Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9915
Tipo: Dissertação
Título: Artesanato de palha de milho em Brás Pires-MG: trabalho feminino e associativismo
Corn straw crafts in Bras Pires -MG : fem work and associations
Autor(es): Irias, Marli
Abstract: Ao longo de diversas gerações, o artesanato feito com a palha de milho corresponde a uma tradição que é passada de mãe para filha em Cipotânea e em algumas famílias de Brás Pires. Reconhecendo o potencial de trabalho das artesãs de Brás Pires, o presidente do Instituto Xopotó de Desenvolvimento Social, Econômico e Ambiental convidou essas mulheres para constituírem um grupo, que posteriormente foi denominado Art D’Mio. O Instituto Xopotó fez uma parceria com o SEBRAE, a Associação de pequenos produtores agroartesanais de Brás Pires e região e a Prefeitura Municipal de Brás Pires para dar suporte e apoio a elas, com a finalidade de profissionalizar suas atividades. Como resultado desse processo, o grupo Art D’Mio viveu um período de prosperidade, chegando a exportar seus produtos para o Japão e Dinamarca. Porém, pouco tempo depois o grupo perdeu forçar e declinou. Diante da necessidade de saber quais foram os motivos que levaram ao declínio do grupo, visto que este se capacitou melhorando a qualidade dos artesanatos, desenvolvendo diferenciados e investindo em estratégias de divulgação e comercialização dos produtos, a trajetória do grupo se tornou o objetivo principal deste estudo, verificando além do declínio, os benefícios pessoais e familiares da atividade artesanal. Trata-se de um estudo qualitativo, especificamente, de uma pesquisa com base etnográfica junto as artesãs do grupo Art D’Mio, que contou com a observação participante, a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e a realização de entrevistas. Mesclando diversos discursos advindo das artesãs, atravessador, membros do trabalho e designers, pude perceber que o declínio do grupo se deu por um somatório de fatores, dentre eles a falta de retorno financeiro dos produtos artesanais, a falta de liderança entre as artesãs e de apoio por parte do poder público local. Para além desta somatória de fatores, o grupo fazia parte de um projeto denominado Fornada, do Instituto Xopotó, tendo nascido dele a idéia e a posterior articulação para a formação do grupo Art D’Mio. Dado o momento em que o Instituto deixa de se interessar pela continuidade do grupo, este se torna mais um dos motivos para a evasão de seus membros e diminui consideravelmente suas atividades. Após toda essa movimentação que não resultou no empoderamento do grupo, as mulheres voltaram a produzir o artesanato individualmente em suas casas, reproduzindo o saber que tem sido transmitido através das gerações, incorporando novos elementos resultantes das capacitações recebidas, o que mostra que a cultura é dinâmica e está em constante transformações tendo em vista os novos elementos que surgem no cotidiano das pessoas que fazem a cultura.
Over many generations, the craft made with corn stover corresponds to a tradition that is passed down from mother to daughter in Brás Pires, and recognizing the potential of the work of these artisans,the President of social, economic and environmental development in Xopotó Institute invited these women to form a group that was posteriorly named Art D'Mio. The Xopotó Institute formed a partership with Sebrae, the Association of small rural-handmade producers of Brás Pires and region and the City Hall of Brás Pires to support them, with the intention of to professionalize their activities. As a result of this process, the Art D'Mio group experienced a period of prosperity, even exporting their products to Japan and Denmark. However, after a little time the group lost force and dissolved. Facing the necessity to know what were the reasons of the group weakening, provided that it improved the quality of the handicrafts, developing differentiated products and investing in marketing of the products, the trajectory of the group became the main objective of this study, checking beyond the weakening, the personal and family benefits of artisanal activity. This is a qualitative study, specifically of an ethnographic survey with the artisans group Art D'Mio, which included the participant observation, literature, documentary research and interviews. Merging several speeches from the artisans, sellers and designers, I could notice that the weakening of the group is given by a sum of factors, including the lack of financial return from the sale of craft products, leadership among the artisans, and support from the local government. After all this movement that did not result in the group empowerment, the women started again the production of the craft individually in their houses, using the knowledge that has been passed down through generations, incorporating new elements resulting from the received training, which shows that culture is dynamic and is in constant change related to the new elements that appear in the daily lives of people who build the culture.
Palavras-chave: Artesanato
Trabalhos em palha
Artesãs
Mulheres - Trabalho
Cooperativismo
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: IRIAS, Marli. Artesanato de palha de milho em Brás Pires-MG: trabalho feminino e associativismo. 2016. 141f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9915
Data do documento: 22-Mar-2016
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.