Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3176
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização da madeira de clones de Eucalyptus camaldulensis Dehnh. e Eucalyptus urophylla S.T. Blake, oriunda de consórcio agrossilvipastoril
Título(s) alternativo(s): Wood properties of clones of E. camaldulensis Dehnh. and of E. urophylla S. T. Blake planted in consorciation with cattle and grain
Autor(es): Evangelista, Wescley Viana
Primeiro Orientador: Silva, José de Castro
Primeiro coorientador: Oliveira, José Tarcisio da Silva
Segundo coorientador: Lucia, Ricardo Marius Della
Primeiro avaliador: Vital, Benedito Rocha
Segundo avaliador: Leite, Hélio Garcia
Abstract: Este trabalho teve como objetivo a caracterização tecnológica da madeira de um clone de Eucalyptus camaldulensis Dehnh., de 10 anos, e de dois clones de Eucalyptus urophylla S.T. Blake, de 6 e 8 anos, avaliando-lhes os efeitos do clone e da distância medula-casca, bem como sua interação sobre as propriedades da madeira. O material foi proveniente da Votorantim Metais Zinco S/A, localizada no município de Vazante, região noroeste do Estado de Minas Gerais, em sistema de consórcio agrossilvipastoril, com espaçamento de 10 x 4 m. Para caracterização da madeira determinaram-se as propriedades físicas (massa específica; retratibilidade linear e volumétrica, além do coeficiente anisotrópico), propriedades anatômicas (dimensões de fibras e vasos) e propriedades mecânicas (módulo de ruptura e de elasticidade em flexão estática). Utilizaram-se seis árvores por clone para determinação das propriedades físicas e mecânicas e quatro árvores por clone para as propriedades anatômicas. Avaliaram-se também algumas variáveis dendrométricas associadas às toras dos clones estudados. O clone de E. camaldulensis apresentou os maiores valores médios de diâmetro da tora, volume de madeira, porcentagem de cerne e relação cerne-alburno e a menor porcentagem de alburno. O inverso foi observado para o clone de E. urophylla, de 6 anos. Os dois clones de E. urophylla apresentaram os menores valores de conicidade e os maiores rendimentos em madeira serrada. Considerando as propriedades da madeira, os resultados mostraram, através do teste t de Student, para amostras independentes, a 5% de probabilidade, que houve diferença significativa entre os clones e entre as distâncias radiais, no sentido medula-casca, na maioria das propriedades avaliadas. Considerando o efeito da distância medula-casca, observou-se uma tendência de aumento da massa específica, comprimento e espessura de parede das fibras, diâmetro dos vasos, módulo de ruptura e elasticidade, mas uma diminuição na freqüência de vasos. A largura das fibras, diâmetro do lume das fibras, retratibilidade linear e volumétrica, além dos coeficientes anisotrópicos não apresentaram padrão linear nítido de variação no sentido medula-casca. O clone de E. urophylla, de 8 anos, apresentou os maiores valores em todos os ensaios realizados, exceto para comprimento e largura das fibras, diâmetro do lume das fibras e coeficientes anisotrópicos. A madeira dos clones de eucalipto estudados apresentou propriedades similares às provenientes de árvores plantadas, em espaçamentos tradicionais.
The objective of this research was to describe technological properties of the wood of a ten years old clone of Eucalyptus camaldulensis Dehnh. and of two clones of Eucalyptus urophylla S. T. Blake of six and eight years of age. The effect of clone and radial position within the tree on wood properties was evaluated. The trees belonged to the Votorantim Metais Zinco S/A, a steel mill located in the Northwest portion of the State of Minas Gerais, near the city of Vazante. The trees grew in association with cattle and grain, in a 10 x 4 meter spacing and had their dendrometric variables described. Average log size was larger in E. camaldulensis, as was its volume. Heartwood percentage was also larger in these trees. On the other hand, the two clones of E. urophylla showed smaller taper and the yield in the sawmill was consequently better. For wood characterization, samples taken from logs were submitted to the following essays: determination of specific gravity (dry weight and green volume and air-dry weight and volume); linear and volumetric shrinkage and modulus of rupture and of elasticity in static bending. Some anatomical data (fiber and vessel dimensions) were also determined. Six trees of each clone were used for physical and mechanical testing; four were felled for anatomical description. When applied to the results, the Student s t test for independent samples showed that clones and position within the radius of the tree significantly influenced most of the properties measured. In general, specific gravity increased from pith to bark, a well as length and wall thickness of the fibers, diameter of the vessels and strength in bending and stiffness. Vessel frequency decreased from pith to bark. The width of the fibers and the diameter of their lumen, the linear and volumetric shrinkage and the T/R ratio did not show a clear pattern of variation in the radial direction. The clone of Eucalyptus urophylla of eight years of age showed larger values for most of the properties, with the exception of fiber width, lumen diameter and T/R ratio. The values so obtained showed that the wood of these clones have no marked differences from that produced in conventional plantations.
Palavras-chave: Eucalipto
Madeira
Variação radial
Propriedades
Agrossilvicultura
Eucalypt
Wood
Properties
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: EVANGELISTA, Wescley Viana. Wood properties of clones of E. camaldulensis Dehnh. and of E. urophylla S. T. Blake planted in consorciation with cattle and grain. 2007. 141 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3176
Data do documento: 23-Fev-2007
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,34 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.