Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3161
Tipo: Dissertação
Título: Análise econômica da produção da amêndoa de cumaru e caracterização do seu mercado em Santarém e Alenquer, Pará
Título(s) alternativo(s): Economic analysis of the cumaru almond production and the characterization of its commercialization in Santarem and Alenquer, Para State
Autor(es): Rêgo, Lyvia Julienne Sousa
Primeiro Orientador: Silva, Márcio Lopes da
Primeiro avaliador: Castellani, Débora Cristina
Segundo avaliador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Abstract: O extrativismo e a comercialização dos produtos florestais não madeireiros, como da amêndoa de cumaru, contribuem como fonte de renda para muitas famílias da região norte do Brasil, especialmente no estado do Pará, porém são necessários estudos que comprovem se o mercado é favorável para que se possa investir nesse produto e se é viável economicamente extraí-lo em algum tipo de sistema de produção. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar economicamente a produção da amêndoa de cumaru em sistemas agroflorestais (SAFs) e sua comercialização no município de Alenquer e Santarém no estado do Pará. A caracterização da comercialização baseou-se em informações coletadas por meio de entrevistas junto aos agentes mercantis e consumidores. Enquanto que, a análise econômica dos dois SAFs do cumaru em consórcio com a mandioca baseou-se em critérios econômicos de projetos florestais, a partir de um fluxo de caixa com os custos e receitas para dois horizontes de planejamento (dez e vinte anos), sendo que o de maior retorno econômico foi considerado o melhor. Além disso, analisou-se a sensibilidade a fim de verificar a influência dos preços da mão de obra, do quilo da amêndoa, do quilo da farinha de mandioca e da taxa de juros no valor presente líquido (VPL). Os resultados indicaram que a comercialização da amêndoa de cumaru é exercida há muitos anos nessa região, praticada na maioria por homens, predominando a idade média superior a trinta e cinco anos, escolaridade de baixa à alta, capaz de empregar até 10 funcionários por estabelecimento. Comprar amêndoas de boa qualidade foi a principal dificuldade mencionada pelos agentes mercantis. O cumaru foi vendido frequentemente pelos feirantes e varejista. Como destino citaram Santarém, Belém, São Paulo, Japão, EUA e países da Europa. Entre os consumidores prevaleceu o gênero feminino, idade superior a cinquenta anos, ensino médio completo, baixa renda e residência na área urbana, que optaram pela amêndoa in natura principalmente para curar enfermidades e estão dispostos a pagar mais por ela, se colhida de forma sustentável. Os SAFs analisados são economicamente viáveis e xii remuneraram o valor da mão de obra familiar diária. O custo com as atividades de beneficiar foi o mais elevado. A receita obtida da mandioca, amortizou os custos de implantação do sistema. Após a saída da mandioca, a extração da amêndoa de cumaru proporcionou grandes retornos econômicos. O SAF A com menor espaçamento mostrou-se mais atrativo com benefício periódico equivalente de R$ 4.557,91.ha-1 no decorrer de 20 anos. O VPL foi mais sensível ás variações do preço da farinha e da amêndoa. Concluiu-se que a comercialização da amêndoa de cumaru contribui como fonte de renda aos comerciantes e seu uso tem a preferência dos consumidores. Assim, os SAFs são uma forma de produção rentável ao produtor no estado do Pará. E, para colher esse produto torna-se importante o incentivo governamental, afim de alavancar o comércio e o cultivo sustentável desse produto e, consequentemente, desenvolver a economia da região.
The extraction and commercialization of non-timber forest products, such as the cumaru almond, contribute as a source of income for many families in the northern region of Brazil, especially in the state of Para, but further studies are needed to prove whether the market is favorable for this kind of investment in this product and if it is economically feasible to extract it for some type of production system. Thus, the objective of this work was to economically evaluate the production of cumaru almond in agroforestry systems (AFSs) and its commercialization in the municipality of Alenquer and Santarem in Para State. The characterization of the commercialization was collected based on information from interviews of market agents and consumers. While the economic analysis of the two AFSs of cumaru in consortium with the cassava was based on economic criteria of forest projects, from a cash flow with the costs and revenues for two horizons of planning (10 and 20 years), where the greater economic return was considered the best. Furthermore, the sensitivity was examined in order to verify the influence of prices of labor, of the kilo of the almond, the kilo of cassava flour and the rate of interest on the present net value (NPL). It was found that marketing of cumaru almond has been done for many years in this region, which has been mainly practiced by men, predominating an average age over thirty- five years old, low and high education, employing up to 10 employees per establishment. The quality was the great hindrance to buy it, although it was often sold by fairground and retailers. The main cited destinations were Santarem, Belem, Sao Paulo, Japan, the U.S. and European countries. Among consumers the female gender prevailed, with age over 50, complete high school education, low income and residence in an urban area, opting for almonds in natura to cure illnesses and willing to pay more for it, if harvested in a sustainable manner. The analyzed AFSs are economically viable and remunerated the value of family labor daily. The cost with the activities of benefit was the highest. The presence of cassava recipe has collaborated with the positive net revenue, reducing the cost of system implantation. After the output of the cassava, the extraction of cumaru xiv almond provided great economic returns. The AFS A with smaller spacing showed to be more attractive with equivalent periodic benefit of R$ 4557.91.ha -1 in the course of 20 years. The NPL was more sensitive to variations in the price of flour and almond. Such results indicate that the commercialization of cumaru almond contributes as a source of income to the traders and its use has the consumers' preference. Thus, the AFSs are a form of profitable production to the producer in the Para State to extract this product, and the government incentive is important, in order to boost trade and the sustainable extraction of this product and consequently develop the economy of the region.
Palavras-chave: Economia Agrícola
Amêndoa de camaru
Dypteryx spp.
Produto Florestal não madeireiro
Amazônia
Agricultural economics
Almond camaru
Dypteryx spp .
Non-timber forest products
Amazon
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: RÊGO, Lyvia Julienne Sousa. Economic analysis of the cumaru almond production and the characterization of its commercialization in Santarem and Alenquer, Para State. 2014. 141 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3161
Data do documento: 20-Fev-2014
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.