Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1738
Tipo: Tese
Título: Renovação de pastagem em plantio direto e sistema agrossilvipastoril
Título(s) alternativo(s): Renewal of pasture in tillage and agrossilvipastoril system
Autor(es): Santos, Márcia Vitória
Primeiro Orientador: Fonseca, Dilermando Miranda da
Primeiro coorientador: Ferreira, Lino Roberto
Segundo coorientador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Primeiro avaliador: Freitas, Francisco Cláudio Lopes de
Segundo avaliador: Paciullo, Domingos Sávio Campos
Abstract: A região da Zona da Mata de Minas Gerais caracteriza-se pela presença de pequenas propriedades rurais, tendo como uma de suas principais atividades a pecuária leiteira, mantida, na maioria das vezes, pela mão-de-obra familiar. Nestas propriedades a situação das pastagens não se difere muito do que se observa no país. Desta forma, são comuns pastagens degradadas com baixo potencial produtivo, baixa capacidade de suporte e, baixa produção de carne e leite. Diante da importância da busca de alternativas para a recuperação e renovação de pastagens degradadas na Região da Zona da Mata mineira, bem como, para o restante do país, e da necessidade de conhecer o real potencial dos sistemas agrossilvipastoris na renovação destas áreas, foram realizados quatro experimentos, para avaliar: o levantamento fitossociológico de um pasto degradado de Melinis minutiflora (capim-gordura), antes de sua renovação através da implantação de sistema agrossilvipastoril; a produção de grãos de milho em função de arranjos de espécies consorciadas com milho (forrageiras do gênero Brachiaria, eucalipto e acácia) em sistema agrossilvipastoril em comparação a seus respectivos monocultivos e em dois manejos de plantas daninhas; o efeito do herbicida nicosulfuron na produtividade e qualidade de milho para silagem; e o crescimento de plantas de eucalipto e de acácia quando cultivadas em consórcio com milho e forrageiras do gênero Brachiaria em sistema agrossilvipastoril, bem como o comportamento animal sobre as espécies arbóreas, um ano após a implantação do sistema. Os experimentos foram conduzidos em pasto degradado de capim-gordura (Melinis minutiflora), localizado no campus da Universidade Federal de Viçosa, em Viçosa - MG. Testaram-se três espécies de plantas forrageiras em consórcio com milho e eucalipto ou milho e eucalipto + acácia: Brachiaria brizantha cv. Marandu; B. decumbens cv. Basilisk, e B. brizantha cv. Piatã. Além disso, foram avaliados dois sistemas de manejo de plantas daninhas no milho: 1,5 kg.ha-1 de atrazine e 1,5 kg.ha-1 de atrazine + 0,006 kg.ha-1 de nicosulfuron. Anteriormente a renovação, foi realizado o levantamento fitossociológico do pasto, como forma de mensurar a infestação por plantas daninhas. Para renovação do pasto, as semeaduras do milho e das forrageiras foram realizadas em dezembro de 2007, em sistema de plantio direto. O espaçamento do milho foi de 0,8 m entre fileiras e das forrageiras de 0,4 m, sendo estas semeadas na linha e entrelinha do milho, respeitando-se 1,5 m de distância das plantas arbóreas, nas parcelas consorciadas. As mudas de eucalipto, clone 3336 de Eucalyptus grandis x E. urophylla (eucalipto), e de Acacia mangium (acácia) foram plantadas na mesma época de semeadura do milho e das forrageiras, em covas de 0,40 x 0,40 x 0,40 m, no espaçamento 12 x 2 m, nas parcelas consorciadas. As mudas de acácia foram plantadas alternadas as plantas de eucalipto, nas linhas de plantio. O eucalipto também foi plantado em monocultivo no espaçamento 3 x 2 m. O efeito do nicosulfuron foi avaliado para produtividade de milho grão e para qualidade e produtividade de milho para silagem. O milho para silagem foi colhido aos 105 dias após semeadura. As características de produtividade de milho grão foram obtidas na época de colheita, aos 130 dias após a semeadura. A formação e estabelecimento dos pastos foram mensurados até um ano de implantação dos sistemas, assim como o desenvolvimento das espécies arbóreas. O estudo fitossociológico permitiu concluir que o pasto apresentava alta infestação por plantas daninhas, inclusive espécies consideradas tóxicas, espinescentes e de alta competitividade com as forrageiras, necessitando ser renovado. A aplicação de nicosulfuron em mistura com atrazine proporciona aumento na altura de plantas de milho e inserção de espigas, sem influenciar na produtividade de milho grão. O eucalipto, acácia e as espécies de braquiárias não influenciam a produtividade de milho para grãos e silagem. O nicosulfuron não promove acréscimo significativo na produtividade e qualidade do milho para silagem. Embora a produtividade de grãos de milho e milho para silagem produzido nos sistemas agrossilvipastoris seja menor que no monocultivo de milho, devido a redução de 25% da área destinada ao componente arbóreo, o produtor tem como contrapartida a rentabilidade com eucalipto e acácia, além da pastagem renovada. Aos 60 dias após colheita do milho, os pastos apresentam bom estabelecimento, porém, a entrada de bovinos em pastejo é limitada pelo desenvolvimento dos componentes arbóreos. Em relação ao estudo dos componentes arbóreos, conclui-se que o crescimento de eucalipto e de acácia não é influenciado pelo consórcio com milho e forrageiras, e no caso do plantio de eucalipto e de acácia é o crescimento da acácia que vai determinar o momento de entrada dos animais na pastagem. Neste estudo, um ano após o plantio das espécies arbóreas, o pastejo por bovinos de peso médio de 250 Kg não causou danos as plantas. Embora o volume de madeira por hectare produzido nos sistemas agrossilvipastoris seja menor que no monocultivo de eucalipto, o produtor tem como contrapartida a rentabilidade do milho e forragem para produção de carne e leite.
