Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9312
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de mantas comerciais na vegetação de talude em corte de estrada
Evaluation of commercial erosion control blankets in vegetative cover of road cut slope
Autor(es): Fernandes, Leonardo Silva
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento de diferentes mantas comerciais (MacMat®, Fibrax® e Tela Biotêxtil®) na proteção do solo contra a erosão superficial hídrica e na facilitação do desenvolvimento de espécies vegetais. Para tanto, foram instalados, em um talude localizado no novo acesso à Universidade Federal de Viçosa (Via Alternativa da Vila Gianetti), dois experimentos: Escoamento Superficial e Estabelecimento de Espécies Vegetais. O primeiro consistiu de seis tratamentos (solo exposto, mantas MacMat®, Fibrax® e Tela Biotêxtil® com espécies vegetais – uma combinação de Brachiaria decumbens (I), Melinis minutiflora (II), Stylosanthes guianensis (III) e Cajanus cajan (IV) mais as mantas MacMat® e Fibrax® sem vegetação) com três repetições no delineamento experimental inteiramente casualizado, distribuídos em 18 parcelas de 8,5 X 2 m; já o experimento Estabelecimento de Espécies Vegetais consistiu de 14 tratamentos (mantas MacMat® e Fibrax® sem vegetação (testemunhas), com cada uma das espécies utilizadas no experimento anterior (I, II, III, e IV), com a combinação de todas as espécies (I + II + III + IV) e com uma combinação de três das quatro espécies (II + III + IV)) com quatro repetições, distribuídos em 56 parcelas de 2 X 2 m no delineamento experimental em blocos casualizados em esquema fatorial com dois tratamentos adicionais. As variáveis analisadas no primeiro experimento foram: massa de sólidos erodidos e volume de suspensão de água + solo escoado, avaliados separadamente após cada evento chuvoso de uma série de oito eventos; as variáveis analisadas no segundo experimento foram: número e altura dos indivíduos aos 65 e 207 dias após semeadura, índice de cobertura e biomassa da parte aérea aos 207 dias após semeadura. Todas as variáveis estudadas nos dois experimentos foram analisadas por meio do teste de Tukey a 5 % de probabilidade. Os resultados das análises estatísticas praticamente não detectaram diferenças significativas entre os tratamentos aplicados (P < 0,05), o que foi atribuído à alta variabilidade das condições físicas no talude como: posicionamento das parcelas ao longo do perfil do solo, influência das águas de drenagem da crista do talude, metodologias de implantação dos tratamentos, entre outras. Para o experimento Escoamento Superficial verificou-se menor volume de escoamento superficial de água + solo escoado para a manta Tela Biotêxtil® e o maior, para a manta Fibrax®, que foi a mais efetiva para o controle da perda de solos. Já o tratamento MacMat® foi o que permitiu maior perda de solo seguido pelos tratamentos Testemunha (solo exposto), Tela Biotêxtil®, MacMat® com plantas, Fibrax® e Fibrax® com plantas. Constatou-se influência positiva da interação de mantas com vegetação, apesar do efeito só ter sido significativo (p < 0,05), na manta Fibrax®, para a variável volume de suspensão de água + solo escoado. A análise estatística do experimento Estabelecimento de Espécies Vegetais praticamente não detectou interação significativa entre a vegetação e as mantas (p < 0,05), com exceção para o número de indivíduos aos 65 dias após semeadura, cuja média foi maior na manta MacMat®. Após proceder a um desdobramento da interação dentro de cada espécie para avaliar o efeito das mantas, detectou-se diferença significativa para a variável altura dos indivíduos aos 65 dias após semeadura em todas as espécies exceto para a combinação I + II + III, com médias superiores em todas as espécies e combinações na manta Fibrax®. Médias maiores na manta Fibrax®, mas não significativas (p > 0,05), também foram verificadas para as outras variáveis, com exceção do número de indivíduos aos 207 dias após semeadura, cuja média para todas as espécies foi maior na MacMat®, exceto para B. decumbens. Quanto ao índice de cobertura e biomassa da parte aérea, aos 207 dias após a semeadura, as médias foram superiores em todas as espécies e combinações na manta Fibrax®, mas detectou-se diferença significativa apenas para a espécie B. decumbens. A espécie que melhor se estabeleceu foi B. decumbens seguida de M. minutiflora e S. guianensis (C. cajan foi descartada das análises devido ao baixo rendimento das sementes utilizadas na pesquisa). Embora tenha adotado metodologias distintas para implantação das mantas, os resultados dos experimentos evidenciaram efeitos satisfatórios dos produtos utilizados quanto ao controle da erosão superficial hídrica e ao estabelecimento de vegetação, com destaque para a manta Fibrax® que mesmo apresentando maior volume de suspensão de água + solo escoado, demonstrou maior eficácia para impedir a perda de solos e permitir o estabelecimento de vegetação.
