Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1380
Tipo: Tese
Título: História evolutiva e filogeografia da formiga cortadeira Acromyrmex striatus (Roger, 1863) (Formicidae: Attini)
Título(s) alternativo(s): Evolutionary history and phylogeography of the leafcutter ant Acromyrmex striatus (Roger, 1863) (Formicidae: Attini)
Autor(es): Cristiano, Maykon Passos
Primeiro Orientador: Salomão, Tânia Maria Fernandes
Primeiro coorientador: Tavares, Mara Garcia
Segundo coorientador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Primeiro avaliador: Teixeira, Marcos da Cunha
Segundo avaliador: Serrão, José Eduardo
Terceiro avaliador: Santos, Jorge Abdala Dergam dos
Abstract: A espécie Acromyrmex striatus (Roger, 1863) é uma formiga cortadeira polimórfica que ocorre em ambientes abertos e de clima seco no sul da América do Sul, sendo facilmente distinguida dentro do gênero. A sua área de distribuição abrange os Pampas, a costa sul brasileira, nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, parte do Chaco na Argentina e extremo sul do Paraguai. Com o objetivo de entender a relação filogenética de A. striatus com as demais espécies de formigas cortadeiras, foram conduzidas diferentes abordagens de análise que integraram morfologia, citogenética e biologia molecular (Capítulo 1). A relação filogenética entre A. striatus e as demais formigas cortadeiras foi estimada a partir de quatro genes nucleares. A. striatus formou um clado diferente e separado das demais formigas do mesmo gênero. O número cromossômico também diferiu entre A. striatus (2n = 22) e as demais espécies do gênero Acromyrmex (2n = 36-38). Os resultados sugerem que A. striatus é uma espécie singular dentro do grupo de formigas cortadeiras, e que possivelmente foi uma das primeiras espécies a divergir do ancestral comum mais recente dentro do grupo. Para inferir as relações genealógicas entre as populações de A. striatus, uma abordagem filogeográfica foi realizada baseada no gene mitocondrial citocromo oxidase I (COI) (Capítulo 2). Um total de 128 colônias foram amostradas em 38 localidades no Brasil e Argentina. O gene mitocondrial COI foi sequenciado e as relações genealógicas foram inferidas por meio do algoritmo median-joining. Foi estimada também a área potencial de distribuição atual e a área potencial histórica, utilizando modelos paleoclimáticos disponíveis para uma melhor avaliação da história demográfica de A. striatus. Foi sugerido, a partir da análise dos padrões biogeográficos e modelagens climáticas, que a demografia histórica de A. striatus se manteve constante ao longo de sua história evolutiva, e que o padrão filogeográfico encontrado possivelmente se deve ao isolamento por distância entre os grupos de populações. Durante a seleção de marcadores mitocondriais para o desenvolvimento dos estudos filogenéticos, foi amplificado pseudogenes mitocondriais do gene citocromo b (cytb), e assim, o objetivo do capítulo 3 foi reportar e caracterizar a presença destes pseudogenes em A. striatus. Utilizando primers universais para a amplificação do gene cytb, sequências de A. striatus e outras de formigas cortadeiras foram obtidas e comparadas com sequencias do gene cytb de outras duas formigas obtidas no GenBank. Este é o primeiro registo da ocorrência de pseudogenes no gênero Acromyrmex.
The species Acromyrmex striatus (Roger, 1863) is a polymorfic leafcuter ant that occurs in open and dry enviroments of southern South America, and it is easily distinguished within the Acromyrmex genus. Its distribution range includes the Pampas, the southern Brazilian coast of Santa Catarina and Rio Grande do Sul States, part of Chaco in Argentina and southern Paraguay. In order to understand the phylogenetic position of A. striatus in relationship to other leafcutter ants we carried out one study integrating different approaches that includes morphology, cytogenetics and molecular biology (Chapter 1). The phylogenetic relationship of A. striatus and remainder leafcutter ants analyzed was estimated by mean of four nuclear genes. A. striatus fell into a distinct clade that is sister group from the other leafcutter ants. The diploid chromosome number of A. striatus was 22 and is different from those known to other Acromyrmex species (2n = 36-38). These results suggest that A. striatus is a particular species within the leafcutter ants group, and likely was the first species to diverge from the most recent common ancestor. To infer the genealogical relationship among population of A. striatus, we used a phylogeography approach based on the mitochondrial gene cytochrome oxidase I (COI) (Chapter 2). A total of 128 colonies were sampled across 38 localities in Brazil and Argentina. The mitochondrial gene COI was sequenced and the genealogical relationship were estimated by mean median-joining algorithm. We also carried out the modeling of the potential distribution of A. striatus under current and past climatic data. Our results indicate that A. striatus may have experienced a demographic stability throughout the evolutionary time, and the phylogeographic pattern observed seems to be a result of isolation by distance among population groups. During our screening for a mitochondrial DNA marker for using in the phylogenetic and phylogeographic studies, we amplified a nuclear copy of mitochondrial gene cytochrome b (cytb), thus the aim of Chapter 3 was to report and characterize these pseudogenes in A. striatus. Using universal primers to amplify the gene cytb we obtained sequences of A. striatus and other leafcutter ants that was compared with cytb gene of other two ant species from GenBank. This is the first report of occurrence of pseudogenes in the Acromyrmex genus.
Palavras-chave: Filogenia
Filogeografia
Citogenética
Formiga cortadeira
Genética de populações
Attini
Phylogeny
Phylogeography
Cytogenetics
Leafcuter ant
Genetics of populations
Attini
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me
Programa: Doutorado em Genética e Melhoramento
Citação: CRISTIANO, Maykon Passos. Evolutionary history and phylogeography of the leafcutter ant Acromyrmex striatus (Roger, 1863) (Formicidae: Attini). 2013. 93 f. Tese (Doutorado em Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1380
Data do documento: 30-Jul-2013
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.