Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1882
Tipo: Tese
Título: Níveis de cálcio e relações cálcio: fósforo em rações para galinhas poedeiras leves
Título(s) alternativo(s): Levels of calcium and calcium: phosphorus ratio in light-weight laying hens diets
Autor(es): Silva, Eliane Aparecida da
Primeiro Orientador: Gomes, Paulo Cezar
Primeiro coorientador: Rostagno, Horácio Santiago
Segundo coorientador: Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Primeiro avaliador: Brumano, Gladstone
Segundo avaliador: Silva, Marcelo Dias da
Terceiro avaliador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Abstract: Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de cálcio e a melhor relação cálcio: fósforo disponível (Ca: Pd) para galinhas poedeiras leves nos períodos de 24 a 40 e de 42 a 58 semanas de idade, foram realizados dois experimentos no setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa. Em ambos os experimentos foram utilizadas 576 galinhas poedeiras Hy-Line W36, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 3, sendo 4 níveis de cálcio (3,4; 3,8; 4,2 e 4,6%) e 3 relações Ca: Pd (9:1; 13:1 e 17:1), totalizando doze tratamentos com oito repetições e seis aves por unidade experimental. O primeiro experimento foi realizado no período de 24 a 40 semanas de idade e o segundo experimento no período de 42 a 58 semanas de idade. Foram avaliados os parâmetros de desempenho produtivo (produção de ovos, ganho de peso, conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos), de qualidade do ovo (porcentagem e peso de gema, porcentagem e peso de albúmen, porcentagem, peso e espessura de casca, gravidade específica dos ovos) de composição da casca (teores de matéria mineral, de cálcio e de fósforo na casca), de características ósseas (peso da tíbia, teores de matéria mineral, de cálcio e de fósforo na tíbia), de balanço de cálcio e de fósforo (consumo de cálcio e de fósforo, teores de matéria mineral, de cálcio e de fósforo na excreta e retenção de cálcio e de fósforo pelas aves). No primeiro experimento, houve efeito dos níveis de cálcio (P<0,05) sobre a conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos, o aumento do nível de cálcio proporcionou melhora na conversão alimentar. Não se observou efeito (P>0,05) dos níveis de cálcio e das relações Ca: Pd sobre o consumo de ração e a produção de ovos. O aumento do nível de cálcio na ração proporcionou redução (P<0,05) no conteúdo da gema, em gramas e em porcentagem; e aumento (P<0,01) no peso e percentual da casca e na gravidade específica dos ovos. Houve efeito (P<0,01) da interação entre os níveis de cálcio e as relações Ca: Pd para os conteúdos de matéria mineral em porcentagem e em gramas; de fósforo em porcentagem e em miligramas, e também (P<0,05) para o teor de cálcio, em gramas; na casca. Observou-se que o aumento do nível de cálcio na ração promoveu aumento linear (P<0,01) na porcentagem de matéria mineral da tíbia. Houve efeito da interação (P<0,01) entre os níveis de cálcio e as relações Ca: Pd para o percentual de fósforo na tíbia. O aumento do nível de cálcio dietético proporcionou (P<0,01) aumento linear no consumo do mesmo, porém as relações Ca: Pd não influenciaram (P>0,05) esse parâmetro. Exceto para o consumo de cálcio, houve efeito (P<0,01) da interação entre os níveis de cálcio e as relações Ca: Pd para todos os parâmetros relacionados ao balanço de cálcio e de fósforo. A exigência de cálcio estimada para poedeiras leves de 24 a 40 semanas de idade é de 4,27%, correspondendo a um consumo médio de 4,0 g de cálcio/ave/dia. A melhor relação cálcio/fósforo disponível é de 17:1, que corresponde a um consumo médio de 235 mg de fósforo disponível/ave/dia. No segundo experimento, observou-se efeito significativo dos níveis de cálcio sobre o consumo de ração e sobre a conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos, o aumento no nível de cálcio na ração propiciou melhora na conversão alimentar. As relações Ca: Pd não influenciaram (P>0,05) os parâmetros relacionados ao desempenho produtivo. Houve