Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3047
Tipo: Dissertação
Título: A cultura tradicional do sertanejo e o seu deslocamento para a implantação do Parque Nacional Grande Sertão Veredas
Título(s) alternativo(s): The traditional culture of the sertanejo and its removal for the implementation of the National Park Grande Sertão Veredas
Autor(es): Souza, Flávia Aparecida Andrade
Primeiro Orientador: Lima, Gumercindo Souza
Primeiro avaliador: Doula, Sheila Maria
Segundo avaliador: Jucksch, Ivo
Terceiro avaliador: Ribeiro, Guido Assunção
Quarto avaliador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Abstract: Este trabalho investigou o conhecimento que as populações tradicionais detêm a respeito dos recursos naturais, sua relação com esses recursos e, especificamente, a relação entre a comunidade tradicional do Parque Nacional Grande Sertão Veredas e o parque; o histórico de sua ocupação da região, sua percepção da unidade, assim como seus anseios e sentimentos; objetivou-se também identificar os impactos que a retirada das populações tradicionais de seu habitat podem causar na vida, e até mesmo, na cultura dessas comunidades. O trabalho foi realizado em três etapas durante os anos de 2004 e 2005. A metodologia utilizada para a pesquisa foi uma metodologia estritamente qualitativa, utilizando-se a observação participante e entrevista semi-estruturada. A análise dos dados obtidos revelou que o parque é culturalmente muito rico e a população que reside ou residia em seu interior é, em sua grande maioria, tipicamente sertaneja e utiliza grande quantidade de recursos naturais provenientes dos ecossistemas locais, estes recursos são essenciais à sua sobrevivência e são utilizados a partir do conhecimento tradicional adquirido e repassado de geração em geração. O parque tem grande valor afetivo para seus moradores e ex-moradores e a relevância da área para a conservação após décadas de manejo por essas populações tradicionais, sugere que as áreas protegidas dos países em desenvolvimento sejam tratadas de uma forma diferente do que as áreas protegidas dos países desenvolvidos que possuem uma realidade cultural, social e ambiental bem distinta. O parque possui grande valor afetivo para seus moradores e a sua retirada da área foi muito sentida pelas populações tradicionais que possuem uma forma peculiar e diferenciada de apropriação dos recursos naturais, o que deveria ser levado em consideração pelas políticas públicas de gestão ambiental, pois tal conhecimento pode vir a se constituir importante instrumento de manejo e conservação de ecossistemas do cerrado.
This work looked for to investigate the knowledge that the traditional populations they stop regarding the natural resources, your relationship with those resources and, specifically, the relationship between the traditional community of the National Park Grande Sertão Veredas and the park; the historicof this ocupation in the area, your perception of the area protected, as well as your longings and feelings; it was also aimed at to identify the impacts that the retreat of the traditional populations of your habitat can cause in the life, and even, in those communities' culture. The work was accomplished in three stages during the years of 2004 and 2005. The methodology used for the research it was a methodology strictly qualitative, being used the participant observation and questions. The analysis of the obtained data revealed that the park is culturally very rich and the population that resides or it resided in your interior it is, in your great majority, typically country and it uses great amount of coming natural resources of the local ecosystems, these resources are essential to your survival and they are used starting from the acquired and reviewed traditional knowledge of generation in generation. The area has great affective value for your residents and former-residents and the relevance of the area for the conservation after decades of handling for those traditional populations, he/she suggests that the protected areas of the countries in development are treated in a different way than the protected areas of the countries developed that possess a reality cultural, social and environmental very different. The park possesses great affective value for your residents and your retreat of the area was very felt by the traditional populations that they possess a peculiar and differentiated form of appropriation of the natural resources, what should be taken in consideration by the public politics of environmental administration, because such knowledge can come constituting important handling instrument and conservation of ecosystems of the savannah.
Palavras-chave: Parque Nacional Grande Sertão Veredas (MG)
Etnobiologia
Conservação da natureza
Migração interna
Áreas de conservação
Recursos naturais
National Park Grande Sertão Veredas (Brazil)
Ethnobiology
Nature conservation
Migration
Conservation areas
Natural resources
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: SOUZA, Flávia Aparecida Andrade. The traditional culture of the sertanejo and its removal for the implementation of the National Park Grande Sertão Veredas. 2006. 114 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3047
Data do documento: 5-Abr-2006
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.