Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4084
Tipo: Dissertação
Título: O consumo de alimentos sem agrotóxicos como fator de distinção social: o caso de Viçosa - MG
Título(s) alternativo(s): The consumption of food without pesticides as a factor of social distinction: the case of Viçosa - MG
Autor(es): Silva, Diene Ellen Tavares
Primeiro Orientador: Fiúza, Ana Louise de Carvalho
Primeiro coorientador: Doula, Sheila Maria
Segundo coorientador: Silva, Neuza Maria da
Primeiro avaliador: Botelho, Maria Izabel Vieira
Segundo avaliador: Barbosa, Míriam de Aguiar
Abstract: Esta dissertação trata do consumo de alimentos sem agrotóxicos na cidade de Viçosa-MG. O consumo pode ser caracterizado por complexas relações entre as necessidades criadas e recriadas no espaço do mercado, através do qual as trocas de produtos adquirem significados históricos socialmente construídos, expressando, freqüentemente, desigualdades sociais manifestadas no estilo de vida. O objetivo principal do trabalho foi analisar o consumo de alimentos sem agrotóxicos como marcador de estilo de vida. A manifestação do estilo de vida ocorre através do consumo de certos bens, produtos e serviços e, também, na forma como estes são usados e exibidos socialmente. Nesse sentido, os alimentos estão em uma posição privilegiada por servirem para a produção de diferentes significados e valores, que são expressos na dinâmica sócio-cultural de determinados grupos, através de relações sociais estabelecidas entre eles. Na esfera do consumo de alimentos, os sem agrotóxicos, por exemplo, parecem estar vinculados a certos valores como o da saúde. Esse valor, porém, não é o único a dar sentido a este tipo de consumo e, portanto, não se esgota nele. Os alimentos sem agrotóxicos não se constituem apenas em produtos nutritivos, mas em produtos cujos significados podem estar relacionados ao tipo de acesso, ao conhecimento, a inclusão e exclusão de diferentes grupos sociais e nas relações entre produção e consumo. Este elemento de distinção foi mapeado nos lugares onde diferentes camadas sociais se encontram: a Feira Livre e o Mercado Igarapé, na cidade de Viçosa-MG.
This dissertation is on the consumption of foods without pesticides in Viçosa-MG. The consumption can be characterized by complex relationships between the created and recreated needs in the market, through which the changes of products acquire historical meanings socially built, frequently expressing social inequalities manifested in the lifestyle. The main objective of the work was to analyze the consumption of foods without pesticides as a lifestyle marker. The manifestation of the lifestyle happens through the consumption of certain goods, products and services, and also as they are used and socially exhibited. In that sense, the foods are in a privileged position, because they serve to product different meanings and values, that are expressed in the sociocultural dynamic of certain groups, through social relationships established among them. In the sphere of the consumption of foods, those without pesticides, for instance, seem to be linked to certain values as the health. However, this value is not the only one to give sense to this consumption type and, therefore, it doesn't become exhausted per itself. The foods without pesticides are not only nutritious products, but they are products whose meanings can be related to the access type, to the knowledge, the inclusion and exclusion of different social groups, and in the relationships between production and consumption. This distinction element was mapped in the places where different social layers are: the free market and the Mercado Igarapé in the city of Viçosa-MG.
Palavras-chave: Consumo
Modernidade
Estilo de vida
Consumption
Lifestyle
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento
Programa: Mestrado em Extensão Rural
Citação: SILVA, Diene Ellen Tavares. The consumption of food without pesticides as a factor of social distinction: the case of Viçosa - MG. 2007. 132 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4084
Data do documento: 15-Jun-2007
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.