP system presented satisfactory capacity for the post-treatment of UASB reactor effluent. The applicability of such combination must take into account the need of using of the biomass produced in the HRAP.
Palavras-chave: Lagoa de alta taxa
Tratamento simplificado de esgoto
Produção de biomassa algal
High rate algal ponds
Simplified wastewater treatment
Algal biomass production
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Geotecnia
Programa: Doutorado em Engenharia Civil
Citação: SANTIAGO, Aníbal da Fonseca. Evaluation of the performance of high rate algal ponds treating pre-disinfected wastewater under different levels of solar radiation. 2013. 159 f. Tese (Doutorado em Geotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/836
Data do documento: 25-Fev-2013
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.