Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos da diferenciação sobre riscos e retornos da produção de café em Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Effects of differentiation on risks and returns of coffee production in Minas Gerais
Autor(es): Pereira, Vanessa da Fonseca
Primeiro Orientador: Vale, Sônia Maria Leite Ribeiro do
Primeiro coorientador: Rufino, José Luís dos Santos
Segundo coorientador: Braga, Marcelo José
Primeiro avaliador: Leismann, Edison Luiz
Segundo avaliador: Ferreira, Marco Aurélio Marques
Terceiro avaliador: Lírio, Viviani Silva
Abstract: A desregulamentação do mercado cafeeiro e o crescimento da demanda por bebidas de qualidade elevaram a concorrência no mercado e resultaram em maiores exigências sobre os produtores. Os cafés diferenciados emergiram como uma opção para garantir a competitividade do produto, em busca de receber preços superiores e obter as vantagens da atuação em um mercado onde a remuneração é definida de acordo com a qualidade do café. O número de produtores que produzem grãos diferenciados é crescente, embora a atuação no mercado convencional seja a preponderante. Destarte, o objetivo desta pesquisa foi realizar uma análise dos efeitos da estratégia de diferenciação adotada pelos produtores do Cerrado mineiro, em comparação aos cafeicultores convencionais do Sudoeste. O estudo baseou-se nas teorias de economia e administração financeira acerca do risco e nas teorias de economia e administração estratégica sobre diferenciação, além das teorias de administração mercadológica sobre utilização de marcas. Os retornos foram estimados por um índice que relaciona custos e preços margem operacional e a análise de riscos foi realizada a partir das medidas de dispersão e das estimativas do Value at Risk. Foi utilizado o Índice de Sharpe para realizar uma avaliação concomitante dos retornos e riscos relacionados à estratégia de diferenciação. Quanto aos retornos, os resultados indicaram que os cafeicultores do Cerrado obtiveram melhores preços e melhores margens que os produtores do Sudoeste. Além do diferencial de preços, constatou-se a existência de uma lacuna entre os custos de se produzir uma saca de café nas duas regiões, em decorrência da diferença de produtividade, favorável ao cafeicultor do Cerrado. A respeito dos riscos incorridos pelos produtores das duas regiões, verificou-se que a variabilidade dos preços do café do Cerrado é maior. Todavia, a variabilidade das margens, as quais consideram preços e custos produtivos, foi maior para a produção na região Sudoeste. As perdas potenciais também foram maiores para a produção de café nessa região. Os resultados favoráveis aos cafeicultores do Cerrado foram relacionados às diferenças dos custos produtivos e da qualidade dos cafés. Assim, a realização de incrementos na qualidade do produto, com vistas a melhorar a remuneração, e de melhorias na gestão do processo produtivo, em busca de reduzir os custos por saca, foram os aspectos considerados relevantes para melhorar o desempenho do produtor do Sudoeste. Em contrapartida, o gerenciamento do negócio cafeeiro foi apontado como fator decisivo para gerar os resultados positivos obtidos pelo produtor do Cerrado mineiro.
Coffee market deregulation and growing demand for quality drink has increased market competition and the pressure on producers. Differentiated coffee production has emerged as an option to ensure product competition in search for better prices and advantages in a market that defines remuneration according to coffee quality. The number of differentiated coffee producers is increasing, although conventional market performance still predominates. Thus, this research aimed to analyze the effects of the differentiation strategy adopted by the Minas Gerais cerrado producers compared to the Southeastern conventional coffee producers. The study was based on the theories of economics and financial administration on risk and on the theories of economics and strategic administration on differentiation, as well as the theories of market administration on brand use. The returns were estimated by an index that relates costs and prices operational margin and risk analysis was conducted based on dispersion measures and Value at Risk estimates. The Sharpe index was used to concomitantly evaluate the returns and risks related to the differentiation strategy. As for the returns, the results indicated that the Minas Gerais cerrado producers obtained better prices and margins than those in the southeast. Besides the price differential, a gap was observed between the costs of producing a bag of coffee in the two regions due to productivity difference, which was favorable to the Minas Gerais cerrado producer. As for the risks taken by the producers in the two regions, it was verified that coffee price variability in the Minas Gerais cerrado is higher. However, margin variability, which considers prices and productive costs, was higher for the southeastern region production. The potential losses were also higher for the coffee production from this region. The favorable results obtained by the Minas Gerais cerrado coffee producers were related to the differences in productive costs and coffee quality. Thus, improved product quality aimed at higher remuneration and productive management aimed at reducing costs per bag were the most relevant aspects found to enhance the performance of the southeastern coffee producer. On the other hand, coffee business management was found to be a decisive factor for the positive results obtained by the Minas Gerais cerrado producer.
Palavras-chave: Riscos e retornos
Diferenciação
Café
Risks and returns
Differentiation
Coffee
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIAS AGRARIA E DOS RECURSOS NATURAIS::ECONOMIA AGRARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Mestrado em Economia Aplicada
Citação: PEREIRA, Vanessa da Fonseca. Effects of differentiation on risks and returns of coffee production in Minas Gerais. 2008. 153 f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/9
Data do documento: 6-Mar-2008
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf731,18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.