Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/134
Tipo: Tese
Título: Integração espacial entre os mercados brasileiros de suínos
Título(s) alternativo(s): Spatial integration among Brazilian swine markets
Autor(es): Rosado, Patrícia Lopes
Primeiro Orientador: Gomes, Marília Fernandes Maciel
Primeiro avaliador: Souza, Paulo Marcelo de
Segundo avaliador: Pereira, Luciane Reis Raposo
Terceiro avaliador: Braga, Marcelo José
Quarto avaliador: Carvalho, Fátima Marília Andrade de
Abstract: A análise da integração de mercados assume papel de grande relevância no desenvolvimento econômico de um país, em razão de a presença de mercados integrados favorecer a redução de deficiências estruturais em resposta a maior fluxo de informação entre as regiões. Assim, a integração facilita a tomada de decisão dos agentes envolvidos e contribui para maior eficiência no mercado. Ademais, há a possibilidade de aumento na especialização e no comércio e, em conseqüência, de melhoria no bem-estar dos produtores e consumidores. Em mercados integrados, as medidas de políticas públicas e privadas são mais eficazes, dado que essas apresentam ajustamento mais rápido e são mais abrangentes. Assim, pela relevância desse tema e importância do setor produtivo suinícola no agronegócio e pelo fato de nenhum estudo dessa natureza ter sido realizado no País com o produto supracitado, objetivou-se, neste trabalho, analisar a integração dos mercados de suínos nos diferentes estados brasileiros, no período de janeiro de 1980 a março de 2005. Foram analisados aspectos relacionados à delimitação espacial dos mercados, à forma de relacionamento entre eles e à determinação dos mercados mais ou menos integrados. Além do mais, analisaram-se os fatores que determinam o grau de integração entre esses mercados. O método utilizado neste estudo baseia-se no enfoque de integração de mercado sob três aspectos: extensão, padrão e grau. O referencial analítico utilizado foi o de séries temporais, mais especificamente a análise de co-integração multivariada. Quanto à extensão espacial do mercado, os resultados indicam que esta é composta pelos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, já que esses se apresentaram engajados numa quantidade significativa de comércio, ao mesmo tempo em que compartilharam uma única tendência de comportamento dos preços. No que se refere ao padrão de relacionamento estabelecido entre os nove estados integrados, observou-se que, embora não existisse localidade dominante quanto ao comportamento de mercado, não havia interação perfeita entre eles. Verificou-se que a maior velocidade de ajustamento ocorreu entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina e que Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram os estados que reagiram a maior número de desequilíbrios transitórios nas relações de longo prazo. No curto prazo, observou-se que São Paulo foi o principal estado que liderou, significativamente, as variações nos preços da carne suína. Quanto à análise do grau de integração, ou seja, localidades que são mais e menos integradas, constatou-se que os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Santa Catarina foram os que se ajustaram mais rapidamente a desequilíbrios no sistema, possuindo, portanto, maior grau de integração com o mercado. Já os estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Paraná apresentaram ajustamento mais lento, indicando que foram menos integrados ao mercado. De modo geral, observou-se que o mercado brasileiro de suínos apresentou grande dinamismo em relação ao comportamento dos preços nas diferentes localidades que compõem o mercado, considerando que todos os ajustes ocorreram relativamente rápido, ou seja, num período de menos de três meses. Em relação à análise dos determinantes do grau de integração no mercado brasileiro de suínos, pode-se dizer que há uma relação direta entre as localidades que possuem maior acesso à infra-estrutura de comunicação, melhores níveis educacionais e melhor infra-estrutura de transporte com o grau de integração, o que permite inferir que há um relacionamento entre o nível de desenvolvimento econômico e social dos estados e o grau de integração. Portanto, medidas direcionadas à melhoria da infra-estrutura de transporte e comunicação, além do aumento do nível educacional da população, podem contribuir para o aumento do grau de relacionamento entre as localidades do mercado e, dessa forma, aumentar sua eficiência e competitividade.
Market integration analysis plays a relevant role in the economic development of a country, since the presence of integrated markets favors the reduction of structural deficiencies in response to a higher flow of information among the regions. Thus, integration facilitates decision-making by the involved agents and contributes to greater market efficiency. Moreover, it enhances the possibility of increased specialization and trade, and, consequently, improved producer and consumer well-being. In integrated markets, public and private policy measures are more efficacious, since they adjust faster and are more comprehensive. Thus, given the relevance of this topic and the importance of the swine productive sector for agribusiness and given the fact that no similar study has been carried out in the country on this matter, this work aimed to analyze swine market integration in different Brazilian states from January 1980 through March 2005. Aspects related to market spatial delimitation, market interrelationship, and determination of more or less integrated markets were analyzed, as well as the factors determining the degree of integration among these markets. The method used in this study focused on integration under three aspects: extension, standard and degree. The analytical referential used was that of temporal series, more specifically, multivariate co-integration analysis. The results obtained from the analysis of market spatial extension indicate that it is composed by the states of Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina and São Paulo, since these states are involved in a significant amount of trade, also sharing a single price behavior tendency. As for the relationship standard established among the 9 integrated states, it was observed that, although no locality stood out in terms of market behavior, there was no perfect interaction among them. A faster adjustment was observed between Rio Grande do Sul and Santa Catarina with Mato Grosso and Mato Grosso do Sul being the states that reacted to a larger number of transitory imbalances in long-term relations. It was observed that Sao Paulo was the major state in short-term relations, significantly leading swine meat price variations. As for the analysis of integration, i.e., localities more or less integrated, it was confirmed that the states of Minas Gerais, Rio de Janeiro and Santa Catarina adjusted more rapidly to the system s imbalances, thus possessing a higher degree of integration with the market. On the other hand, the states of Mato Grosso do Sul, Goiás, Mato Grosso, Rio Grande do Sul and Paraná presented a slower adjustment, indicating to be less market-integrated. Overall, it was observed that the Brazilian swine market showed great vitality regarding price behavior in the different localities studied, considering that all the adjustments occurred relatively fast, i.e., within a period shorter than three months. With regard to the analysis of the determinants of the degree of integration in the Brazilian swine market, one can state that there is a direct relationship between the localities possessing greater access to communication infrastructure, better educational levels and better transport infrastructure and degree of integration, allowing to infer that there is a relationship between the level of economic and social development and degree of integration of the states. Therefore, measures directed to improving transport and communication infrastructure, as well as increasing the educational level of the population may contribute to increased degree of relationship among the market localities, leading to enhanced efficiency and competitivity.
Palavras-chave: Suíno
Comércio
Preços agrícolas
Produtos agrícolas
Comercialização
Swine
Markets
Agricutural prices
Farm produce
Marketing
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INTERNACIONAL::RELACOES DO COMERCIO; POLITICA COMERCIAL; INTEGRACAO ECONOMICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Doutorado em Economia Aplicada
Citação: ROSADO, Patrícia Lopes. Spatial integration among Brazilian swine markets. 2006. 135 f. Tese (Doutorado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/134
Data do documento: 7-Abr-2006
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.