Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/8951
Tipo: Dissertação
Título: Dimensionamento do agronegócio no estado de Minas Gerais
Dimensioning the agribusiness in Minas Gerais state
Autor(es): Diawara, Mamadou
Abstract: O objetivo principal deste estudo foi analisar o comportamento do agronegócio no Estado de Minas Gerais nos anos de 1980 e 1996, em seus principais componentes, a saber: Agregado I, que se refere às indústrias produtoras de bens e insumos para a agricultura; Agregado II, que engloba todas as atividades de produção; e Agregado III, que inclui todas as atividades de processamento e comercialização de bens agrícolas. Este estudo também visou avaliar a participação do agronegócio na constituição do PIB total do Estado. Para isso, foram utilizadas matrizes de insumo-produto inter-regionais. Os principais resultados obtidos foram: a) houve mudança na estrutura do agronegócio nos anos de 1980 e 1996; b) a parcela do Agregado I aumentou, de maneira significativa, a constituição do agronegócio estadual, que passou de 12,31% em 1980 para 20,24% em 1996; c) manteve-se relativa estabilidade na evolução do Agregado III de 1980 a 1996, que passou de 36,40% para 36,51%; d) houve queda na participação relativa do Agregado II, que passou de 51,29% em 1980 para 43,25% em 1996. O estudo mostrou ainda que o Agregado II continua sendo o segmento mais importante do agronegócio mineiro, sinalizando que a economia do Estado pode ser classificada como economia alimentar em vias de industrialização. Em relação à participação do agronegócio no PIB, constatou-se que o agronegócio acompanhou a tendência até agora prevalecente no agronegócio do Brasil, ou seja, diminuição gradativa de sua importância no PIB, que passou de 25% em 1980 para 20% em 1996.
This study aims to analyze the behavior of the agribusiness in Minas Gerais State, Brazil in the years of 1980 and 1996, considering its main components such as: Complex I – that comprises those industries producing goods and inputs for agriculture; Complex II - including all production activities; and Complex III – embracing all processing and commercialization activities of agricultural goods. A secondary purpose of this research is to evaluate the share of the Agribusiness in the total GDP in the state. Inter-regional input-output matrices were used. The following results were drawn: a) a change in the agribusiness structure occurred in both years of 1980 and 1996; b) the share of Complex I significantly increased in the period rising from 12.31% (1980) to 20.24% (1996); c) the share of Complex III maintained stability from 1980 (36.40%) to 1996 (36,51%); d) Complex II share declined from 51.29% in 1980 to 43.25% in 1996. The study also shows that Complex II remains the most important segment of the agribusiness in Minas Gerais State. Given the characteristics of this segment, it can be inferred that the Minas Gerais State economy can be classified as being a food economy in a process of industrialization. In relation to its share in GDP, the agribusiness followed the tendency that has been prevalent in Brazil, that is its importance into GDP gradually decreased from 25% (1980) to 20% in 1996.
Palavras-chave: Agronegócio
Comercialização
Bens agrícolas
CNPq: Ciências Sociais Aplicadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: DIAWARA, Mamadou. Dimensionamento do agronegócio no estado de Minas Gerais. 2002. 82 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2002.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/8951
Data do documento: 24-Out-2002
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo206,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.