Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/21588
Tipo: Tese
Título: Evolutionary history of Manihot carthagenensis (Euphorbiaceae) and allied species in eastern South America
História evolutiva de Manihot carthagenensis (Euphorbiaceae) e espécies afins no leste da América do Sul
Autor(es): Silveira, Thamyres Cardoso da
Abstract: Manihot Mill. (Euphorbiaceae) is a Neotropical genus with approximately 100 species. Manihot carthagenensis is a very polymorphic species and associated with dry environments, mostly the caatinga and the chaco. Currently, morphological criteria associated with geographic distribution distinguish three infraspecific taxa in M. carthagenensis: M. carthagenensis subsp. carthagenensis, M. carthagenensis subsp. glaziovii, and M. carthagenensis subsp. hahnii. Herein, we assembled multilocus datasets with DNA sequence data obtained from four nuclear genes (sts, ch_metE, g3pdh, and nia-i3) for 34 samples of the three subspecies of M. carthagenensis and 14 samples from 10 closely-related species and carried out Bayesian phylogenetic analyses. We also obtained microsatellite data from 19 representative populations sampled throughout most of the known range of M. carthagenensis to investigate genetic structure and diversity. Our phylogenetic study suggested that M. carthagenensis, as presently circumscribed, does not constitute a monophyletic clade, but represents three well-differentiated lineages: M. carthagenensis, M. glaziovii and M. hahnii. These three lineages were supported based on morphological differences, genealogical relationships, and vegetation associations. Microsatellite data suggest that M. carthagenensis consists of at least three distinct gene pools partly structured according to geography. We hyphothesized that these gene pools evolved in allopatry but remained interfertile and were able to produce hybrid zones after reconnecting. Thereby the genetic admixture is of recent origin and owing to population expansion.
Manihot Mill. (Euphorbiaceae) é um gênero Neotropical com aproximadamente 100 espécies. Manihot carthagenensis é uma espécie muito polimórfica e associada com ambientes secos, principalmente a caatinga e o chaco. Atualmente, critérios morfológicos associados com distribuição geográfica distingue três táxons infraespecíficos em M. carthagenensis: M. carthagenensis subsp. carthagenensis, M. carthagenensis subsp. glaziovii, and M. carthagenensis subsp. hahnii. Reunimos conjuntos de dados multilocus com dados de sequências de DNA obtidos de quatro genes nucleares (sts, ch_metE, g3pdh, and nia-i3) para 34 amostras das três subespécies de M. carthagenensis e 14 amostras de 10 espécies relacionadas e realizamos análise filogenética Bayesiana. Também obtivemos dados de microssatélites para 19 populações representativas amostradas ao longo da maior parte da extensão conhecida de M. carthagenensis, para investigar a estrutura genética e diversidade. Nosso estudo filogenético sugeriu que M. carthagenensis, como atualmente circunscrita, não constitui um clado monofilético mas representa três linhagens bem diferenciadas: M. carthagenensis, M. glaziovii e M. hahnii. Essas três linhagens foram apoiadas com base em diferenças morfológicas, relações genealógicas e associação com a vegetação. Dados de microssatélites sugerem que M. carthagenensis consiste em pelo menos três pools gênicos distintos, parcialmente estruturados de acordo com a geografia. Hipotetizamos que esses pools gênicos evoluíram em alopatria mas permaneceram interférteis e foram capazes de produzir zonas híbridas após reconexão. Assim, a mistura genética generalizada que observamos é de origem recente e devido à expansão populacional.
Palavras-chave: Microssatélites (Genética)
Manihot carthagenensis - Filogenia
Filogeografia
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SILVEIRA, Thamyres Cardoso da. Evolutionary history of Manihot carthagenensis (Euphorbiaceae) and allied species in eastern South America. 2018. 48 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/21588
Data do documento: 28-Jun-2018
Aparece nas coleções:Genética e Melhoramento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.