Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3038
Tipo: Dissertação
Título: Estratégias de regulação de florestas equiâneas com vistas ao manejo da paisagem
Título(s) alternativo(s): Regulatory strategies for even-aged forest with views of the landscape management
Autor(es): Binoti, Daniel Henrique Breda
Primeiro Orientador: Leite, Hélio Garcia
Primeiro coorientador: Gleriani, José Marinaldo
Segundo coorientador: Ribeiro, Carlos Antônio Alvares Soares
Primeiro avaliador: Campos, João Carlos Chagas
Segundo avaliador: Souza, Agostinho Lopes de
Terceiro avaliador: Oliveira, Márcio Leles Romarco de
Abstract: Objetivou-se no presente trabalho apresentar alternativas de formulação de modelos de regulação florestal, com a inclusão de características ambientais e sociais visando o manejo da paisagem. Os modelos foram construídos para uma fazenda modelo com área de efetivo plantio de 3.491 ha, dividida em 135 unidades de manejo. Os modelos de regulação foram formulados conforme modelo I, incluindo restrições de inteireza para as unidades de manejo. Utilizou-se a meta-heurística algoritmo genético para a solução dos modelos. As alternativas de formulação propostas foram: (i) formulação clássica de um modelo de regulação; (ii) aplicação de restrições de adjacência; (iii) restrição de classes de idades por compartimento; (iv) minimização do índice de área de colheita (IAC); (v) maximização do valor presente líquido global (VPL), com a aplicação de penalidades em função do IAC; (vi) minimização das variações das distâncias entre unidades de manejo com intervenção de colheita e o ponto de entrega da produção; (vii) maximização do valor presente líquido (VPL), com a aplicação de permissão da variação da distância (de 5, 10, 15 e 20 %) entre as unidades de manejo com intervenção de colheita e o ponto de entrega da produção; (viii) minimização da variação da distância entre as unidades de manejo com intervenções de colheita; (ix) maximização do valor presente líquido (VPL), com permissão da variação da distância (de 5, 10, 15 e 20 %) entre as unidades de manejo com intervenção de colheita; e (x) maximização a distância entre as unidades de manejo com intervenção de colheita. As alternativas de regulação foram avaliadas em função do IAC e do VPL. A aplicação da técnica de algoritmo genético foi eficiente para a solução de modelos, construídos com restrições e objetivos de caráter socioeconômico e ambiental. A comparação da variação volumétrica satisfez à demanda de produção imposta em todos os modelos propostos. As inclusões de objetivos de caráter social e ambiental acarretaram redução no valor presente líquido global em todos os modelos testados, quando comparado com alternativas clássicas de regulação. A proposta da minimização do IAC apresentou-se econômica e ambientalmente mais satisfatória que a imposição de restrições de adjacência, bem como uma redução significativa no número de restrições. A aplicação de penalidades do IAC acima de 20 %, sobre a maximização do VPL, resultou em valores de IAC melhores do que o modelo de adjacência e valores de VPL superiores, sendo estes preferidos aos modelos com restrições de adjacência. A regularização da distância entre as unidades de manejo em situação de corte e o posto de entrega da madeira, tende a pulverizar a colheita, distribuindo-a por toda a floresta. A maximização das distâncias entre as unidades de manejo com intervenção apresentou uma melhoria no valor do IAC e uma redução de até 8% do VPL, quando comparada com o modelo clássico.
The objective of the present work to present alternative formulation of models of forest regulation, with the inclusion of environmental and social characteristics in order to landscape management. The models were constructed for a model farm with an area of effective planting of 3491 ha, divided into 135 management units. The regulation models were formulated as model I, including integer constraints for the management units. We used meta-heuristic genetic algorithm for solving the models. The alternative proposals were formulated: (i) classical formulation of a model of regulation, (ii) application of adjacency constraints, (iii) the restriction of age classes per compartment, (iv) minimizing the index of havester area (IHA ), (v) maximizing the overall net present value (NPV), with the application of penalties depending on the IHA, (vi) minimization of the variations of distance between management units in the presence of collection and delivery point of production, (vii ) maximizing the net present value (NPV), with the application of permitted variation in the distance (5, 10, 15 and 20%) between the management units in the presence of collection and delivery point of production, (viii) minimization varying the distance between the units of management with harvesting operations, (ix) maximizing the net present value (NPV), with permission of the variation of the distance (5, 10, 15 and 20%) between the management units with intervention harvest, and (x) maximizing the distance between management units in the presence of harvest. The regulatory alternatives have been assessed against the IHA and the NPV. The application of genetic algorithm technique was efficient for the solution of models built with constraints and goals socioeconomic and environmental character. A comparison of volume variation to satisfy the demand of production imposed on all models. The inclusions of goals in social and environmental reduction resulted in overall net present value in all models tested, compared with conventional alternatives of regulation. The proposal of reducing the IHA presented itself economically and environmentally more satisfactory than imposing adjacency restrictions, and a significant reduction in the number of constraints. The imposition of penalties of IHA above 20% on the maximization of NPV resulted in values of IHA better than the adjacency model and higher values of NPV, which are preferred to models with adjacency constraints. The adjustment of the distance between management units in a position to harester and post delivery of the wood tends to spray the crop by distributing it throughout the forest. Maximizing the distance between management units with the intervention showed an improvement in the value of the IHA and a reduction of up to 8% of the NPV, compared with the classical model.
Palavras-chave: Algorítmos genéticos
Manejo florestal
Floresta regulada
Genetic algorithms
Forest management
Regulated forest
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: BINOTI, Daniel Henrique Breda. Regulatory strategies for even-aged forest with views of the landscape management. 2010. 159 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3038
Data do documento: 21-Jul-2010
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf5,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.