Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5568
Tipo: Dissertação
Título: Níveis de lisina digestível em rações para alevinos de tilápia do Nilo
Título(s) alternativo(s): Digestible lysine levels in diet for Nile tilapia fingerlings
Autor(es): Takishita, Sylvia Sanae
Primeiro Orientador: Lanna, Eduardo Arruda Teixeira
Primeiro coorientador: Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Segundo coorientador: Donzele, Juarez Lopes
Primeiro avaliador: Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
Segundo avaliador: Brustolini, Paulo César
Abstract: Objetivando-se avaliar o efeito de níveis de lisina digestível em rações para alevinos de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), linhagem tailandesa, com base no conceito de proteína ideal, realizou-se um experimento com duração de 32 dias. Foram utilizados 432 alevinos com peso inicial de 0,98 ± 0,03g, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado composto por seis tratamentos, seis repetições e doze peixes por unidade experimental. Os tratamentos constaram de seis rações isoenergéticas (3000 Kcal de ED/Kg de ração) e isoprotéicas (39,14% de PB) com diferentes níveis de lisina digestível (1,50; 1,66; 1,82; 1,98; 2,14 e 2,30%). Os parâmetros avaliados foram: consumo de ração, consumo de lisina digestível, ganho de peso, taxa de crescimento específico, taxa de sobrevivência, conversão alimentar, taxas de deposição diária de proteína e gordura corporais, composição química corporal (teores de umidade, proteína e gordura corporais) e eficiência de retenção de nitrogênio. Não houve efeito do nível de lisina digestível das rações sobre a taxa de sobrevivência, umidade e porcentagem de gordura corporal e deposição de gordura corporal dos peixes. O aumento dos níveis de lisina digestível melhorou linearmente os parâmetros de consumo de lisina digestível, conversão alimentar, porcentagem de proteína corporal e deposição de proteína corporal. Entretanto, o LRP (Linear Response Plateau) foi o modelo de melhor ajuste para os parâmetros de consumo de ração, ganho de peso, taxa de crescimento específico e eficiência de retenção de nitrogênio, estimando em 2,06%, 2,17%, 2,14% e 2,12% o nível de lisina digestível para maximizar cada um dos parâmetros citados, respectivamente. Conclui-se que a exigência de lisina total e digestível em rações para alevinos de tilápia do Nilo é, respectivamente de 2,32% (0,773% / Mcal de ED) e 2,17% (0,723% / Mcal de ED), correspondente ao consumo diário de 7,21 mg de lisina total e 6,67 mg de lisina digestível, para atender aos principais parâmetros de desempenho (consumo de ração, ganho de peso e taxa de crescimento específico) e características de carcaça (eficiência de retenção de nitrogênio), utilizando-se o conceito de proteína ideal na formulação das rações experimentais.
The current study was aimed at evaluating the effect of digestible lysine levels in diet for Nile tilapia fingerlings (Oreochromis niloticus), of the thailand lineage based on the ideal protein concept in a 32 days trial. 432 Nile tilapia fingerlings with an average initial weight of 0.98 ± 0.03 g were allotted in a completely randomized design, with six treatments, six replications per treatment and twelve fish per experimental unit. The treatments had consisted of six isoenergetic (3.000 Kcal of DE/Kg of food) and isoproteic (39.14% of CP) diets with different levels of digestible lysine (1.50%, 1.66%, 1.82%, 1.98%, 2.14% and 2.30%). Feed intake, digestible lysine intake, weight gain, specific growth rate, survival rate, feed conversion, daily protein deposition rate, daily fat deposition rate, chemistry body composition (humidity, protein and fat content) and nitrogen retention efficiency were evaluated. The survival rate, body fat and humidity content, and body fat deposition on the fish was not affected by the level of digestible lysine of the diets. The increasing levels of lysine improved linearly the parameters of digestible lysine intake, feed conversion, body protein content and body protein deposition. However, the LRP (Linear Response Plateau) was the model which best fit the parameters of feed consumption, weight gain, specific growth rate and nitrogen retention efficiency, estimating at 2.06%, 2.17%, 2.14% and 2.12% the level of digestible lysine to maximize each of the parameters cited, respectively. It was concluded that the total and digestible lysine requirement for Nile tilapia fingerlings was 2,32% (0,773% / Mcal of DE) and 2,17% (0,723% / Mcal of DE), respectively, that correspond to a daily intake of 7,21 mg of total lysine and 6,67 mg of digestible lysine to meet the main parameters of performance (feed consumption, weight gain and specific growth rate) and carcass characteristics (nitrogen retention efficiency), when the ideal protein concept in the formulation of experimental diets was used.
Palavras-chave: Aminoácido
Lisina digestível
Oreochromis niloticus
Amino acid
Digestible lysine
Oreochromis niloticus
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: TAKISHITA, Sylvia Sanae. Digestible lysine levels in diet for Nile tilapia fingerlings. 2008. 56 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5568
Data do documento: 27-Fev-2008
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf191,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.