Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2547
Tipo: Dissertação
Título: Florística, estrutura e síndrome de dispersão de sementes em estágios sucessionais de mata ciliar no município de Arroio do Padre, RS, Brasil
Título(s) alternativo(s): Floristic, structure and seed dispersal syndromes in riparian forest sucessional stages in the municipality of Arroio do Padre, Rio Grande do Sul state, Brazil
Autor(es): Venzke, Tiago Schuch Lemos
Primeiro Orientador: Martins, Sebastião Venâncio
Primeiro avaliador: Neri, Andreza Viana
Segundo avaliador: Kunz, Sustanis Horn
Abstract: Neste estudo foi realizada amostragem fitossociológica da sucessão florestal de mata ciliar em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual no Município de Arroio do Padre, Região de Pelotas, RS, Brasil. Para tanto, um levantamento florístico e fitossociológico foi conduzido em três áreas num total de 1,2ha de floresta nativa. As áreas foram divididas em capoeira (0,2ha 5 anos de regeneração), secundária (0,5ha 45 anos de regeneração) e madura (0,5ha - mata primária com corte seletivo). A riqueza encontrada foi de 72 espécies botânicas distribuídas em 52 gêneros e 33 famílias. A classificação das espécies arbóreo-arbustivas em categoria sucessional foram 10 pioneiras, 29 secundárias iniciais e 30 secundárias tardias. Outras três ficaram como não determinadas. A síndrome de dispersão das espécies foi de 61 zoocóricas, 9 anemocóricas e 2 autocóricas. A zoocoria predominou nas três fases com percentuais de 82 até 93% das espécies e 47 até 92% dos indivíduos. A síndrome de dispersão mostrou que a interação com os vetores animais é importante nas três fases da sucessão e esse padrão não difere dos encontrados na Mata Atlântica. Os estágios iniciais foram constituídos por espécies pioneiras e secundárias iniciais, enquanto na floresta madura, as principais populações são de arborescentes e arbustivas adaptadas ao ambiente esciófito do sub-bosque. A diversidade de arbustivo-arbóreas (espécies, gêneros e famílias) e os parâmetros fitossociológicos (altura, área basal, diâmetro das árvores) tiveram incremento ao longo do tempo de abandono e regeneração da floresta. Com exceção da densidade, índice de diversidade Shannon e de equabilidade de Pielou. Deste modo nos estágios sucessionais ocorreram distintas características florísticas e fitossociológicas, evidenciando um gradiente de estrutura e diversidade ao longo do tempo de sucessão da floresta ciliar.
In this study a phytosociological sampling of forest succession was performed in a fragment from a Semi-deciduous Seasonal Forest, in the municipality of Arroio do Padre, in the region of the municipality of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. A floristic and phytosociological survey was conducted in the three areas, a total of 1.2ha of native forest. The areas were divided into capoeira (0.2ha five years of regeneration), secondary (0.5ha forty-five years of regeneration), and mature (0.5ha primeval forest with selective logging). Biodiversity of 72 botanic species was found distributed into 52 genera and 33 families. Trees and bushes classified in succession categories were 10 pioneers, 29 early secondary, and 30 late secondary. The other three were not determined. Dispersal syndrome of species was 62 zoochory, nine anemochory, and two autochory. Zoochory prevailed in the three phases with percentages of 82 to 93% of the species, and of 47 to 92% of individuals. The dispersal syndrome showed that the interaction with animal vectors is important in the three phases of succession, and this pattern is not different from those found in Mata Atlantica. The early stages consisted of pioneer and secondary species, whereas in the mature forest, the main populations consists of arborescents and shrubs species adapted to esciophytic environment of the understory. Biodiversity (species, genera, and families) and phytosociological parameters (height, basal area, tree diameter) had an increase over time dropout and regeneration of the forest. Thus, in the succession stages occurred different floristic and phytosociological characteristics, showing a gradient of structure and diversity over time succession of riparian forest.
Palavras-chave: Dispersão de sementes
Floresta estacional semidecidual
Mata ciliar
Amostragem fitossociológica
Seed dispersal
Semideciduous forest
Riparian
Phytosociological sampling
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: VENZKE, Tiago Schuch Lemos. Floristic, structure and seed dispersal syndromes in riparian forest sucessional stages in the municipality of Arroio do Padre, Rio Grande do Sul state, Brazil. 2012. 82 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2547
Data do documento: 9-Mar-2012
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf828,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.