The objective of this study is to evaluate the performance of three different erosion control blankets commercially available in Brazil (MacMat®, Fibrax® and Tela Biotêxtil®) for surface hydraulic soil erosion protection and facilitating development of vegetative cover. Two experiments were installed on a slope created by a new street access to the Federal University of Viçosa (Via Alternativa da Vila Gianetti): surface runoff and vegetative species establishment. The first comprises six treatments (exposed soil, MacMat®, Fibrax® and Tela Biotêxtil® blankets with vegetative species – a combination of Brachiaria decumbens (I), Melinis minutiflora (II), Stylosanthes guianensis (III) and Cajanus cajan (IV) in addition to MacMat® and Fibrax® blankets without vegetation) with three repetitions in an entirely randomized experimental design, distributed in 18 plots of 8.5 X 2 m. The vegetative species establishment experiment comprised 14 treatments (MacMat® and Fibrax® blankets without vegetation (control), with each of the species used in the anterior experiment (I, II, III and IV), with a combination of all species (I + II + III + IV) and with a combination of three of the four species (I + II + IV) with four repetitions, distributed in 56 parcels of 2 X 2 m in an experimental design using randomized blocks in a factorial layout with two additional treatments. The variables analyzed in the first experiment were eroded solids mass and volume of suspension of water + transported soil, separately evaluated after each rain event in a series of eight events. The variables analyzed in the second experiment were number and height of individuals at 65 and 207 days after seeding, cover index and aerial part of biomass at 207 days after seeding. All the variables in the two experiments were analyzed using Tukey test at 5% probability. The statistical analyzes detected almost no significant differences among the treatments (P < 0.05), this being attributed to the high variability of the slope’s physical conditions affecting factors such as plot position along the soil profile, influence of water drainage at slope crest and treatment implementation methods. For the surface runoff experiment, results showed least volume for surface runoff of water + soil transported for the Tela Biotêxtil® blanket and the greatest for the Fibrax® blanket which was the most effective for control of soil loss. The MacMat® treatment resulted in the greatest soil lost followed by the control treatment (exposed soil), Tela Biotêxtil®, MacMat® with plants, Fibrax®, and Fibrax® with plants. A positive influence was observed from the interaction of blankets with vegetation, despite that the effect was only significant (p < 0.05), for Fibrax® blanket, for the variable volume of suspension of water + transported soil. The statistical analysis of the vegetative species establishment experiment detected almost no significant interactions between vegetation and blankets (p < 0.05) except for number of individuals at 65 days after seeding, the greatest average being for MacMat® blanket. After investigating further into interaction within each species to evaluate blanket effect, the analysis detected significant difference for the variable individual height at 65 days after seeding for all species except for the combination I + II + III, with averages greatest for all species and combinations using Fibrax® blanket. Greatest measures for the Fibrax® blanket, but not significant (p < 0.05) were also observed for the other variables except for number of individuals at 207 days after seeding, whose average for all species was greatest on MacMat® except for B. decumbens. As for the cover index and aerial part of biomass, at 207 days after seeding, averages were greatest for all species and combinations for Fibrax® blanket, but significant difference was observed only for B. decumbens. The species that established best was B. decumbens followed by M. minutiflora and S. guianensis (C. cajan was discarded from analysis because of poor seed performance). Although distinct methods were employed for implementing the blankets, the results showed satisfactory effects from the products used to control surface hydraulic soil erosion and vegetation establishment, Fibrax® blanket being the best performer, despite having greater volume of suspension of water + transported soil, but nevertheless demonstrating greater efficiency to impede soil loss and permit establishment of vegetation.
Palavras-chave: Proteção ambiental
Revegetação
Solos - Conservação
Solos - Erosão
CNPq: Ciências Exatas e da Terra
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FERNANDES, Leonardo Silva. Avaliação de mantas comerciais na vegetação de talude em corte de estrada. 2004. 81f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9312
Data do documento: 31-Ago-2004
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.