Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3020
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação técnica e econômica de cabos aéreos na colheita de pinus no Município de Cerro Azul-PR
Título(s) alternativo(s): Technical and economic evaluation of the use of aerial cables in the harvest of pinus in the city of Cerro Azul-PR
Autor(es): Oliveira, Roldão José de
Primeiro Orientador: Silva, Márcio Lopes da
Primeiro coorientador: Machado, Carlos Cardoso
Segundo coorientador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Primeiro avaliador: Souza, Amaury Paulo de
Segundo avaliador: Sant'anna, Cléverson de Mello
Abstract: Este trabalho, realizado na Fazenda Tarumã, da empresa Florestal Vale do Ribeira, localizada no Município de Cerro Azul, Estado do Paraná, teve como objetivo avaliar técnica e economicamente a utilização de cabos aéreos na colheita florestal em regiões montanhosas. Foram avaliados três equipamentos, os cabos aéreos da marca austríaca Koller, modelos K300, K501 e K601. Na avaliação técnica, fez-se o estudo de tempos e movimentos, com o intuito de identificar os elementos do ciclo operacional, bem como o tempo de cada um. Também, foram estimados a produtividade, a disponibilidade mecânica e a eficiência operacional. Na avaliação econômica foram calculados os custos operacionais e os custos de produção, sendo posteriormente realizada a análise de sensibilidade das variáveis mais relevantes que compuseram o custo total de extração. No estudo de tempos e movimentos, a atividade que mais demandou tempo nos três cabos aéreos foi a de amarrar chockers, com uma porcentagem em relação ao tempo total de 45,20% para o cabo aéreo K300, 40,11% para o K501 e 41,88% para o K601. A maior produtividade foi observada no cabo aéreo K501 com 18,54 m³/h, seguido do cabo aéreo K601 com 16,61 m³/h e, por último, do cabo aéreo K300 com 14,84 m³/h. A disponibilidade mecânica foi de 95,17% para os três cabos aéreos, pois todos apresentaram a mesma média de tempo de permanência em manutenção. A maior eficiência operacional foi verificada no cabo aéreo K601, com uma porcentagem de 76,62%; depois, em segundo lugar, no cabo aéreo K501 com 74,62% e, por último, no cabo aéreo K300, com eficiência operacional de 63,25%. O menor custo operacional foi do cabo aéreo K300 com R$99,02/he, seguido do cabo aéreo K501 com R$123,27/he e por último, do K601 com R$160,95/he. Porém, quando se considera o custo por metro cúbico extraído, o K501 apresentou o menor custo (R$6,65/m³), seguido do K300, com um custo de R$6,67/m³; e o maior custo de extração R$9,68/m³ foi verificado no K601. Na análise de sensibilidade, constatou-se que nos três cabos aéreos a distribuição das variáveis analisadas foi igual. Diante disso, concluiu-se que na avaliação técnica a maior produtividade foi do cabo aéreo K501, com uma média de 18,54m³/h de madeira extraída; a disponibilidade mecânica foi de 95,17% nos três cabos aéreos; a maior eficiência operacional foi do cabo aéreo K601, com 76,62%; e no estudo de tempos e movimentos a atividade que mais demandou tempo nos três cabos aéreos foi a atividade de amarrar chockers. Na avaliação econômica, o menor custo operacional total foi de R$99,02 por hora efetiva, observado no cabo aéreo K300; o menor custo de extração foi observado no cabo aéreo K501, apresentando R$6,65/m³; e, por fim, na análise de sensibilidade avariável que mais influenciou o custo de extração, nos três cabos aéreos, foi a produtividade média de extração.
The present work, performed in the Tarumã farm, which belongs to the Florestal Vale do Ribeira company, located in the city of Cerro Azul, in the state of Paraná, aimed to carry out a technical and economical evaluation of the use of aerial cables in the forest harvest in mountain regions. Three equipments were evaluated: the aerial cables of the Austrian brand Koller, models K300, K501 and K601. In the technical evaluation, a study on the times and movements was carried out, with the objective of identifying the elements of the operational cycle, as well as the time of each. The productivity, mechanical availability and the operational efficiency were estimated. In the economic evaluation, the operational and production costs were calculated. Later, it was performed the analysis of sensitivity of the most relevant variables which made the total cost of the extraction. In the study of times and movements, the activity that demanded more time in the three aerial cables was to tie the chockers, with a percentage in relation to the total time of 45,20% for the aerial cable K300, 40,11% for the K501 and 41,88% for the K601. The highest productivity was observed in the aerial cable K501, with 18,54 m³/h, followed by the aerial cable K601 with 16,61 m³/h and, finally, the aerial cable K300, with14,84 m³/h. The mechanical availability was 95,17% in the three aerial cables, since all of them presented the same average of time of permanence in maintenance. The highest operational efficiency was verified in the aerial cable K601, with a percentage of 76,62%; in second place, the aerial cable K501, with 74,62%; and, finally, the aerial cable K300, with an operational efficiency of 63,25%. The lowest operational cost was that of the aerial cable K300, with R$99,02/ha, followed by the aerial cable K501, with R$123,27/ha; and, finally, of the aerial cable K601, with R$160,95/ha. However, when the cost per cubic meter was achieved, the K501 presented the lowest cost (R$6,65/m³), followed by K300, with a cost of R$6,67/m³; and the highest cost of extraction was verified in the K601, R$9,68/m³. In the analysis of sensitivity, it was verified that in the three aerial cables the distribution of the variables analyzed were alike. Therefore, it was concluded that in the technical evaluation, the highest productivity was that of the aerial cable K501, with an average of 18,54 m³/h of extracted wood; the mechanical availability was 95,17% in the three aerial cables; the highest operational efficiency was that of the aerial cable K601, with 76,62%; and, in the study of times and movements, the activity that demanded more time in the three aerial cables was to tie chockers. In the economic evaluation, the lowest total operational cost was R$99,02 per effective hour, observed in the aerial cable K300, while the lowest extraction cost was observed in the aerial cable K501, whose value was R$6,65/m³; and, finally, in the analysis of sensitivity, the most influential variable for the extraction cost wasthe average extraction productivity.
Palavras-chave: Colheita florestal
Cabo aéreo
Custos
Forest harvesting
Aerial cables
Costs
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: OLIVEIRA, Roldão José de. Technical and economic evaluation of the use of aerial cables in the harvest of pinus in the city of Cerro Azul-PR. 2009. 67 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3020
Data do documento: 16-Jul-2009
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.