Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/76
Tipo: Dissertação
Título: O setor agroexportador brasileiro e os investimentos diretos externos no contexto da integração MERCOSUL/UE
Título(s) alternativo(s): The Brazilian agroexport sector and the foreign direct investment in the MERCOSUL/UE integration context
Autor(es): Vieira, Norberto Martins
Primeiro Orientador: Carvalho, Fátima Marília Andrade de
Primeiro coorientador: Braga, Marcelo José
Primeiro avaliador: Jayme Júnior, Frederico Gonzaga
Segundo avaliador: Rocha, Luiz Eduardo de Vasconcelos
Terceiro avaliador: Teixeira, Erly Cardoso
Abstract: A partir da perspectiva de constituição do acordo MERCOSUL/UE, com possibilidade de fortalecimento do comércio entre os blocos, foram analisados, por meio da estimação da criação e do desvio de comércio para o setor agroexportador brasileiro, os possíveis ganhos em quatro cenários alternativos de integração. Foi utilizado um modelo de equilíbrio parcial, cujos resultados para os quatro níveis de redução tarifária confirmaram as expectativas de que a integração MERCOSUL/UE proporcionaria significativos ganhos comerciais para o agronegócio brasileiro. Além disso, as estimativas de criação de comércio foram na maior parte das simulações superiores às de desvio de comércio, evidenciando a eficiência produtiva e competitividade do setor agroexportador brasileiro na economia mundial. Estimou-se também um modelo de dados em painel com efeitos fixos para explicar os investimentos europeus no Brasil, que evidenciou a importância dos fatores tradicionais, como o tamanho da economia, os custos de produção e o grau de abertura econômica dos países, para explicar o fluxo de investimento direto externo (IDE) na economia brasileira. A variável de maior influência positiva no fluxo de IDEs foi o produto interno bruto (PIB). O grau de abertura econômica afetou positivamente o fluxo de IDE, assim como o índice Dow Jones. A taxa de inflação brasileira foi negativamente relacionada às entradas dos investimentos diretos da UE no Brasil, interpretada como um indicativo de aumento da instabilidade da economia brasileira, reduzindo os investimentos externos. A variável consumo de energia elétrica pela indústria foi negativamente relacionada com o fluxo de IDE, podendo seu aumento estar indicando maiores custos de produção, desestimulando assim os investimentos diretos no País.
Having the constitution perspective of MERCOSUL/UE agreement with the possibility of the business strength between the blocks, we analized by the creation esteem and the business detour to the Brazilian agroexport sector the possible gains in four alternative sceneries of integration. It was used a model of partial balance, which the results to the four levels of tariff reduction confirmed the expectations that the MERCOSUL/UE integration would provide significant business gains t the Brazilian agrobusiness. Beside that, the estimation of business creation were in the majority of the simulations higher to the business detour, showing the productive efficiency and cmpetity of the Brazilian agroexport sector in the word wide economy. It was also stimulated a datum model in panel with fixed effects explain the European investments in Brazil, that become evident the importance f the traditional factors as the economy size, the production costs and the rank of the economy opening of the countries to explain the flux of foreign direct investment (FDI) in the Brazilian economy. The variable of bigger positive influence in the FDIs flux was the brute internal product (BIP). The rank of the economy opening affected in a positive way the DEI flux, as the Dow Jones index. The tax of the Brazilian inflation was negativity related to the entries of the direct investments of the UE in Brazil, elucidated as an increase indicative of the Brazilian economy instability, reducing the external investments. The variable consumption of electricity energy by the industry was negatively related to the FDI flux, and its increase can be indicating bigger costs of production, not stimulating the direct investments in the country.
Palavras-chave: Integração MERCOSUL/UE
Criação e desvio de comércio
Equilíbrio espacial
Investimentos diretos
Dados em painel
MERCOSUL
União Européia
MERCOSUL/UE integration
Business creation
Business detour
Spatial equilibrium
Foreign direct investments
Data panel
MERCOSUL
European Union
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INTERNACIONAL::RELACOES DO COMERCIO; POLITICA COMERCIAL; INTEGRACAO ECONOMICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Mestrado em Economia Aplicada
Citação: VIEIRA, Norberto Martins. The Brazilian agroexport sector and the foreign direct investment in the MERCOSUL/UE integration context. 2006. 121 f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/76
Data do documento: 18-Dez-2006
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf416,97 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.