Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3010
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação ergonômica e ambiental de cabos aéreos na colheita de Pinus em Cerro Azul, PR
Título(s) alternativo(s): Ergonomic and environmental evaluation of aerial cables in the harvest of Pinus in Cerro Azul, PR
Autor(es): Penna, Eduardo Silva
Primeiro Orientador: Machado, Carlos Cardoso
Primeiro coorientador: Silva, Elias
Segundo coorientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro avaliador: Sant'anna, Cléverson de Mello
Segundo avaliador: Silva, Márcio Lopes da
Abstract: Nas empresas florestais, em terrenos montanhosos, o grau de mecanização não é muito elevado devido a limitações técnicas dos tratores florestais. Este trabalho foi desenvolvido na empresa Florestal Vale do Ribeira, Grupo Berneck, Fazenda Tarumã, Município de Cerro Azul, PR, objetivando-se a avaliação ergonômica e ambiental da utilização de cabos aéreos no sistema de colheita de árvores inteiras, em talhões do Gênero Pinus, em regiões montanhosas. Para a avaliação ergonômica das torres de cabos aéreos, utilizou-se um questionário, que foi preenchido pelos operadores das três torres existentes. Avaliaram-se, detalhadamente, onze variáveis: acesso à cabine de trabalho, posição de trabalho do operador, cabine do operador, assento do operador, controles e instrumentação, clima na cabine, visibilidade da cabine em relação ao campo de trabalho, iluminação do campo de trabalho, ruído, exaustão de fumaça e poeira e vibração. Para a avaliação ambiental da colheita utilizaram-se matrizes de interação, contendo um total de vinte fatores ambientais relevantes e seis atividades impactantes, que ocorreram nos compartimentos dos meios físico, biótico e antrópico. Analisaram-se os impactos ambientais resultantes, por meio de estatística descritiva. Avaliou-se, também, o perfil dos respondentes. Conclui-se, quanto à análise ergonômica das onze variáveis analisadas, em cada torre, que os cabos aéreos modelos K301 e K501 não atendem aos requisitos ergonômicos, e seus operadores, por consequência, encontram-se susceptíveis a riscos em sua jornada de trabalho, enquanto no modelo K601 ocorre o inverso, e, seu operador trabalha em condições ergonômicas satisfatórias. Quanto aos impactos ambientais concluiu-se que o meiobiótico sofreu menor impacto ambiental negativo (- 7,38%), o meio físico apresentou o maior impacto negativo (- 64,43%) e o meio antrópico apresentou-se com maior impacto ambiental positivo (+28,19%). As matrizes de interação apresentaram 78 relações de impacto ambiental (interação de 13 fatores ambientais relevantes e 6 atividades impactantes). Não houve relação de impacto ambiental para sete fatores ambientais relevantes (um do meio físico – turbidez e seis do meio biótico - vertebrados, insetos, macrófitas, fitoplâncton, peixes e zooplâncton). Entre os treze fatores de impacto ambiental relevantes, as atividades derrubada florestal semimecanizada e guinchamento por cabo aéreo apresentaram relação de impacto ambiental com onze fatores ambientais relevantes dos meios físico, biótico e antrópico, sendo um impacto positivo e dez negativos. A atividade contratação de mão-de-obra apresentou interação apenas com um fator ambiental relevante (empregos), do meio antrópico, cujo impacto foi positivo. O sistema de colheita de árvores inteiras com cabos aéreos, em relação ao total de impactos ambientais, apresentou-se com 44,29% de impactos negativos. As correlações estudadas de 13 fatores ambientais relevantes com seis atividades impactantes apresentaram um saldo de impactos ambientais com a distribuição, nos compartimentos de seus meios, de 96 pontos de impactos ambientais negativos (Meio Físico), 11 pontos de impactos ambientais negativos (Meio Biótico) e 41 pontos de impactos ambientais positivos (Meio Antrópico). Quanto ao perfil dos quatro respondentes, concluiu-se que não houve comportamento homogêneo em suas respostas.
In forest companies located in mountains, the degree of mechanization is not very high due to the technical limitations of forest tractors. The present work was developed in the Vale do Ribeira forest company, Grupo Berneck, Tarumã Farm, in the city of Cerro Azul, PR, aiming to perform an ergonomic and environmental evaluation of the use of aerial cables in the harvest system of whole trees, in plots of the genus Pinus, in mountain regions. For the ergonomic evaluation of the towers of the aerial cables, it was used a questionnaire, which was completed by the operators or the three towers. Eleven variables were accurately evaluated: access to the cabin where they work, position in which the operators work, cabin of the operator, seat of the operator, controls and instruments, climate in the cabin, visibility of the cabin in relation to the work field, illumination of the work field, noise, exhaustion of smoke and dust and vibration. For the environmental evaluation of the harvest, interaction matrices were used, containing a total of twenty relevant factors and six activities of impact, which occur in the compartments of the physical, biotic and anthropic media. The resulting environmental impacts were analyzed by the descriptive statistics. It was also evaluated the profile of the respondents. It was concluded that, as for the ergonomic analyses of the eleven variables in each tower, the aerial cables of the K301 and K501 models do not meet the ergonomic requirements and, consequently, are susceptible to risks at work, while in the K601 model, the opposite occurs and the operator works in satisfactory ergonomic conditions. As for the environmental impacts, it was concluded that the biotic medium suffered the lowest negative environmental impact (-7,38%), the physical means presented the highest negative impact (- 64,43%) and the anthropic means presented the highest positive environmental impact (+28,19%). The interaction matrices presented 78 relations of environmental impact (interaction of 13 relevant environmental factors and 6 activities of impact). There was no relation of environmental impact for seven relevant environmental factors (one of the physical medium – turbidity and six of the biotic medium - vertebrates, insects, macrophytes, phytoplankton, fish and zooplankton). Among the thirteen relevant environmental impact factors, the activities of semimechanized forest fell and log dragging by aerial cable presented a relation of environmental impact with eleven environmental factors relevant to the physical, biotic and anthropic media, with one positive impact and ten negative impacts. The activity of hiring of labor presented interaction only with one relevant environmental factor (jobs), of the anthropic medium, whose impact was positive. The harvest system of whole trees with aerial cables, in relation to the total of environmental impacts, presented 44,29% of negative impacts. The correlations studied of 13 relevant environmental factors with six activities of impact presented a balance of environmental impacts with the distribution, in the compartments of their media, of 96 points of negative environmental impacts (Physical Medium), 11 points of negative environmental impacts (Biotic Medium) and 41 points of positive environmental impacts (Anthropic Medium). As for the profile of the four respondents, it was concluded that there was not a homogeneous behavior in their responses.
Palavras-chave: Ergonomia
Colheita florestal
Impacto ambiental
Pinus
Ergonomy
Forest harvest
Environmental impact
Pinus
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: PENNA, Eduardo Silva. Ergonomic and environmental evaluation of aerial cables in the harvest of Pinus in Cerro Azul, PR. 2009. 130 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3010
Data do documento: 24-Jul-2009
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.