efeito quadrático dos níveis de cálcio sobre o peso, a porcentagem e a espessura da casca e, também sobre gravidade específica dos ovos. As relações Ca: Pd não influenciaram (P>0,05) os parâmetros relacionados à qualidade do ovo. O aumento do nível de cálcio na ração proporcionou aumento linear (P<0,01) no conteúdo de cálcio da casca, em gramas. Não se observou efeito (P>0,05) das relações Ca: Pd sobre os parâmetros relacionados à composição da casca do ovo. Houve efeito (P<0,01) da interação entre os níveis de cálcio e as relações Ca: Pd para os conteúdos de matéria mineral e de fósforo em gramas e em percentual e também para o percentual de cálcio na casca do ovo. As relações Ca: Pd não influenciaram (P>0,05) os parâmetros relacionados às características ósseas das poedeiras. Os níveis de cálcio exerceram influência significativa sobre os teores de cálcio e de fósforo da tíbia, em gramas. Verificou- se efeito significativo da interação entre os níveis de cálcio e as relações Ca: P sobre os conteúdos de matéria mineral na tíbia, em gramas e em porcentagem; de cálcio e de fósforo na tíbia, em porcentagem. Observou-se efeito (P<0,01) dos níveis de cálcio sobre o consumo de cálcio, cálcio excretado e retido em porcentagem e em gramas/ave/dia, e sobre o fósforo excretado em gramas/ave/dia. Dentre todas as características relacionadas ao balanço de cálcio e fósforo as relações Ca: Pd influenciaram (P<0,01) apenas o fósforo excretado em gramas/ave/dia, onde a menor excreção de fósforo foi obtida com a relação Ca: Pd 17:1. Houve efeito significativo da interação níveis de cálcio e relações Ca: Pd sobre o percentual de matéria mineral na excreta; consumo de fósforo; fósforo excretado em percentual e, fósforo retido em percentual e em gramas/ave/dia. A exigência de cálcio estimada para poedeiras leves de 42 a 58 semanas de idade é de 4,43%, correspondendo a um consumo médio de 4,27 g de cálcio/ave/dia. A melhor relação cálcio/fósforo disponível é de 17:1, que corresponde a um consumo médio de 251 mg de fósforo disponível/ave/dia.
Two experiments were conducted in the Poultry Sector, Department of Animal Science, Federal University of Viçosa, in order to determine calcium nutritional requirement and the best calcium: available phosphorus ratio for commercial laying hens in the periods 24-40 and 42-58 weeks of age. Five hundred seventy-six Hy-Line W36 laying hens were used in both experiments, distributed in a completely randomized experimental design in a 4 x3 factorial arrangement, composed of for levels of calcium (3.4, 3.8, 4.2 and 4.6%) and three calcium: available phosphorus ratios (9:1, 13:1 and 17:1), totaling twelve treatments with eight replicates with six birds each. The first experiment was conducted during the period from 24 to 40 weeks of age and the second experiment during the period from 42 to 58 weeks of age. both experiments, the following parameters were evaluated: 1) performance: posture, weight gain, feed conversion (egg dozen and egg mass); 2) Egg quality: percentage and weight of yolk; percentage and weight of albumen; percentage, weight and thickness of egg shell and gravity specific; 3) composition of the egg shell: contents of ash, calcium and phosphorus; 4) bone characteristics: tibia weight, contents of ash, calcium and phosphorus in the tibia; 5) calcium and phosphorus balance: calcium and phosphorus intake, contents of ash, calcium and phosphorus in excretion and retained by the birds. Concerning the first experiment, from 24 to 40 weeks of age, effect (P<0.05) was observed of calcium levels on feed conversion (egg dozen and egg mass). Calcium levels and calcium /phosphorus ratios did not affect (P>0.05) feed intake and egg production. Regarding the parameters related to egg quality, increased levels of calcium caused (P<0.05) a reduction in weight and percentage yolk; increased levels of calcium caused (P<0.01) increase in weight and percentage shell and also specific gravity of eggs. For to parameters for the composition of the egg shell, there was a significant interaction