Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5628
Tipo: Dissertação
Título: Substituição do farelo de soja por farelo de mamona tratado com óxido de cálcio ou farelo de algodão 38% em suplementos múltiplos para novilhas de corte sob pastejo
Título(s) alternativo(s): Replacing soybean meal by castor seed meal treated with calcium oxide or cotton seed meal 38% in multiple supplements for beef heifers at pasture
Autor(es): Barros, Lívia Vieira de
Primeiro Orientador: Paulino, Mário Fonseca
Primeiro coorientador: Detmann, Edenio
Segundo coorientador: Valadares Filho, Sebastião de Campos
Primeiro avaliador: Valadares, Rilene Ferreira Diniz
Segundo avaliador: Campos, José Maurício de Souza
Abstract: Esta dissertação foi elaborada a partir de dois experimentos com novilhas nelore e mestiças com predominância de sangue zebu submetidas a diferentes estratégias de suplementação a pasto. No primeiro experimento objetivou-se avaliar o efeito da substituição do farelo de soja (FS) por farelo de mamona tratado com óxido de cálcio (FM) em suplementos múltiplos para novilhas de corte em recria sob pastejo, durante o período de transição seca-águas, sobre: parâmetros nutricionais, eficiência de síntese microbiana e desempenho produtivo. Para tal, 25 novilhas nelore e 10 mestiças com predominância de sangue zebu, com idade média inicial de 13 meses e peso médio inicial de 210,5 ± 0,8 kg foram distribuídas igualmente em cinco piquetes de Brachiaria decumbens, de 2,5 ha de área com disponibilidade média de matéria seca potencialmente digestível (MSpd) de 2858,4 kg/ha. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e sete repetições. Os suplementos continham aproximadamente 25% de proteína bruta (PB) e substituição progressiva do FS pelo FM aos níveis de 0; 33; 67 e 100% para os tratamentos FM0, FM33, FM67 e FM100, respectivamente. Os animais do tratamento controle recebiam exclusivamente mistura mineral (MM) ad libitum; nos demais tratamentos os suplementos foram fornecidos na quantidade de 1,0 kg/animal/dia. O ganho médio diário (g) foi 366,0; 439,7; 478,9; 556,3 e 493,9, respectivamente para os tratamentos MM, FM0, FM33, FM67 e FM100. Não se verificou efeito dos níveis de FM (P>0,10) sobre o ganho médio diário. Houve diferença no ganho médio diário (GMD) entre os animais suplementados e não suplementados (P<0,10). Os consumos em kg/dia de matéria orgânica (CMO), PB (CPB), extrato etéreo (CEE), carboidratos não fibrosos corrigido para cinzas e proteína (CCNF) e matéria seca digerida (CMSD) foram superiores (P<0,10) para os animais suplementados em relação aos animais não suplementados. Entre os níveis de substituição do FS por FM observou-se efeito linear decrescente com o aumento do nível de FM sobre o consumo de matéria seca total (CMS), CMO, CEE, consumo de CMSD, consumo de fibra em detergente neutro digestível e consumo de nutrientes digestíveis totais. Os coeficientes de digestibilidade aparente totais da MS (DMS), MO (DMO), PB (DPB), EE e DCNF foram superiores (P<0,10) nos animais suplementados em relação aos não suplementados. Entre os níveis de substituição do FS pelo FM observou-se efeito linear decrescente com o aumento do nível de FM sobre DMS, DMO, DPB. Não se verificou diferença (P>0,10) na eficiência de síntese de proteína microbiana por kg de NDT consumido (EFM) entre os animais suplementados e não suplementados, assim como também não foi observada diferença entre os níveis de substituição do FS pelo FM. No segundo experimento objetivou-se avaliar os efeitos da substituição do farelo de soja por farelo de algodão 38% (FA) em suplementos múltiplos para novilhas de corte sob pastejo: sobre o desempenho produtivo, parâmetros nutricionais e eficiência de síntese microbiana de novilhas de corte em recria. Para tal, 35 novilhas nelore e mestiças com predominância de sangue zebu, com idade inicial de 16 meses e peso inicial de 249,8 ± 0,6kg foram distribuídas em cinco piquetes de B. decumbens, de 2,5 ha de área com disponibilidade média de matéria seca potencialmente digestível (MSpd) de 2813,5kg/ha. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e sete repetições. Os suplementos continham aproximadamente 30% de proteína bruta (PB) e substituição progressiva do FS pelo FA aos níveis de 0, 33, 67 e 100% da fonte protéica para os tratamentos FA0, FA33, FA67, FA100, respectivamente. Os animais do tratamento controle recebiam exclusivamente mistura mineral (MM) ad libitum; nos demais tratamentos os suplementos foram fornecidos na quantidade de 1,0 kg/animal/dia. O ganho médio diário (g) foi 397; 546; 570; 525; 542; respectivamente, para os tratamento MM, FA0, FA33, FA67 e FA100. Não se verificou efeito dos níveis de farelo de algodão (P>0,10) sobre o ganho médio diário (GMD). Os animais suplementados apresentaram GMD superior aos animais não suplementados (P<0,10). Animais suplementados apresentaram consumo superior de proteína bruta e carboidratos não fibrosos corrigido para proteína e cinzas em relação a animais não suplementados. Entre os níveis de substituição do farelo de soja por farelo de algodão 38% observou-se efeito cúbico para o consumo de CNF. Houve efeito linear positivo (P<0,10) para o coeficiente de digestibilidade da matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta. Em relação à eficiência de síntese microbiana por kg de NDT consumido, não houve efeito da suplementação assim como não houve efeito dos diferentes níveis de farelo de algodão (P>0,10) em substituição ao farelo de soja. O farelo de mamona tratado com óxido de cálcio e o farelo de algodão 38% em substituição ao farelo de soja em suplementos múltiplos para novilhas de corte sob pastejo não prejudicam o ganho de peso dos animais.
