Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2751
Tipo: Dissertação
Título: Capacidade preditiva de equações de gordura corporal em relação aos marcadores bioquímicos e clínico de risco cardiovascular, em adolescentes de Viçosa-MG
Título(s) alternativo(s): Corporal Body fat equations capability, in adolescents, related to biochemical and clinic markers and cardiovascular risk, Viçosa-MG
Autor(es): Faria, Franciane Rocha de
Primeiro Orientador: Priore, Sílvia Eloiza
Primeiro coorientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Segundo coorientador: Ribeiro, Andréia Queiroz
Primeiro avaliador: Lira, Pedro Israel Cabral de
Abstract: A identificação de métodos precisos e adequados para predizerem a gordura corporal é necessária na avaliação do estado nutricional, também na adolescência, evitando que efeitos nocivos à saúde persistam na idade adulta. A identificação de equações de composição corporal, cujos resultados se relacionem com os fatores de risco cardiovascular em adolescentes torna-se relevante, uma vez que indivíduos com alto percentual de gordura corporal, em geral, apresentam componentes da síndrome metabólica. Objetivou-se verificar a capacidade de equações de gordura corporal em predizer alterações nos parâmetros bioquímicos e clínico de risco cardiovascular, em adolescentes, de ambos os sexos, na faixa etária de 15 a 18 anos. Os adolescentes foram selecionados por meio de amostragem aleatória simples, considerando o critério de inclusão: presença de menarca a pelo menos um ano (sexo feminino) e de pelos axilares (sexo masculino); não ter participado de estudos/consultas de nutrição nos últimos 6 meses; apresentar Índice de Massa Corporal (IMC)/idade &#8804; percentil 25 e IMC/idade &#8805; percentil 75 ou IMC/idade &#8805; percentil 85. De acordo com a classificação do estado nutricional agrupou-se em grupo 1 (G1) (n=140): eutróficos e grupo 2 (G2) (n=70): com excesso de peso. Aferiu-se peso, altura, perímetro braquial e pregas cutâneas. O percentual de gordura corporal foi estimado por 10 equações antropométricas e pelos equipamentos de bioimpedâncias elétricas tetra polar horizontal e vertical com oito eletrodos táteis, sendo o percentual de gordura corporal (%GC) classificado, segundo Lohman. Realizou-se dosagens séricas de colesterol total (CT), lipoproteína de baixa densidade (LDL), lipoproteína de alta densidade (HDL), triglicerídeos (TG), ácido úrico, insulina, glicemia de jejum, calculou-se o Homeostasis Model Assessment -Insulin Resistance (HOMA-IR), aferiu-se a pressão arterial e avaliou-se o nível de atividade física. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos da Instituição. Participaram 210 adolescentes, com idade média de 16,8 ± 1,0 anos sendo 52,4% (n=110) do sexo feminino. O excesso de gordura corporal variou de 34,3 (n=72) a 87,6% (n=184), conforme a equação ou equipamento de bioimpedância elétrica utilizado. As adolescentes apresentaram maiores valores de %GC, CT, HDL, LDL, insulina, HOMA-IR e pressão arterial diastólica (PAD) (p < 0,05). Na análise das curvas ROC (Receiver Operating Characteristic Curve), para predição de alterações nos parâmetros bioquímicos e clínico de risco cardiovascular, encontrou-se que a maioria das estimativas de gordura corporal detectou alterações nas concentrações séricas de TG, HDL, insulina e HOMA-IR (p<0,01). Obteve-se alta sensibilidade, baixa especificidade, alto valor preditivo negativo e baixo valor preditivo positivo para todos os métodos de estimativa de gordura corporal em relação aos parâmetros bioquímicos e clínico no G2. Nas análises de regressão múltipla no G1 verificou-se que o %GC estimado pela equação 5 se manteve associada com TG, PAD e insulina. No G2 todos os %GC mantiveram a associação com TG, insulina e HOMA-IR, componentes da síndrome metabólica. A partir dos resultados obtidos no estudo e considerando que todas as equações antropométricas são diferenciadas por sexo, pode-se inferir que a melhor equação de composição corporal foi a desenvolvida por Wetstrate e Deurenberg (1989) (equação 9), uma vez que, na regressão múltipla, se associou com maior número de fatores de risco cardiovascular, independente do estado nutricional dos adolescentes.
The identification of precise and suitable methods for predicting body fat is necessary on nutritional status evaluation, also in adolescence, avoiding hazardous health effects persist until adulthood. The identification of body fat equations, which results associate with cardiovascular risk factors in adolescents become relevant, once individuals with body fat fraction, broadly, present metabolic syndrome components. This work objective was to verify body fat equations capability in predicting changes in biochemical and clinic parameters of cardiovascular risk, in adolescents, of both sex, and 15 to 18 years old. The adolescents were selected by simple random sampling, considering the inclusion criteria: menarche presence by at least on year (feminine) and armpit hair (masculine); do not having participated of nutritional studies/consults in the last 6 months; to show Body Mass Index (BMI)/age &#8804; 25th percentile and BMI/age &#8805; 75th percentile or BMI/age &#8805; 85th percentile. According to the nutritional status classification it was grouped in : group 1 (G1) (n=140): eutrophics and group 2 (G2) (n=70): with overweight. It was It was verified weight, high, brachial perimeter and skinfolds. The body fat content was estimated by 10 anthropometric equations and by tetra polar horizontal and vertical electric bioimpedances with eight tactic electrodes, being the body fat content (%BF) classified according to Lohman. It was performed total cholesterol (TC) serum dosage, low density lipoprotein (LDL), high density lipoprotein (HDL), triglycerides (TG), uric acid, insulin, fasting glucose, calculated the Homeostasis Model Assessment Insuling Resistence (HOMA-IR), verified the arterial pressure and evaluated the physical activity level. The study was approved by the Federal University of Viçosa Research Human Ethics Committee. Participated 210 adolescents, with mean 16.8 +- 1.0 year old being 52,4% (n=110) from feminine sex. The excess of body fat ranged between 34.3 (n=72) to 87.6% (n=184), according to the equation or electric bioimpedance equipment used. The feminine adolescents presented higher values of %BF, TC, HDL, LDL, insulin, HOMA-IR diastolic arterial pressure (DAP) (p < 0.05). On the analysis of the ROC curves, for prediction of changes in the biochemical and clinical parameters of cardiovascular risk, it was found that the majority of the body fat estimatives detected alteration on the serum concentration of TG, HDL, insulin and ROMA-IR (p<0.01). It was found high sensibility, low specificity, high negative predictive value and low positive predictive value for all methods of body fat estimative in relation to biochemical and clinical parameters in G2. On the multiple regression analysis on G1 it was verified that the %BF estimated by equation 5 got associated with TG, DAP and insulin. On G2 all the %BF maintained the association with TG, insulin and HOMA-IR, metabolic syndrome components. In basis with the results obtained in the study and considering that all anthropometric equations are differentiated by sex, it can be inferred that the better body composition equation was the one developed by Wetstrate and Deurenberg (1989) (equation 9), since, on the multiple regression, got associated with greater number of risk factors, independently of adolescents nutritional status.
Palavras-chave: Adolescente
Gordura corporal
Fatores de risco cardiovascular
Teenagers
Corporal body
Cardiovascular risk factors
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: FARIA, Franciane Rocha de. Corporal Body fat equations capability, in adolescents, related to biochemical and clinic markers and cardiovascular risk, Viçosa-MG. 2011. 148 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2751
Data do documento: 21-Fev-2011
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.