Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2569
Tipo: Dissertação
Título: Anatomia dos órgãos vegetativos de espécies neotropicais de Gentianaceae Jussieu: contribuições à taxonomia e filogenia
Título(s) alternativo(s): Anatomy of the vegetative organs of neotropical species of Gentianaceae Jussieu: contributing to taxonomy and phylogeny
Autor(es): Dalvi, Valdnéa Casagrande
Primeiro Orientador: Azevedo, Aristéa Alves
Primeiro coorientador: Meira, Renata Maria Strozi Alves
Segundo coorientador: Silva, Luzimar Campos da
Primeiro avaliador: Sousa, Hildeberto Caldas de
Segundo avaliador: Guimarães, Elsie Franklin
Abstract: A família Gcntianaceae compreende cerca de 1615-1688 espécics e 87 gêncros organizadas cm 6 tribos (Chironicae. Exaceae, Gentianeae, Helieae, Potalieae e Succifolieae) além do gênero Voyria cuja posição ainda é incerta. Atualmente, esta classificação tem sido bem aceita pela comunidade científica, pois considera afinidades filogenéticas com base em dados moleculares os quais demonstram congruência com dados de morfologia externa, palinologia e quimiotaxonomia. Apresenta grande variação anatômica e morfológica, no entanto, apenas sinapomorfias moleculares, ou a junção destas com demais caracteres, consolidam a família e as seis tribos como monofiléticas. Em relação ao posicionamento das espécies e dos gêneros, as circunscrições não são bem estabelecidas. Os objetivos do presente trabalho são descrever a anatomia dos órgãos vegetativos de espécies de Gentianaceae penencentes aos gêneros Calolisianthus (Hclicae), Curtia e Hockinia (Saccifolieae) e Deianira (Chironicae); contribuir para o conhecimento a cerca da família e selecionar caracteres anatômicos úteis para a taxonomia e filogenia do grupo. Foram coletados indivíduos de Calolisianthus penduculatus, Deianira dumazioi, Curria tenella, Curtia tenuifolia Curtis patula e Curria diffusa em diferentes áreas de campos rupestres em Minas Gerais. Amostras de Curtia obtusifolia, Curtia conferta; Curtia verticillaris e Hockinia montana provenientes de exsicatas também foram analisadas; além de Declieuxia fruticosa e Declieuxia cordigera espécies de Rubiaceae utilizadas como grupo externo na análise cladística. Amostras de folhas, caules e raízes foram processadas conforme metodologia usual em anatomia vegetal para as técnicas de dissociação de epiderme, diafanização, inclusão em metacrilato e em parafina histológica, teste histoquímicos e microscopia eletrônica de varredura. Para análise cladística foram acrescidos dados da literatura de sete espécies pertencentes às tribos estudadas, sendo analisados 59 caracteres anatômicos. Análise de Máxima Parsimônia foram conduzidas utilizando o programa Paup* 4.0.b10. Todas as espécies analisadas estruturalmente apresentaram estômatos anomocíticos, situados no mesmo nível das demais células epidérmicas, caule com estômatos e floema interno, nectaríolos e coléteres. Foram caracteres diagnósticos para as diferentes espécies: tipo de mesofilo; tipo de feixe vascular; distribuição e tipo de estômatos; presença de hipoderme; presença de flanges cuticulares; contorno das células epidérmicas; presença de cristais; padrão de venação; formato de caule; número de aletas no caule; presença de aerênquima, micorrizas e estrias de Caspary evidentes nas raízes; tipo de crescimento radicular e variações no tipo e distribuição dos coléteres e nectaríolos. Na análise cladística, Gentianaceae apresentou-se monofilética, posição sustentada por 100% de valor de bootstrap , emergindo ainda três clados também monofiléticos que sustentaram os gêneros Calolisianthus (67% de bootstrap ), Curtia (89% de bootstrap ), e Hockinia (86% de bootstrap ) no entanto, Deianira apresentou-se como politomias devido a insuficiência de dados anatônicos sobre as espécies deste gênero, em especial, os referentes às estruturas secretoras. Dados das estruturas secretoras, padrão de venação, tipo de estômatos mostraram-se promissores para a filogenia do grupo. Ressalta-se, assim, a importância da utilização de caracteres anatômicos na resolução de problemas taxonômicos entre as direntes espécies de Gentianaceae, destacando ainda, a essencialidade de dados oriundos de diferentes fontes de caracteres para uma análise mais acurada das relações filogenéticas nas diferentes categorias taxonômicas de Gentianaceae.
