Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2556
Tipo: Dissertação
Título: Anatomia foliar como subsídio para taxonomia de espécies de Chamaecrista seção Absus subseção Baseophyllum (Leguminosae - Caesalpinioideae)
Título(s) alternativo(s): Leaf anatomy as an additional taxonomy tool for Chamaecrista species (section Absus, subsection Baseophyllum (Leguminosae - Caesalpinioideae)
Autor(es): Coutinho, ítalo Antônio Cotta
Primeiro Orientador: Meira, Renata Maria Strozi Alves
Primeiro coorientador: Azevedo, Aristéa Alves
Primeiro avaliador: Araújo, João Marcos de
Abstract: Este trabalho tem por objetivo estudar as espécies de Chamaecrista circunscritas na seção Absus subseção Baseophyllum, fornecendo informações morfo-anatômicas da lâmina foliar, pecíolo/raque e glândulas encontradas no pecíolo/raque que possam ser úteis na separação das variedades circunscritas para Chamaecrista cytisoides (secção Absus subseção Baseophyllum) elevando-as ao nível de espécies, como definido por dados moleculares. A presença de glicose nos exsudados das glândulas presentes no pecíolo/raque confirmou que essas glândulas são de fato nectários extraflorais (NEF). Os NEFs são originados da protoderme, parênquima fundamental e procâmbio. Testes histoquímicos detectaram a presença de polissacarídeos neutros, muco-polissacarídeos ácidos, pectinas, mucilagens, proteínas totais e compostos fenólicos no tecido secretor dos NEFs, o que pode ser um indicativo da presença de tais substâncias no néctar. As oito espécies de Chamaecrista seção Absus subseção Baseophyllum apresentam epiderme unisseriada, venação do tipo actinódromo-camptódromo-broquidódromo, feixes vasculares colaterais em arco aberto, camadas de fibras e bainha cristalífera ao redor dos feixes vasculares, traqueídes alargados nas terminações das vênulas, NEFs, coléteres e tricomas tectores. Essas características foram consideradas como caracteres unificadores para esta subseção. A posição dos estômatos na folha, o tipo de mesofilo, o número de camadas tanto do parênquima paliçádico quanto lacunoso, a presença de hipoderme, a posição dos idioblastos mucilaginosos nos folíolos e o número de feixes acessórios foram considerados caracteres úteis na distinção das espécies. A análise de componente principal (PCA) baseada e, caracteres morfo- anatômicos mostrou a separação clara entre as oito espécies incluídas na seção Absus subseção Baseophyllum.
This paper aims at studying Chamaecrista species included in the sect. Absus subsect. Baseophyllum providing information on the morphology and anatomy of the leaflet blades, petiole/rachis, and glands found on the petiole/rachis which may be used on the separation of the varieties of Chamaecrista cytisoides (section Absus subsection Baseophyllum) into species, as defined by the molecular studies. The presence of glucose in the exudates of the glands confirmed that the petiolar/rachis glands are in fact EFNs. The EFNs arise from the protodermis, ground meristem and procambium. Histochemical tests detected the presence of neutral, acid muco- polysaccharides, pectins, mucilages, total proteins, and phenolic compounds in the EFN which may be indications of the presence of these substances in the nectar. All eight species of Chamaecrista sect. Absus subsect. Baseophyllum displayed a single- layered epidermis. Actinodromous-camptodromous-brochidodromous venation type, collateral vascular bundles arranged in open arc, layers of fibres and a sheath of cells containing prismatic crystals surrounding the vascular bundles, enlarged tracheids at the vein endings, vascular tissue of petiole/rachis with a pith parenchyma, accessory bundles, extrafloral nectaries, colleters, and non-secretory trichomes were observed in all the species studied and considered as unifying characters for this subsection. Position and type of stomata on leaves, type of mesophyll, number of both palisade and spongy parenchyma layers, presence of hypodermis, position of mucilage idioblasts in the leaflets, and number of accessory bundles were used to make distinction among the species. Principal component analysis (PCA) based on morphological and anatomical characters showed the clear separation of the eight species included within sect. Absus subsect. Baseophyllum.
Palavras-chave: Ontogenesis
Histoquímica
Anatomia ecológica
Subtribo Cassinae
Análise multivariada
Ontogenesis
Histochemistry
Ecological anatomy
Subtribe Cassinae
Multivariate analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::MORFOLOGIA VEGETAL::ANATOMIA VEGETAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: COUTINHO, ítalo Antônio Cotta. Leaf anatomy as an additional taxonomy tool for Chamaecrista species (section Absus, subsection Baseophyllum (Leguminosae - Caesalpinioideae). 2011. 118 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2556
Data do documento: 21-Fev-2011
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.