Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1805
Tipo: Tese
Título: Desempenho e deposição de nutrientes em frangos de corte alimentados com diferentes níveis dietéticos de lisina
Título(s) alternativo(s): Performance and deposition of nutrients of broilers chickens fed with different lysine levels
Autor(es): Silva, Carla Rodrigues da
Primeiro Orientador: Rostagno, Horácio Santiago
Primeiro coorientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Segundo coorientador: Gomes, Paulo Cezar
Primeiro avaliador: Rodrigues, Paulo Borges
Segundo avaliador: Cecon, Paulo Roberto
Abstract: Quatro experimentos foram conduzidos com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes relações de lisina digestível sobre o desempenho (exp. 1 e 2) e a deposição de nutrientes (exp. 3 e 4) em frangos de corte machos e fêmeas das linhagens Ross e Cobb, nas fases de 1 a 7; de 1 a 21; de 1 a 35; de 1 a 42 e de 1 a 49 dias de idade. Outros dois experimentos (exp. 5 e 6) foram realizados para se estimar utilizando os parâmetros das equações de Gompertz, o crescimento e a deposição de matéria seca, de gordura, de proteína e de cinzas, em machos e fêmeas das linhagens Ross e Cobb, de 1 a 49 dias de idade. Para cada linhagem foram utilizados 1584 pintos de corte, sendo metade de cada sexo, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado sendo três relações de lisina para cada sexo com oito repetições e 33 aves por unidade experimental. Para os machos, de ambas linhagens, os níveis de lisina digestível nas fases de 1 a 7, de 8 a 21, de 22 a 35, de 36 a 42 e de 43 a 49 dias de idade, foram respectivamente de 1,330; de 1,146; de 1,073; de 1,017 e de 0,970%. Para as fêmeas, nas mesmas fases, os valores foram de 1,330; de 1,146; de 0,997; de 0,904 e de 0,857%. Os demais valores percentuais foram obtidos considerando a exigência de lisina 8% acima (108%) e 8% abaixo (92%). Com base nos dados referentes ao desempenho, pode-se concluir que menores quantidades de lisina digestível, proporcionam os piores resultados, independente da linhagem, sexo ou fase estudada e que, valores iguais ou superiores aos exigidos ocasionam melhoras significativas no desempenho. Quanto à deposição de matéria seca, de gordura, de proteína e de cinzas das aves Ross e Cobb, observou-se que a redução ou o aumento de lisina digestível em 8%, não foram suficientes para resultar em alterações consistentes na deposição de nutrientes no período de 1 a 49 dias. De modo geral, as estimativas obtidas com auxílio da equação de Gompertz, foram superestimadas nas fases inicial e final de crescimento das aves. As curvas de Gompertz ajustadas apresentaram coeficientes de determinação excelentes, confirmando que a equação de Gompertz é indicada para se estimar o crescimento e a deposição de tecidos em frangos de corte. As curvas demonstraram, com grande clareza, que as fêmeas depositam mais gordura e menos proteína que os machos e, que após o declínio da curva de deposição de proteína, a curva de deposição de gordura continua crescente, logo quanto maior a idade de abate maior o teor de gordura e menor o de proteína na carcaça, principalmente nas fêmeas. As curvas de Gompertz, para a deposição de cinzas, demonstram que a máxima deposição de cinzas ocorre antes da deposição de proteína e gordura, atestando que o crescimento ósseo é primário.
Four experiments were carried out to evaluate the effects of different lysine levels on the performance (exp. 1 and 2) and deposition of nutrients (exp. 3 and 4) of broilers chickens males and females, Ross and Cobb, in the phases from 1 to 7; 1 to 21, 1 to 35; 1 to 42 and 1 to 49 days of age. Still in this research, two more experiments (exp. 5 and 6), were run to estimated Gompertz parameters for the growth and corporal deposition of dry matter, fat, protein and ash of males and females of strains Ross and Cobb, from 1 to 49 days of age. In the experiments, 1584 birds that each strain were used, being half of each sex, distributed in a completely random design with three digestible lysine levels, two sexes with eight replications and 33 broilers for experimental unit. The digestible lysine levels adopted corresponded respectively to 92; 100 and 108% of recommendations for Rostagno et al. (2005), for each phase and sex. For males, the lysine levels studied at phases from 1 to 7, 8 to 21, 22 to 35, 36 to 42 and 43 to 49 days of age, corresponding the Rostagno et al. (2005) recommendations, were respective the 1,330; 1,146; 1,073; 1,017 and 0,970%. For the females, on same phases, the values were the 1,330; 1,146; 0,997; 0,904 and 0,857%. The others values were estimated considering the lysine recommendations 8% superior (108%) and 8% inferior (92%). At the end of the experiments 1 and 2, it was observed that the lower lysine level than the recommended for Rostagno et al. (2005), resulted in worst performances and that the values same or superior than recommended for Rostagno et al. (2005), resulted in better performance, independent of strains, sexes or phase studied. The analyze of data in the experiments 3 and 4, showed that the decrease or the increase of the digestible lysine levels were not enough to result in consistent changes in the dry matter, fat, protein and ash deposition of males and females broilers from Ross or Cobb strains, in the period from 1 to 49 days. In the final of the experiments 5 and 6, it was observed that the growth and nutrients deposition estimated with Gompertz equations were superestimated in the initial and final phases. The estimated Gompertz equations presented excellent determination coefficients showing that this model is recommended to estimate the growing and tissues deposition in the broilers chickens. Growth and deposition curves indicated that at older age of slaughter larger fat and lower protein carcass deposition, mainly in females. The Gompertz curve for ash deposition showed that it ocorried before than protein and fat depositions.
Palavras-chave: Desempenho
Deposição de nutrientes
Frangos de corte
Proteína
Performance
Nutrient depositions, Broiler chickens
Protein
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: SILVA, Carla Rodrigues da. Performance and deposition of nutrients of broilers chickens fed with different lysine levels. 2012. 232 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1805
Data do documento: 14-Fev-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,52 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.