Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5028
Tipo: Dissertação
Título: Padronização de ensaios imunoenzimáticos (ELISA) para sorologia, detecção e quantificação do circovírus suíno 2
Título(s) alternativo(s): Standardization of enzyme immunoassay (ELISA) for serology, detection and quantification of porcine circovirus type 2
Autor(es): Fausto, Mariana Costa
Primeiro Orientador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Primeiro coorientador: Oliveira, Leandro Licursi de
Segundo coorientador: Silva Júnior, Abelardo
Primeiro avaliador: Lobato, Zélia Inês Portela
Segundo avaliador: Salcedo, Joaquín Hernán Patarroyo
Abstract: O Circovírus suíno 2 (PCV-2) é o principal agente causador da Síndrome Multissistêmica do Definhamento dos Suínos (SMDS), e está associado a diferentes síndromes que acometem esses animais. O termo PCVAD (Porcine circovírus 2 associated diseases) foi introduzido em 2006, para enquadrar todas essas doenças. Uma vez que estudos sorológicos são fundamentais para o monitoramento do vírus, o objetivo desse trabalho foi desenvolver ensaios imunoenzimáticos (ELISA) para a detecção e titulação de anticorpos anti-PCV-2 e também para a quantificação viral, assim como da proteína recombinante do capsídeo do PCV-2 (rCap PCV-2) em extratos de Escherichia coli . Após a padronização da técnica, 29 amostras de soro negativos por ELISA indireto foram utilizadas para a determinação do cutt off. O ELISA qualitativo foi comparado com a Imunoperoxidase em Monocamada (IPMA), através da análise de 155 amostras de soro, pré-determinadas por IPMA, sendo 125 amostras positivas e 30 amostras negativas para anticorpos anti-PCV-2, no ELISA. Os testes apresentaram uma concordância de 98,70 % confirmando assim a alta sensibilidade e especificidade do ELISA relativa ao IPMA. No ensaio quantitativo, 20 amostras de soro tiveram o título determinado através do ELISA e este apresentou um maior limite de detecção de anticorpos do que o IPMA, em 18 das 20 amostras avaliadas. Para a quantificação da rCap PCV-2 presente em extratos de E.coli, um ELISA de captura foi desenvolvido. Foram utilizadas IgGs precipitadas a partir de soro policlonal de coelho anti-rCap PCV-2 como anticorpo de captura e as IgGs conjugadas com peroxidase como anticorpo de detecção. Uma curva-padrão foi obtida através da diluição seriada da rCap PCV-2 e o ensaio apresentou um limite de detecção na faixa entre 0,625 a 0,0097 μg/mL, que foi utilizado com sucesso para quantificar a proteína no extrato de E.coli. Assim espera-se que este teste seja também aplicado futuramente na quantificação do PCV-2 em amostras de campo.
Porcine circovirus 2 (PCV-2) is the major causative agent of postweaning multisystemic wasting syndrome (PMWS) and is associated with different syndromes that affect the swine. The term PCVAD (Porcine circovirus associated diseases) was introduced in 2006 to gather many diseases. Since serological studies are essential for monitoring the virus, the aim of this study was to develop enzyme immunoassays (ELISA) for detection and titration of antibodies to PCV-2 and also for viral quantification as well as the recombinant protein capsid PCV-2 (rCAP PCV-2) in extracts of Escherichia coli. After the standardization of the technique, 29 negative serum samples in ELISA were used for determining the cutt off. The quantitative ELISA was compared with the Immunoperoxidase monolayer (IPMA), through analysis of 155 serum samples, pre-determined by IPMA, of which 125 samples were positive and 30 negative samples for antibodies to PCV-2, in ELISA. The tests showed a concordance of 98.70% confirming the high sensitivity and specificity of ELISA on the IPMA. In the quantitative assay, 20 serum samples had the title determined by ELISA and it showed a higher detection limit of antibodies than the IPMA in 18 of the 20 samples tested. To quantify the rCAP PCV-2 in extracts of E.coli, a capture ELISA was developed. Were used precipitated IgGs from polyclonal rabbit serum anti-rCap PCV-2 as capture antibody and the conjugated IgGs with peroxidases as detection antibody. A standard curve was obtained by serial dilution of rCap PCV-2 and the test showed a detection limit in the range of 0.625 to 0.0097 mg/mL, which was successfully used to quantify the protein in the extract of E.coli. Thus it is expected that this test is also applied in the quantification of future PCV-2 in field samples.
Palavras-chave: Circovírus suíno 2
ELISA
Curva-padrão
Porcine circovirus type 2
Standard curve
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Mestrado em Medicina Veterinária
Citação: Mariana Costa Fausto. Padronização de ensaios imunoenzimáticos (ELISA) para sorologia, detecção e quantificação do circovírus suíno 2. 2010. 74 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5028
Data do documento: 7-Mai-2010
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.