Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1737
Tipo: Tese
Título: Fertilidade do sêmen caprino resfriado ou congelado em diferentes concentrações de gema-do-ovo no diluente
Título(s) alternativo(s): Fertility of cooled or frozen goat semen in different concentrations of egg yolk in semen extender
Autor(es): Bispo, Charles André Souza
Primeiro Orientador: Carvalho, Giovanni Ribeiro de
Primeiro coorientador: Rodrigues, Marcelo Teixeira
Segundo coorientador: Torres, Ciro Alexandre Alves
Primeiro avaliador: Borges, Alan Maia
Segundo avaliador: Guimarães, José Domingos
Terceiro avaliador: Mâncio, Antonio Bento
Quarto avaliador: Espeschit, Claudio José Borela
Abstract: Os experimentos foram realizados nas dependências do Laboratório de Reprodução de Caprinos do Setor de Caprinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa, Zona da Mata, no município de Viçosa-MG. Foram realizados três experimentos, sendo o primeiro relacionado ao resfriamento do sêmen e dois referentes ao congelamento do sêmen caprino. O primeiro experimento foi realizado durante a estação reprodutiva fisiológica dos caprinos no Brasil (março a junho). O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de testes in vitro e in vivo, quais as concentrações de gemade- ovo (Tratamento 1 - T1 = 20% ou Tratamento 2 - T2 = 2,5%) preservam melhor o sêmen caprino armazenado a 5°C, por 24 horas, em diluente citratogema- de-ovo. Os valores médios obtidos para o sêmen fresco quanto a volume (mL), motilidade (%), vigor (1-5), concentração espermática (x109 totais), teste hiposmótico (%) e coloração supravital (%) foram de 0,7 ± 0,3, 87,9 ± 3,3, 3,9 ± 0,3, 1,3 ± 0,6, 72,7 ± 7,8 e 78,2 ± 9,3, respectivamente. Os valores médios referentes ao sêmen resfriado nos tratamentos foram, respectivamente, para T1 e T2 de: motilidade, 68,5 ± 15,4 e 78,0 ± 5,5; vigor, 2,5 ± 0,6 e 3,2 ± 0,3; supravital, 59,4 ± 17,2 e 71,1 ± 10,5 e hiposmótico, 42,2 ± 15,7 e 56,2± 11,5 (p < 0,05). As taxas de fertilidade obtidas foram de 31,2% (T1) e 66,6% (T2) (p < 0,05) e a prolificidade foi de 1,3 ± 0,5 (T1) e 1,4 ± 0,5 (T2) (p > 0,05). De acordo com os resultados obtidos, pode-se recomendar a utilização do diluidor citrato-gema- de-ovo com baixa concentração de gema (2,5%) no seu volume total. Os experimentos 2 e 3 foram realizados durante a estação reprodutiva induzida por suplementação de luz (novembro a dezembro de 2007) e estação fisiológica (março a junho de 2008). O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de testes in vitro e fertilidade in vivo, quais as concentrações de gema-deovo (25 e 2,5%) presentes no diluente de Martin et al. (1979) preservam melhor o sêmen caprino congelado durante as diferentes épocas do ano. Os valores médios obtidos no Experimento 2 para o sêmen fresco, quanto ao volume, à motilidade, ao vigor, à concentração espermática, ao teste hiposmótico e à coloração supravital, foram de 1,3 ± 0,4; 87,5 ± 2,6 e 3,8 ± 0,3, respectivamente, e no Experimento 3, de 1, 2 ± 0,1; 90,0 ± 3,7 e 3,8 ± 0,4, respectivamente. Os valores médios referentes ao sêmen congelado para o Experimento 2 foram, respectivamente, para T1 e T2 de: motilidade, 58,7 ± 5,1% e 61,2 ± 5,1%; vigor, 2,7 ± 0,3 e 3,1 ± 0,2; supravital, 58,7 ± 7,5 e 61,7 ± 6,15. No Experimento 3 foram respectivamente para T1 e T2 de: motilidade, 54,3 ± 6,2% e 60,6 ± 4,1%; vigor, 2,6 ± 0,2 e 3,1 ± 0,2; supravital, 56,3 ± 8,1 e 57,7 ± 6,8. As taxas de fertilidade obtidas foram de 46,67% (T1) e 70,00% (T2) no Experimento 2 e no Experimento 3, de 50,00% (T1) e 76,00% (T2). De acordo com os resultados obtidos, pode-se recomendar a utilização do diluente glicose-EDTA com baixa concentração de gema (2,5%) no seu volume total.