Minas Gerais Forest Area is characterized by the presence of small farms, having as one of its main activities the dairy farming, maintained, mostly by handlabor family. In its properties the situation of pastures is not very different from that observed in the country. Thus, degraded pastures are common with low yield potential, low bearing capacity and low production of meat and milk. Given the importance of finding alternatives for the restoration and renovation of degraded pastures in the region of Minas Gerais Foresta Area, as well as for the rest of the country, and the need to know the real potential of agroforestry systems in the renovation of these areas were performed four experiments to assess: the phytosociological survey of a degraded pasture of Melinis minutiflora (molasses grass), before the introduction of agrossilvipastoril system , the production of corn due to arrangements of species intercropped with maize (fodder Brachiaria, eucalyptus and acacia) in agrossilvipastoril system compared to their monocultures and two weed management, the effect of nicosulfuron on productivity and quality of corn silage, and growth of eucalypt and acacia when grown intercropped with maize and forage in Brachiaria agrossilvipastoril system, as well as animal behavior on the tree species, one year after implantation. The experiments were conducted in degraded pasture grass (Melinis minutiflora), located on the campus of Federal University of Viçosa - MG. We tested three species of forage plants intercropped with maize or corn and eucalyptus + eucalyptus and acacia: Brachiaria brizantha cv. Marandu, B. decumbens cv. Basilisk and B. brizantha cv. Piatã. In addition, two systems were evaluated for weed management in corn: 1.5 kg.ha-1 of atrazine and 1.5 kg.ha-1 of atrazine + 0.006 kg.ha-1 of nicosulfuron. Prior to renovation, there was the phytosociological survey of pasture, as a way of measuring the weed infestation. For renewal of grazing, the sowing of maize and fodder were held in December 2007 in no-tillage system. The spacing of maize was 0.8 m between rows and 0.4 m of fodder, which are sown in line and between the maize, respecting 1.5 m away from woody plants, intercropped plots. The seedlings clone 3336 Eucalyptus grandis x E. urophylla (eucalyptus), and Acacia mangium (Acacia) were planted at the same time sowing of maize and forage plants, in holes of 0.40 x 0.40 x 0.40 m in the spacing 12 x 2 m plots intercropped. The Acacia seedlings were planted alternating the eucalyptus trees in rows. Eucalyptus was also planted in monoculture in spacing 3 x 2 m. The effect of nicosulfuron was evaluated for corn yield and grain quality and yield of corn for silage. Corn silage was harvested at 105 days after sowing. The characteristics of corn grain yield were obtained at the time of harvest at 130 days after sowing. The formation and establishment of the pastures were measured up to a year of implementation of systems, as well as the development of tree species. The phytosociological study concluded that the grass had high infestation by weeds, including species that are considered toxic, spiny and highly competitive with the fodder needed to be renewed. The application of nicosulfuron and atrazine mixture reflected in increased plant height of corn and ear, without affecting the productivity of maize grain. The eucalyptus, acacia and species of Brachiaria do not influence the yield of corn for grain and silage. The nicosulfuron does not promote significant increase in productivity and quality of corn silage. Although the yield of corn and corn silage produced in agrossilvipastoril systems is less productive than the monoculture of corn, due to a reduction of 25% of the area for the tree component, the producer is paid in profitability with eucalyptus and acacia, as well as pasture renewed. At 60 days after maize harvest, the pastures have good establishment, however, the entry of cattle grazing is limited by the development of the tree components. In relation to the tree component, it is concluded that the growth of eucalyptus and acacia is not influenced by intercropping with maize and fodder, and if the planting of eucalyptus and acacia is the growth of acacia, which would determine the timing of entry of animals in the pasture. In this study, one year after the arboreal species planting, the pasture by bovines of medium weight of 250 Kg didn't cause damages to the plants. Although the volume of wood per hectare produced in agrossilvipastoril systems is less than the monoculture of eucalyptus, the producer is paid in the profitability of corn and forage for meat and milk.
Palavras-chave: Pastagem degradada
Cultivos múltiplos
Sustentabilidade
Degraded pastures
Multiple cropping
Sustainability
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PASTAGEM E FORRAGICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: SANTOS, Márcia Vitória. Renewal of pasture in tillage and agrossilvipastoril system. 2009. 141 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1738
Data do documento: 21-Set-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.