Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5586
Tipo: Dissertação
Título: Medidas de persistência da produção de leite em rebanhos Gir Leiteiro utilizando modelos de regressão aleatória
Título(s) alternativo(s): Persistency of milk yield measures in Gyr herds using random regression models
Autor(es): Pereira, Rodrigo Junqueira
Primeiro Orientador: Lopes, Paulo Sávio
Primeiro coorientador: Verneque, Rui da Silva
Segundo coorientador: Torres, Robledo de Almeida
Primeiro avaliador: Freitas, Marcelo Silva de
Segundo avaliador: Carneiro, Paulo Luiz Souza
Abstract: Com o objetivo de avaliar modelos de regressão aleatória para a produção de leite no dia do controle (PLDC) e comparar medidas de persistência da produção de leite (PS), foram utilizados 27.000 registros de PLDC de 3.362 primeiras lactações de vacas Gir Leiteiro paridas entre 1990 e 2007. As PLDC foram agrupadas em vinte classes quinzenais e analisadas por modelos de regressão aleatória (MRA), cujos efeitos aleatórios, genético-aditivo e de ambiente permanente, foram modelados utilizando-se as funções de Wilmink (W) ou Ali & Schaeffer (AS). O modelo incluiu os efeitos fixos de grupo contemporâneo (rebanho-ano-mês de controle), idade da vaca ao parto como covariável (efeitos linear e quadrático) e a curva média de lactação da população. A modelagem da variância residual (VR) foi feita por meio de 1, 4, 6 ou 10 classes. As VR estimadas para o MRA utilizando a função W foram superiores àquelas estimadas pelo MRA empregando a função AS. Os modelos foram comparados pelos critérios de informação de Akaike (AIC) e Bayesiano de Schwarz (BIC). O teste BIC indicou o modelo com quatro classes de VR utilizando a função AS como o de melhor ajuste aos dados. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,12 a 0,32 para a função AS e de 0,09 a 0,33 para a função W, sendo maiores ao início da lactação. As correlações entre as PLDC decresceram de valores próximos à unidade entre controles adjacentes para valores negativos entre as PLDC da primeira e duas últimas quinzenas da lactação. O MRA empregando a função AS com quatro classes de VR (AS4), dentre os modelos estudados, é uma opção parcimoniosa para o ajuste das PLDC de vacas Gir Leiteiro no Brasil. Utilizando o modelo AS4, nove medidas de PS foram avaliadas. As correlações genéticas entre as medidas de PS e a produção de leite até 297 dias (P297) variaram entre -0,59 e -0,11. Sob altas intensidades de seleção para PS e P297, poucos animais em comum foram selecionados. À medida que a intensidade de seleção para ambas as características diminuiu, uma maior percentagem de animais em comum foi selecionada. As médias dos valores genéticos preditos para P297, de acordo com o ano de nascimento das vacas, demonstraram substancial incremento genético anual na P297, confirmando a efetividade do programa de melhoramento genético nacional da raça. Em contrapartida, não se observou melhoria na média genética da persistência da produção de leite. Os resultados permitem concluir que a seleção para produção de leite total na lactação não identifica touros e vacas geneticamente superiores para persistência da produção de leite.
Data comprising 27,000 test-day milk yield (TDMY) records of 3,362 first lactations of Gyr cows calving between 1990 and 2007 were used to compare random regression models for biweekly TDMY and to evaluate persistency of lactation milk yield (PS) measures. Records were analyzed by random regression models (RRM). Random trajectories were fitted by Wilmink s (W) or Ali & Schaeffer s (AS) parametric functions. The models included the fixed effects of contemporary group (herd-year-month of test), age of cow at calving as covariate (linear and quadratic effects) and the average trend of population. Residual variances (RV) were fitted by 1, 4, 6, or 10 classes. Models were compared by Akaike s (AIC) and Schwarz s Bayesian (BIC) information criteria. The AS function used for modeling the additive genetic and permanent environmental effects with heterogeneous RV adjusted with four classes was the best fitted model. RV estimates for W were higher than RV estimates for AS. TDMY heritability estimates ranged from 0.12 to 0.32 for AS function and from 0.09 to 0.33 for W function and were larger in the first half of the lactation period. Genetic correlations decreased from near unity between adjacent TDMY to negative values between early and late lactation. The AS function used for modeling the additive genetic and permanent environmental effects with heterogeneous RV adjusted four classes (AS4) would be parsimonious to fit TDMY of Gyr cows in Brazil. The AS4 model was used to evaluate nine PS measures. Heritability estimates for persistency measures ranged from 0.09 to 0.40. Genetic correlations between persistency and 297-day milk yield (Y297) ranged from - 0.59 to -0.11. At high PS and Y297 selection intensities there were a few animals in common. A larger percentage of animals in common was selected, as the selection intensity for both traits decreased. The average predicted breeding values for Y297 by the year of birth of cows showed substantial annual increase in the Y297, supporting the effectiveness of Gyr cattle national breeding program. However, no improvement in the genetic average of persistence of lactation yield was observed. The results allow to conclude that the selection for total milk yield does not provide sires and cows that are genetically superior for persistency of lactation yield.
Palavras-chave: Persistência da produção
Regressão aleatória
Persistency of milk yield
Random regression
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::GENETICA E MELHORAMENTO DOS ANIMAIS DOMESTICOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: PEREIRA, Rodrigo Junqueira. Persistency of milk yield measures in Gyr herds using random regression models. 2009. 68 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5586
Data do documento: 11-Fev-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf863,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.