between calcium and the calcium/phosphorus ratios on the mineral matter and phosphorus contents, in percentage and in grams, and the calcium content in grams. Considering bone parameters, it was observed that increased levels of calcium caused a linear (P<0.01) increase in the percentage of ash in the tibia; was observed effect (P<0.01) of interaction levels of calcium and calcium/phosphorus ratios on the percentage of phosphorus in the tibia. With respect to the balance of calcium and phosphorus, calcium levels affected linearly (P<0.01) calcium intake, which was not affected (P>0.05) by calcium/ phosphorus ratios; except for calcium intake, there was interaction effect (P<0.01) between levels of calcium and calcium/phosphorus ratios for all parameters. The requirement of calcium for commercial laying hens from 24 to 40 weeks of age is 4.27% in the diet that correspond an intake of 4.0 g of calcium/hen/day. The better calcium: available phosphorus ratio is 17:1, corresponding to an available phosphorus intake of 235 mg/hen/day. With respect to the second experiment 42 to 58 weeks of age, it has been found a significant effect of calcium on feed intake and feed conversion (egg dozen and egg mass). The calcium/phosphorus ratios did not affect (P>0.05) the parameters related to the productive performance. With regard to the quality of the egg, calcium levels significantly affected the percentage, the weight and thickness of the egg shell and also the specific gravity of the eggs. Parameters related to egg quality were not affected (P>0.05), by calcium/phosphorus ratios. Considering the composition of the egg shell, a linear increase was observed in the calcium content in grams, with increasing levels of dietary calcium; the calcium/phosphorus ratios did not affect (P>0.05) the parameters related to the composition of the egg shell; there was interaction effect (P<0.01) between calcium levels and calcium /phosphorus ratios on contents of mineral matter and phosphorus, in grams and the percentage of calcium in the egg shell. The calcium/phosphorus ratios did not affect (P>0.05) the parameters related to the bone characteristics; calcium levels significantly affected the contents of calcium and phosphorus of the tibia, in grams. The contents of mineral matter, in percentage and in grams, of calcium and phosphorus, in percentage, were significantly affected by the interaction between calcium levels and calcium/phosphorus ratios. Considering the balance of calcium and phosphorus, it was observed effect (P<0.01) of calcium levels to calcium intake, calcium excreted and retained, in percentage and grams/bird/day, and also, for the phosphorus excreted in grams/bird/day; the content of phosphorus in excreta, in grams/bird/day, was affected by the calcium/phosphorus ratios, the lower excretion of phosphorus was obtained with the calcium/ phosphorus ratio 17:1; the percentage of mineral matter in excreta, consumption of phosphorus, phosphorus excreted in percentage, and phosphorus retained in percentage and gram /bird/day, were significantly influenced by the interaction between calcium levels and the calcium/phosphorus ratio. The requirement of calcium for commercial laying hens from 42 to 58 weeks of age is 4.43% in the diet that correspond an intake of 4.27 g of calcium/hen/day. The better calcium: available phosphorus ratio is 17:1, corresponding to an available phosphorus intake of 251 mg/hen/day.
Palavras-chave: Galinhas poedeiras - Alimentação e rações
Nutrição - Controle
Cálcio
Fósforo
Laying hens - Food and feed
Nutrition - Control
Calcium
Match
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::EXIGENCIAS NUTRICIONAIS DOS ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: SILVA, Eliane Aparecida da. Levels of calcium and calcium: phosphorus ratio in light-weight laying hens diets. 2014. 145 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1882
Data do documento: 10-Mar-2014
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf978,17 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.