Effect of different levels castor seed meal (Ricinus communis L.) treated with calcium oxide (CSM) was evaluated in multiple supplements on productive performance of heifers in pasture of "Brachiaria decumbens" during dry/rainy transition season. The experimental period was of 84 days. The experimental area was constituted of five paddock (2, 5 ha each) with DM availability of 4279, 7 kg/ha. Thirty five heifers with initial age of 13 months and 210,5±0,8 kg live weight were used. A completely randomized design, with five treatments and seven replicates, was used. The supplements contained 25% of CP and progressive replacing of the soybean meal (SM) by CSM, the levels were: 0; 33; 67 and 100 %, supplied in the level of 1,0 kg/animal/day. The group of control animals (MM) received mixture mineral ad libitum. The average daily gain (g) was: 366,1; 439,7; 478,9; 556,3; 493,9, respectively, to MM and supplement containing 0; 33; 67 and 100% of castor seed meal treated. It was not found effects (P>0,10) on daily gain for levels of castor seed meal treated. There was difference in the average daily gain between the supplemented and not supplemented animals (P<0,10). The intake in kg/day of organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), non-fiber carbohydrates corrected for protein and ash (NFC) and the apparent digestibility of dry matter (DDM) was higher (P<0.1) for supplemented animals compared to animals not supplemented. Among the replacement levels of soybean meal by CSM observed decreased linearly with increasing level of castor seed meal on the intake of dry matter (DM), OM, EE, intake of neutral detergent fiber intake (NFC) and total digestible nutrients (TDN). The apparent digestibility of DM,OM, CP, EE and NFC was higher (P<0,10) in the supplemented animals compared to those not supplemented. Among the replacement levels of SM by CSM observed decreased linearly with increasing level of CSM on DM, OM, CP. In relation to the efficiency of microbial synthesis not found difference (P>0,10) in the synthesis of microbial protein per kilogram of TDN consumed (EFM) between the supplemented and not supplemented, as well as no difference was observed between the levels of substitution of SM by CSM. In the experiment 2 the objective was to evaluate the effect of different cotton seed meal (CS) levels in multiple supplements on productive performance of the heifers in pasture of Brachiaria decumbens during rainy season. The experimental period was of 84 days. The experimental area was constituted of five paddock (2, 5 ha each) with DM availability of 4361, 3 kg/ha. Thirty five heifers with initial age of 16 months and 249,8 ± 0,6 kg live weight were used. A completely randomized design, with five treatments and seven replicates, was used. The supplements contained approximately 30% of CP and progressive replacing of the soybean meal (SM) by cotton seed meal, the levels were: 0; 33; 67 and 100 % of proteic sources, supplied in the level of 1,0 kg/animal/day. In the group of control animals (MM) received mixture mineral ad libitum. The average daily gain (g) was: 397; 546; 570; 525; 542, respectively, to MM and supplement containing 0; 33; 67 and 100% of cotton seed meal. It was not found effects (P>0,10) on daily gain for levels of cotton seed meal. There was difference in the average daily gain between the supplemented and not supplemented animals (P<0,10). The intake in kg / day of crude protein and non-fiber carbohydrates corrected for protein (NFC), apparent digestibility of crude protein and non-fiber carbohydrates corrected for protein was higher (P<0,10) for supplemented animals compared to animals not supplemented. Among the replacement levels of soybean meal by cotton seed meal treated observed increased linearly with increasing level of cotton seed meal on the apparent digestibility of DM,OM, CP, EE and TDN. In relation to the efficiency of microbial synthesis not found difference (P> 0,10) in the synthesis of microbial protein per kilogram of TDN consumed (EFM) between the supplemented and not supplemented, as well as no difference was observed between the levels of substitution of SM by CS.
Palavras-chave: Farelo de algodão
Farelo de mamona
Fêmeas
Suplementação
Cotton seed meal
Castor seed meal
Female
Supplementation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: BARROS, Lívia Vieira de. Replacing soybean meal by castor seed meal treated with calcium oxide or cotton seed meal 38% in multiple supplements for beef heifers at pasture. 2010. 71 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5628
Data do documento: 22-Fev-2010
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf267,48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.