The experiments were conducted on Laboratory of Goat Reproduction in Goat Production Sector of Animal Science Department, Federal University of Viçosa, Zona da Mata, in Viçosa-MG. Three experiments were conducted; the first is related to cooling of semen and two others for freezing of goat semen. The first experiment was conducted during the physiological breeding season of goats in Brazil (March-June). The objective of this study was to evaluate, through in vitro and in vivo, what the concentrations of egg yolk (treatment 1 - T1 = 20% or Treatment 2 - T2 = 2.5%) preserve better the goat semen stored at 5 °C for 24 hours in citrate-egg yolk extender. The average values for freshsemen of volume (mL), motility (%), vigor (1-5), sperm concentration (x109 total), hypoosmotic swelling test (%) and supravital staining (%) were 0.7 ± 0.3, 87.9 ± 3.3, 3.9 ± 0.3, 1.3 ± 0.6, 72.7 ± 7.8 and 78.2 ± 9.3, respectively. The average values for cooled semen by the treatments were, respectively, for T1and T2: motility, 68.5 ± 15.4 and 78.0 ± 5.5, vigor, 2.5 ± 0.6 and 3 2 ± 0.3, supravital, 59.4 ± 17.2 and 71.1 ± 10.5 and hypoosmotic, 42.2 ± 15.7 and 56.2 ± 11.5 (p <0.05). Fertility rates obtained were 31.2% (T1) and 66.6% (T2) (p <0.05) and prolificacy was 1.3 ± 0.5 (T1) and 1.4 ± 0, 5 (T2) (p <0.05). According to the results, we can recommend the use of this extender with a low concentration of egg yolk (2.5%) in total volume. Experiments 2 and 3 were performed during the breeding season induced by supplementary light (November-December 2007) and physiological season (March to June 2008). The objective of this study was to evaluate, through tests in vitro and fertility in vivo, what is the concentrations of egg yolkof egg (25 and 2.5%) present in the extender (Martin et al.1979) can better preserve frozen goat semen during the different seasons. The average values obtained in Experiment 2 for fresh semen, as the volume, motility, vigor, sperm concentration, hypoosmotic swelling test and supravital staining, were 1.3 ± 0.4, 87.5 ± 2, 6 and 3.8 ± 0.3,respectively, and in Experiment 3, 1, 2 ± 0.1, 90.0 ± 3.7 and 3.8 ± 0.4, respectively. The average values for frozen semen of Experiment 2 were, respectively, for T1 and T2: motility, 58.7 ± 5.1% and 61.2 ± 5.1%; vigor, 2.7 ± 0.3 and 3.1 ± 0.2; supravital, 58.7 ± 7.5 and 61.7 ± 6.15. In Experiment 3 were respectively for T1 and T2: motility, 54.3 ± 6.2% and 60.6 ± 4.1%; vigor, 2.6 ± 0.2 and 3.1 ± 0.2; supravital , 56.3 ± 8.1 and 57.7 ± 6.8. Fertility rates obtained were 46.67% (T1) and 70.00% (T2) in Experiment 2. In Experiment 3 the fertility rates were 50.00% (T1) and 76.00% (T2). According to the results obtained, we can recommend the use of glucose-EDTA extender with low concentration of egg yolk (2.5%) in total volume.
Palavras-chave: Sêmen
Caprino
Fertilidade
Semen
Goat
Fertility
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: BISPO, Charles André Souza. Fertility of cooled or frozen goat semen in different concentrations of egg yolk in semen extender. 2009. 110 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1737
Data do documento: 31-Jul-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf375,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.