Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/397
Tipo: Tese
Título: Melhoria da qualidade e análise de conjuntura de certificação da manga e polpa de manga Ubá na Zona da Mata Mineira
Título(s) alternativo(s): Quality improvement and certification status analysis for Ubá mango fresh fruit and pulp production in Zona da Mata Mineira region
Autor(es): Benevides, Selene Daiha
Primeiro Orientador: Ramos, Afonso Mota
Primeiro avaliador: Chaves, José Benício Paes
Segundo avaliador: Perez, Ronaldo
Terceiro avaliador: Couto, Flávio Alencar D'araújo
Quarto avaliador: Bastos, Maria do Socorro Rocha
Abstract: O mercado consumidor seja ele atacado, varejo ou mesmo agroindústrias, vem exigindo frutas de alto padrão de qualidade, com requisitos de segurança alimentar, condições de trabalho adequadas e produção com minimização dos riscos ao ambiente. Uma das alternativas adotadas no Brasil para satisfazer esta demanda é a adoção de ferramentas como, Boas Práticas Agrícolas (BPA), Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), rastreabilidade e certificação. Neste contexto, nesta pesquisa estudou-se a possibilidade de implantar tais ferramentas de qualidade na cadeia produtiva de manga Ubá na Região da Zona da Mata Mineira, com o objetivo de melhorar a oferta da fruta para o processamento da polpa destinada à produção de sucos, néctares e outros produtos. Porém, esta variedade de fruta ainda é produzida de forma extrativista, na referida Região, local de maior produção da fruta, portanto, os produtores e agroindustriais precisam ser sensibilizados e estimulados a garantirem a produção da fruta com qualidade para o consumo e seu processamento. Para isso, determinou-se a qualidade da manga Ubá fornecida a uma agroindústria produtora de polpas e sucos da Região, acompanhando-se todos os elos da cadeia produtiva, com análises laboratoriais da fruta e da polpa produzidas na região. Durante a safra 2003/2004 as Mangas Sujas (MS), assim denominadas as frutas que chegavam à indústria, apresentaram contagem inicial média de 7,34 log UFC de mesófilos aeróbios/manga e após a higienização, denominadas de Mangas Higienizadas (MH), média de 5,62 log UFC/manga, apresentando redução média de 1,72 ciclos log. Na safra 2004/2005, as MS apresentaram contagem inicial média de 7,02 log UFC de mesófilos aeróbios/manga e após a higienização, denominadas de Mangas Higienizadas (MH), média de 5,76 log UFC/manga, apresentando redução média de 1, 52 ciclos log. A polpa de manga apresentou valores para pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável (ratio), sólidos totais e açúcares totais solúveis, valores dentro dos exigidos pela legislação. As coordenadas de cor apresentaram valores que indicaram que a polpa possui cor característica amarelo-alaranjado. No campo e na indústria, observaram-se não conformidades, acompanhadas de registros fotográficos a fim de sensibilizar os interessados na implantação das ferramentas. Durante a implantação do Plano APPCC sugerido para a polpa de manga Ubá , alguns pontos de controle foram identificados, porém puderam ser controlados ao longo do processo. Desenvolveu-se um Banco de Dados para a Rastreabilidade (BDR) baseado nas informações necessárias ao longo de toda a cadeia, do campo a indústria. O BDR é de grande utilidade para que se atinja a certificação das frutas e da polpa, pois a rastreabilidade é fundamental para se obter a excelência de qualquer produto.
The consuming market, be it wholesale, retailer or even the industry, are demanding fruits of high quality standard, with requirements on food safety, better working conditions and production with minimization of environmental damaging. One of the alternatives choosed in Brazil to meet this demand is being the adoption of quality tools such as: Good Agricultural Practices (GAP), Hazards Analysis and Critical Control Points (HAPPC), traceability and certification. In this research it was studied the possibility of implanting these quality tools in the Ubá mango producing chain at Zona da Mata Mineira Region, in Minas Gerais State, with the objective of improving fruit quality for processing of mango pulp for juices, nectars and other products. However, this fruit variety is still produced by extractive form, in this Region, which is the main Ubá mango producing area in Brazil. Therefore, fruit producers and the industry must be sensitized and stimulated to guarantee the production of table quality fruits and also for processing. For that, the quality profile of Ubá mango supplied to an industry producing pulps and juices was determined, following along all the production chain, with laboratorial analysis of fruit and pulp samples to evaluate their quality. During the crop year 2003/2004 mango samples before washing and sanitation (called dirty mangos), sampled as they arrived at the industry, presented initial counts averaging 7.34 log UFC of aerobics mesofilics/fruit, and after hygienization, (called hygienized mangos), averaged 5.62 log UFC/fruit, representing 1.72 log cycles reduction. In the crop year 2004/2005, dirty mangos samples presented initial counts averaging 7.02 log UFC for aerobics mesofilics/fruit, and after fruit hygienization, hygienized mangos, averaged 5.76 log UFC/fruit, presenting 1. 52 log cycles reduction. The mango pulp presented values for pH, total soluble solids, titrable total acidity, total soluble solids/titrable total acidity ratio, total solids and total sugars well within those required by Brazilian standards. Hunter color coordinates presented values indicating that mango pulp possesses yellow-orange typical color. In the farm and industry, critical quality points were detected and followed by photographic registrations in order to sensitize fruit producers and industries about implementation of the tools. A HACCP plan for Ubá mango pulp processing was structured. During its implementation some control points were identified. These control points could be controlled along the process. A traceability database was developed (TDB) based on information required along all the production chain, from farm to industry. TDB is useful and required for table fruits and pulp production certification. Traceability is a fundamental feature to reach excellence in any production chain.
Palavras-chave: Manga
Qualidade
Agroindústria de processamento
Mango
Quality
Processing agroindustry
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: BENEVIDES, Selene Daiha. Quality improvement and certification status analysis for Ubá mango fresh fruit and pulp production in Zona da Mata Mineira region. 2006. 233 f. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/397
Data do documento: 23-Mar-2006
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.