Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/893
Tipo: Tese
Título: Amostragem e distribuição espacial de colônias de formigas cortadeiras (Hymenoptera: Formicidae) em eucaliptais
Título(s) alternativo(s): Sampling and spatial distribution of colonies of leaf cutting ants (Hymenoptera: Formicidae) in eucalyptus plantations
Autor(es): Pinto, Rosenilson
Primeiro Orientador: Zanuncio, José Cola
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bonetti Filho, Ronald Zanetti
metadata.dc.contributor.referee1: Leite, Hélio Garcia
metadata.dc.contributor.referee2: Prezoto, Fábio
metadata.dc.contributor.referee3: Santos, Juliane Floriano Lopes
Abstract: Este trabalho foi desenvolvido nas regiões de Abaeté, Bom Despacho, Ibitira e Martinho Campos, Minas Gerais, em 18 talhões de Eucalyptus spp. com áreas de 19,8 a 52,0 hectares cada um e totalizando 706,8 hectares. O objetivo foi estudar a distribuição espacial e testar um plano de amostragem de colônias de formigas cortadeiras com transectos em faixa em talhões de eucalipto, estudar a distribuição das colônias na borda e no interior dos talhões de eucalipto e comparar os métodos de amostragem com parcelas fixas e transectos em faixa em talhões de eucalipto. Esses talhões foram divididos em unidade amostrais de seis metros de largura por vinte de comprimento, onde os formigueiros foram identificados, contados e medidos o maior comprimento e largura dos montes de terra solta dos mesmos. Informações do número de colônias e área de terra solta e a distância dos ninhos de formigas cortadeiras da borda mais próxima do talhão foram obtidos a partir dessas unidades amostrais. A distribuição espacial dessas colônias foi agregada nas quatro regiões. A média geral do número e área de terra solta das colônias de formigas cortadeiras foi de 16,4 e 35,5 m²/ha e por região de 15,5; 17,9; 16,5 e 15,8 formigueiros e 70,5; 32,6; 27,1 e 16,2 m² de área de terra solta/ha em Abaeté, Bom Despacho, Ibitira e Martinho Campos, respectivamente. A distância ótima entre transectos em faixa foi de 192, 120, 120 e 168 m para Abaeté, Bom Despacho, Ibitira e Martinho Campos. A distribuição das colônias em relação à borda mostrou que 50% dessas colônias se encontram até 110 m da borda desses talhões. O teste de identidade de modelo mostrou que as equações ajustadas para a porcentagem acumulada do número e a área de terra solta de colônias de formigas cortadeiras em relação à borda dos talhões de eucalipto foram iguais nas quatro regiões. A área dos talhões de eucalipto a ser combatida foi de 165,33, 294,64, 408,37, 521,63 e 625,44 ha para se controlar 20, 40, 60, 80 e 100% das colônias nos talhões de eucalipto. O método de amostragem por transectos em faixa apresentou os melhores coeficientes de correlação com o censo dos talhões nas respectivas regiões e, por isto, pode ser utilizado em áreas com maior ou menor infestação das colônias de formigas cortadeiras inclusive em áreas com a distribuição espacial agregada das mesmas. Além disso, os talhões de eucalipto apresentaram padrão semelhante de distribuição de colônias de formigas cortadeiras em relação à borda, sendo o método de transectos o mais indicado para amostrar as colônias desses insetos nas bordas que o de parcelas.
This work was developed in the municipalities of Abaeté, Bom Despacho, Ibitira and Martinho Campos, Minas Gerais State in 18 stands of Eucalyptus spp. with areas from 19.8 to 52.0 hectares each one and totaling 706.8 hectares. The objective was to study the spatial distribution and to test a sampling plan with transects in strips in eucalyptus stands to evaluate the distribution of colonies of leaf cutting ants from the borders to inside the eucalyptus stands and to compare this sampling method with random parcels. These stands were divided in sample units of six meters wide by twenty meters length where the colonies of leaf-cutting ants were identified, counted and measured its largest length and width of loose soil. The number and the area of loose soil for each colony of leaf-cutting ants its distance from the nearest border of the eucalyptus stands were obtained with these sample units. The spatial distribution of these colonies was combined for the four municipalities. The general average of the number and area of loose soil of the colonies of leaf-cutting ants was 16.4 and 35.5 m²/ha and their area was 15.5; 17.9; 16.5 and 15.8 colonies of leaf-cutting and 70.5; 32.6; 27.1 and 16.2 m² of area of loose soil/ha for Abaeté, Bom Despacho, Ibitira and Martinho Campos, respectively. The greatest distance between transects in strips was 192, 120, 120 and 168 m for Abaeté, Bom Despacho, Ibitira and Martinho Campos, respectively. The distribution of the colonies of this pest showed that 50.0% of them were found up to 110 m from the borders of these stands. The test of identity model showed that the equations adjusted for the accumulated percentage of the number and the area of loose soil for the colonies of leaf-cutting ants in relation to the borders of the eucalyptus stands were similar in the four areas. The area of 165.33, 294.64, 408.37, 521.63 and 625.44 would be necessary to be controlled to reach 20, 40, 60, 80 and 100% of the leaf-cutting ants colonies in the eucalyptus stands. The sampling method with transects in strips presented the best correlation coefficients with the census of colonies of leaf-cutting ants in the respective areas. For this reason this methodology can be used in areas with higher or lower infestation of colonies of leaf-cutting ants. Besides, the eucalyptus stands presented similar pattern for the distribution of colonies of leaf-cutting ants in relation to the borders and transects in strips represent the most suitable method to sample colonies of these insects in the borders and inside the eucalyptus stands.
Palavras-chave: Distribuição espacial
Talhões de eucalipto
Formigas cortadeiras
Spatial distribution
Eucalyptus stands
Leaf cutting ants
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
metadata.dc.publisher.department: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
metadata.dc.publisher.program: Doutorado em Entomologia
Citação: PINTO, Rosenilson. Sampling and spatial distribution of colonies of leaf cutting ants (Hymenoptera: Formicidae) in eucalyptus plantations. 2006. 77 f. Tese (Doutorado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/893
Data do documento: 31-Ago-2006
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf307,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.