Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/947
Tipo: Tese
Título: Ephemeroptera (Insecta) do Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil: biodiversidade e distribuição espacial
Título(s) alternativo(s): Ephemeroptera (Insecta) of Rio Doce State Park, Minas Gerais, Brazil: Biodiversity and spatial distribution
Autor(es): Francischetti, Cesar Nascimento
Primeiro Orientador: Schoereder, José Henrique
Primeiro coorientador: Silva, Elidiomar Ribeiro da
Segundo coorientador: Ferreira, Paulo Sérgio Fiúza
Primeiro avaliador: Baptista, Darcilio Fernandes
Segundo avaliador: Nessimian, Jorge Luiz
Terceiro avaliador: Serrão, José Eduardo
Abstract: Visando contribuir para a expansão do conhecimento da ordem Ephemeroptera no Estado de Minas Gerais foi realizado um levantamento de ninfas e adultos no Parque Estadual do Rio Doce (PERD) e em áreas no entorno, dentro da zona de amortecimento do parque. O PERD é o maior fragmento contínuo remanescente do bioma Mata Atlântica em Minas Gerais, sendo um dos mais ameaçados do Estado. Estudos acerca da fauna de Ephemeroptera são escassos para o Estado de Minas Gerais, sendo na maioria das vezes pontuais. A partir do material coletado foram identificadas 50 espécies de Ephemeroptera, pertencentes a sete famílias e a 32 gêneros. Baetidae apresentou a maior riqueza de espécies (19), seguida por Leptophlebiidae (13) e Leptohyphidae (12). Quinze novas espécies, sete representantes à família de Baetidae, um de Leptohyphidae, seis de Leptophlebiidae e um de Oligoneuriidae foram encontradas. Os gêneros Homoeoneuria Eaton (Oligoneuriidae), Simothraulopsis Demoulin (Leptophlebiidae), Leptohyphes Eaton e Traverhyphes Molineri (Leptohyphidae), Hexagenia Walsh (Ephemeridae) e Lachlania Hagen (Oligoneuriidae) são pela primeira vez registrados para o Estado de Minas Gerais, sendo os dois primeiros documentados pela primeira vez para a Região Sudeste do Brasil. Traverhyphes (Traverhyphes) indicator Needham & Murphy é pela primeira vez registrada para o Brasil. As seguintes espécies são pela primeira vez registradas para o Estado de Minas Gerais: Hexagenia (Pseudeatonica) albivitta (Walker) (Ephemeridae); Leptohyphes cornutus Allen, Leptohyphes plaumanni Allen, Tricorythodes bullus Allen, Tricorythopsis minimus (Allen) (Leptohyphidae); Farrodes carioca Domínguez, Molineri & Peters, Miroculis (Ommaethus) froehlichi Savage & Peters (Leptophlebiidae) e Campsurus melanocephalus Pereira & Da-Silva (Polymitarcyidae). Aspectos sobre a biologia das espécies encontradas na região também são apresentadas. Foram descritas duas das 15 espécies não descritas, Homoeoneuria sp.n. (Oligoneuriidae) e Thraulodes sp.n. (Leptophlebiidae), ambas de distribuição restrita a áreas bem preservadas do parque.
To increase knowledge of Ephemeroptera from the State of Minas Gerais, a study of nymphs and adults was carried out at the Rio Doce State Park and neighboring areas. Rio Doce State Park is the largest remaining area of the Atlantic Forest biome in the State of Minas Gerais, and is one of the most threatened in the State. Studies of the Ephemeroptera fauna are scarce for the State of Minas Gerais. Based on the collected material, 50 species of Ephemeroptera were identified; seven families and 32 genera were obtained. Baetidae was the most diverse family (19), followed by Leptophlebiidae (13) and Leptohyphidae (12). Fifteen new species were found, seven from Baetidae, one from Leptohyphidae, six from Leptophlebiidae and one from Oligoneuriidae. The genera Homoeoneuria Eaton (Oligoneuriidae), Simothraulopsis Demoulin (Leptophlebiidae), Leptohyphes Eaton and Traverhyphes Molineri (Leptohyphidae), Hexagenia Walsh (Ephemeridae) and Lachlania Hagen (Oligoneuriidae) are registered for the first time for State of Minas Gerais, the first two being registered for the first time in the Southeast of Brazil. Traverhyphes (Traverhyphes) indicator Needham & Murphy is registered for the first time in Brazil. The following species are registered for the first time for the State of Minas Gerais: Hexagenia (Pseudeatonica) albivitta (Walker) (Ephemeridae); Leptohyphes cornutus Allen, Leptohyphes plaumanni Allen, Tricorythodes bullus Allen, Tricorythopsis minimus (Allen) (Leptohyphidae); Farrodes carioca Domínguez, Molineri & Peters, Miroculis (Ommaethus) froehlichi Savage & Peters (Leptophlebiidae) and Campsurus melanocephalus Pereira & Da-Silva (Polymitarcyidae). Some comments regarding the biology of the collected species are also provided. We described two new species, Homoeoneuria sp.n. (Oligoneuriidae) and Thraulodes sp.n. (Leptophlebiidae), both restricted to pristine areas of the park.
Palavras-chave: Ephemeroptera
Taxonomia
Biodiversidade
Minas Gerais
Brasil
Ephemeroptera
Taxonomy
Biodiversity
Minas Gerais
Brazil
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Doutorado em Entomologia
Citação: FRANCISCHETTI, Cesar Nascimento. Ephemeroptera (Insecta) of Rio Doce State Park, Minas Gerais, Brazil: Biodiversity and spatial distribution. 2007. 107 f. Tese (Doutorado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/947
Data do documento: 30-Mar-2007
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.