Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5798
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de um complexo enzimático em rações para frangos de corte com diferentes idades
Título(s) alternativo(s): A Evaluation of an enzyme complex in diets for broilers with different ages
Autor(es): Carvalho, Bruno Reis de
Primeiro Orientador: Hannas, Melissa Izabel
Primeiro coorientador: Rostagno, Horácio Santiago
Segundo coorientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Primeiro avaliador: Rodrigueiro, Ramalho José Barbosa
Abstract: Para avaliar um complexo enzimático em dietas com diferentes níveis nutricionais, foram realizados três experimentos de desempenho e dois ensaios de metabolismo no Setor de Avicultura da Universidade Federal de Viçosa. Nos experimentos de desempenho foram utilizados 2000 (de 1 a 21 dias), 1600 (de 21 a 35 dias) e 1200 (de 36 a 49 dias) pintos de corte machos, da linhagem Cobb, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com 8 tratamentos em esquema fatorial 2 x 4 (adição ou não do complexo enzimático em quatro níveis nutricionais diferentes), com dez repetições e 25, 20 e 15 aves por unidade experimental em cada fase, respectivamente. As dietas experimentais diferiram nos níveis de energia metabolizável, fósforo disponível e lisina digestível, sendo o nível nutricional 1 formulado para atender as exigências nutricionais das aves (Rostagno et al., 2011) a partir do qual foram feitas reduções de 56kcal/kg, 0,075% de P.disp. e 0,019% na Lis Dig (NN2); 75kcal/kg, 0,1% de P.disp. e 0,025% na Lis Dig (NN3); ou 94kcal/kg, 0,125% de P.disp. e 0,031% na Lis Dig (NN4), com adição ou não do complexo enzimático. A suplementação do complexo enzimático em 200 gramas/ton. nas rações com as recomendações de Rostagno et al. (2011) apresentou resultados estatisticamente superiores (P<0,05) à sua não adição, sendo que o NN2 na fase inicial e o NN3 nas demais, com a adição do complexo, demonstraram resultados iguais (P<0,05) ao níveis sugeridos por Rostagno et al.(2011) sem adição do complexo enzimático. Para a avaliação dos valores de energia metabolizável e balanço de nitrogênio das dietas, foram realizados dois ensaios de metabolismo, sendo o primeiro com 336 pintos de corte de 13 a 21 dias de idade em 6 repetições e 7 animais por unidade experimental, e o segundo com 384 pintos de corte machos de 25 a 33 dias de idade com 8 repetições e 6 animais por unidade experimental, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, sendo os tratamentos iguais às respectivas fases do desempenho. Os resultados indicam que para rações formuladas em níveis abaixo das exigências nutricionais, a utilização do complexo enzimático permitiu liberação de 36, de 31 e de 87 kcal na EMAn na primeira fase e de 115, de 110 e de 13 kcal na segunda fase, respectivamente. Assim, pode-se concluir que o potencial de valorização do complexo enzimático em rações para frangos de corte é dependente da fase de desenvolvimento do animal, podendo promover melhorias nos parâmetros de ganho de peso e conversão alimentar, bem como aumento da energia metabolizável das rações.
To evaluate an enzyme complex in diets with different nutrient levels, three performance experiments and two bioassays were conducted in the Poultry Sector of the Federal University of Viçosa. In performance experiments were used 2000 (1-21 days), 1600 (21-35 days) and 1200 (35-49 days) male broiler chicks, Cobb, distributed in a completely randomized design with 8 treatments in 2 x 4 factorial arrangement (with or without addition of the enzyme complex in four different nutrient levels), with ten replications with 25, 20 and 15 birds in each phase, respectively. The experimental diets were formulated to be different in energy levels, available phosphorus and digestible lysine, and the nutritional level 1 was formulated to meet the nutritional requirements of poultries (Rostagno et al., 2011) from which reductions were made: 56kcal/kg, 0,075% of P disp and 0.019% in Lys Dig (NN2); 75kcal/kg, 0.1% to P disp and 0.025% in Lys Dig (NN3) or 94kcal/kg, 0.125% P disp and 0,031% in Lys Dig (NN4), with or without addition of the enzyme complex. The supplementation of the enzyme complex (200 grams/ton) in diets formulated in the recommendations of Rostagno et al. (2011) showed statistically higher (P< 0.05) to diets without the complex, and NN2 in the initial phase and NN3 in the others phases with the addition of the complex showed similar results (P< 0.05) to the levels suggested by Rostagno et al. (2011). For the evaluation of metabolizable energy and nitrogen balance of diets, there were two metabolism trials, the first with 336 broiler chicks 13-21 days old in 6 replicates and 7 animals per experimental unit, and the second with 384 male broiler chicks of 25-33 days old with 8 reps and 6 animals per experimental unit were distributed in a completely randomized design with treatments equal to their performance phases. The results indicate that, under the requirements of diets, the use of the enzyme complex allowed the release of 36, 31 and 87 kcal AMEn in the first stage and 115, 110 and 13 kcal in the second stage, respectively. Thus, we can conclude that the potential for appreciation of the enzyme complex in diets for broilers is dependent on the stage of development of the animal and can promote improvements in the parameters of weight gain and feed conversion, and increased metabolizable energy of the feeds.
Palavras-chave: Enzima
Desempenho
Fosforo
Energia
Enzyme
Performance
Phosphorus
Energy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::EXIGENCIAS NUTRICIONAIS DOS ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: CARVALHO, Bruno Reis de. A Evaluation of an enzyme complex in diets for broilers with different ages. 2013. 86 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5798
Data do documento: 16-Jul-2013
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf597,67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.