The Gentianaceae family has around 1615-1688 species and 87 genera which are organized in 6 tribes (Chironieae. Exaecae. Gentianeae, Helieae, Potalieae and Saccifolieace, besides lhe genus Voyria which does not have a fixed position yet. This classification has now been accepted by the scientific community once it considers phylogenetic affinities based on molecular data which demonstrate congruence with the extenal morphology, palynology and chemical taxonomy. This family shows a great anatomical and morphological variety. Nevertheless, only molecular synapomorphies, or the union of these with other characters, consolidate the family and the six tribes as monophyletic groups. Regarding the position of the species and genera, circumscriptions have not been well established. This study aims to describe the anatomy of the vegetative organs of Gentianaceae species belonging to Calolisianthus (Helieae), Curtia and Hockinia (Saccifolieae); and Deianira (Chironieae); to contribute to the knowledge of the family, and to select anatomical characters which may be useful to taxonomy and phylogeny of this group. Specimens of Calolisianthus pedunculatus, Deianira damazioi, Curtia tenella, Curtia tenuifolia, Curtia patula and Curtia diffusa were collected at different Rupestrian Fields (Rocky Outcrops) in the State of Minas Gerais, Brazil. Samples of Curtia obtusifolia, Curtia conferta, Curtia verticillaris and Hockinia montana from voucher material were also analyzed. as well as specimens of Declieuxia fruticosa and Declieuxia cordigera, which were the Rubiaceae species used as the external group in the cladistic analysis. Samples of leaves, stems, and roots were processed according to the usual vegetal anatomy methodology for dissociating the epidermis, diaphanization, methacrylatc and paraffin embedding, histochemical tests, and scanning electron microscopy. For the cladistic analysis, data from literature of seven species belonging to the tribes studied were included. Altogether, 59 anatomical charaters were analysed. The Maximum Parsiimony Analysis was run by the Paup 4.0.b10 version program. All the species structurally analysed showed anomocytic stomata placed at the same level of the other epidermal cells, stems with stomata and internal phloem, nectarioles, and colecters. The characters considered as diagnostic for the different species are as follows: type of vascular bundle; distribution and type of stomata; presence of hypodermis; presence of cuticular flanges; outlining of the epidermal cells; presence of crystals; patterns of venation; shape of the stem; number of wings in thc stem; prcsence of aerenchyma, mycorrhiza and Casparian strips evident in the roots: type of root growth; and variation on the type and distribution of the colecters and nectarioles. ln the cladistic analysis, Gentianaceae, showed to be monophylectic, a position supported by a bootstrap of 100%. Three monophyletic clades giving support to the Calolisianthus (67% of bootstrap"), Curtia (89% of bootstrap") and Hockinia genus (86% of "bootstrap") also emerged. On the other hand, Deianira showcd polytomies probably due t0 insufficient anatomical data about the species belonging to this genus, especially. the ones regarding the secretory structures. Data on the secretory structures, pattern of venation, and type of stomata showed to be promising to the phylogeny of this group. It should also be highlighted the importance of using anatomical characters to solve taxonomic problems regarding the different species of Gentianaceae. Thc necessity of data from different sources of characters in order to achieve a more accurate analysis of the phylogenetic relationships among the different taxonomic categories of Gentianaceae should also be emphasized.
Palavras-chave: Gentiaceae - Secreção
Células vegetais - Secreção
Gentianaceae - Anatomia
Curtia
Calolisianthus
Hockinia
Deianira
Gentiaceae - Secretion
Plant cells - Secretion
Gentianaceae - Anatomy
Curtia
Calolisianthus
Hockinia
Deianira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: DALVI, Valdnéa Casagrande. Anatomy of the vegetative organs of neotropical species of Gentianaceae Jussieu: contributing to taxonomy and phylogeny. 2010. 5 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2569
Data do documento: 23-Fev-2010
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
resumo.pdf913,91 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.