Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5591
Tipo: Dissertação
Título: Características morfológicas e de manejo e suas relações com a produção de leite em vacas da raça gir
Título(s) alternativo(s): Morphologic and handling traits and their relations with the milk yield in cows of the Gir breed
Autor(es): Lagrotta, Marcos Rodrigues
Primeiro Orientador: Euclydes, Ricardo Frederico
Primeiro coorientador: Torres, Robledo de Almeida
Segundo coorientador: Verneque, Rui da Silva
Primeiro avaliador: Carneiro, Antônio Policarpo Souza
Segundo avaliador: Silva, Carlos Henrique Osório
Terceiro avaliador: Carneiro, Paulo Luiz Souza
Abstract: Estimativas de herdabilidade e correlações genéticas e fenotípicas para características morfológicas, de manejo e produção de leite em 305 dias de lactação foram obtidas pelo Método da Máxima Verossimilhança Restrita (REML), a partir de dados da Associação Brasileira de Criadores de Gado Gir Leiteiro (ABCGIL). O aplicativo REMLF90 foi utilizado para tal propósito. As características morfológicas e de manejo foram analisadas por um modelo que diferiu do utilizado para produção de leite. Os efeitos fixos usados no modelo das características morfológicas e de manejo foram: grupo contemporâneo de rebanho, ano e estação da classificação (RAEC), classificador, estádio da lactação e idade do animal na avaliação. No caso da produção de leite, incluí-se no modelo os efeitos fixos de idade da vaca ao parto e do grupo contemporâneo RAEP, formado pela combinação rebanho, ano e estação de parição. O modelo animal foi adotado em ambas as análises, que consideraram o efeito aleatório de repetibilidade, uma vez que foi utilizada mais de uma informação por característica. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,03 a 0,54, sendo a maioria delas superiores a 0,15. Comprimento das tetas e altura da garupa foram as características que apresentaram os maiores coeficientes de herdabilidade (0,44 e 0,54, respectivamente), e vista traseira das pernas posteriores, largura do úbere posterior e ângulo dos cascos, os menores (0,03; 0,04; e 0,09, respectivamente). Na prática, a variabilidade genética aditiva da maioria das características foi suficiente para que, com o processo seleção, se possa atingir significativo ganho genético anual. Dentre as características morfológicas e de manejo, as que apresentaram maiores correlações genéticas com produção de leite foram: largura do úbere posterior (0,53); inserção do úbere anterior (-0,50); vista traseira das penas posteriores (0,42); e vista lateral das pernas posteriores (0,30). O antagonismo genético entre produção de leite e inserção do úbere anterior, associada à moderada herdabilidade e influência direta desta característica na vida produtiva da vaca, sugere que na formação de índices de seleção para produção de leite, atenção especial deve ser dada à mesma. As correlações fenotípicas entre produção de leite e as características morfológicas e de manejo foram, em muitos casos, menores do que as correlações genéticas correspondentes. Entre as características morfológicas, as correlações fenotípicas mais expressivas envolveram apenas as relacionadas ao tamanho da vaca. Correlações genéticas entre algumas características morfológicas foram altas, possibilitando a exclusão de algumas delas do programa de classificação linear adotado para a raça Gir no Brasil.
Heritability and genetic and phenotypic correlations estimates to morphologic, handling and milk yield traits were obtained by REML method, using data from Associação Brasileira de Criadores de Gado Gir Leiteiro (ABCGIL). The software REMLF90 was utilized for such objective. The morphologic and handling traits were analysed for a model that differ of the utilized to the milk yield. The fixed effects used in the model of morphologic and handling traits were: contemporary group of herd, year and season of classification (RAEC); classifier; lactation phase and animal age on evaluation. For the milk yield was included in the model the fixed effects of cow age at calving and the contemporary group RAEP, shaped by combination herd, year and season of calving. The animal model was adopted in both analyses, which consider the random effect of repeatability, due to the fact that it was used more than one information per trait. The estimates of the heritability varied of 0.03 to 0.54, being the majority their larger than 0.15. Teat length and rump height were the traits that presented the largest coefficients of heritability (0.44 and 0.54, respectively), and backside view of rear legs, rear udder width, and foot angle, the least (0.03; 0.04; and 0.09, respectively). On practice, the additive genetic variability of the majority of traits was sufficient in order to reach significative annual genetic gain with the selection process. Rear udder width, fore udder insertion, backside view of rear legs, and side view of rear legs were the traits that presented the largest genetics correlations with milk yield (0.53; - 0.50; 0.42; and 0.30, respectively). The genetic antagonism between milk yield and fore udder insertion, associated to moderate heritability and direct influence of this trait on productive life of the cow, suggest that on formation of the selection index for milk yield, special attention must be given to it. The phenotypic correlations among milk yield and morphologic and handling traits were, in many cases, lower than the correspondent genetic correlations. Among the morphologic traits, the most expressive phenotypic correlations involved only the traits related to cow size. Genetic correlations among some morphologic traits were high, enabling the exclusion of some traits of the linear classification program adopted for the Gir breed in Brazil.
Palavras-chave: Bovino Gir
Vacas
Melhoramento genético
Lactação
Produção de leite
Dairy cattle
Gir
Cows
Breeding
Lactation
Milk yield
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::GENETICA E MELHORAMENTO DOS ANIMAIS DOMESTICOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: LAGROTTA, Marcos Rodrigues. Morphologic and handling traits and their relations with the milk yield in cows of the Gir breed. 2008. 48 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5591
Data do documento: 28-Jul-2008
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf250,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.