Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9346
Tipo: Dissertação
Título: Níveis de energia metabolizável em rações com alta lisina digestível para suínos dos 95 aos 158 dias de idade
Metabolizable energy levels in diets with high lysine for pigs in growing and finishing
Autor(es): Ferreira, Soraia Viana
Abstract: Objetivou-se com este experimento avaliar os efeitos de diferentes níveis de energia metabolizável em rações com alta lisina sobre o desempenho, características de carcaça e qualidade de carne de suínos machos castrados dos 95 aos 158 dias de idade. Foram utilizados 80 suínos híbridos comerciais, machos castrados, selecionados para deposição de carne, com peso inicial de 50 ± 1,82 kg. Os animais foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (T1 - 3150 kcal EM/kg; T2 - 3235 kcal EM/kg; T3 - 3320 kcal EM/kg; T4 - 3405 kcal EM/kg), dez repetições e dois animais por unidade experimental. No período de 95 a 116 dias de idade não foram observados efeitos dos níveis de EM (P>0,05) sobre os parâmetros de desempenho: PMF, GPD e CA. O CRD dos animais reduziu de forma linear com o aumento dos níveis de EM da ração (P=0,01), segundo a equação: Ŷ= 5,79961 - 0,00096790 X (r2= 0,89). No período de 95 a 158 dias de idade não foram observados efeitos dos níveis de EM (P>0,05) sobre o PMF e GPD. Os níveis de EM influenciaram (P<0,01) o CRD e a CA dos suínos que reduziram de forma linear com o aumento dos níveis de EM da ração, segundo as equações Ŷ= 8,12951 - 0,00149X (r2= 0,99) e Ŷ= 6.0914 - 0.001X + (r2 = 0.75), respectivamente. Verificou-se aumento linear da área de olho de lombo (AOL) com o aumento do nível de EM (P=0,02) das rações, segundo a equação Ŷ = - 29.851 + 0.0207 X (r2 = 0.8733). A espessura de toucinho em diferentes pontos da carcaça (ET1C, ET2T, ET3L e ETP2) e o pH e a temperatura medida em diferentes tempos após o abate (0 min, 45 min, 3 horas e 24 horas) não foram influenciados (P>0,05) pelos níveis de EM da ração. Não foi observado efeito (P> 0,05) dos níveis de EM sobre os parâmetros de qualidade carne: Cor L*, Cor a*, Cor b*, FC, PLD, PLC, PLT, GIM e TBARS. Rações com 3405 kcal/kg de EM, correspondendo às relações com a lisina digestível de 2,75; 2,57 e 2,37 dos 95 aos 116, 116 aos 137 e dos 95 aos 158 dias de idade, respectivamente, resultam em melhor desempenho e características de carcaça, sem efeitos negativos na qualidade da carne de suínos machos castrados.
The objective of this experiment was to evaluate the effects of different levels of metabolizable energy in diets with high lysine on performance, carcass characteristics and meat quality of barrows from 95 to 158 days old. 80 commercial hybrids barrows selected for meat deposition were used. The animals were distributed in a completely randomized design with four treatments (T1 - 3,405 kcal / kg, T2 - 3,320 kcal / kg, T3 - 3,235 kcal / kg, T4 - 3,150 kcal / kg), ten replications and two animals each. From 95 to 116 days old no effects of ME levels (P> 0.05) were observed on the performance parameters: FBW, ADG and G:F. The ADFI of animals decreased linearly with increasing feed levels of ME (P = 0.01) according to the equation Ŷ = 5.79961 - 0,00096790 X (r2 = 0.89). From 95 to 158 days old no effects of ME levels (P> 0.05) were observed on the FBW and ADG. The levels of ME influenced (P <0.01) the ADFI and the G:F, which were reduced linearly with the increase of levels of the ration of the equations Ŷ= 8,12951 - 0,00149X (r2= 0,99) e Ŷ= 6.0914 - 0.001X + (r2 = 0.75), respectively. There was a linear increase of the loin eye area (LEA) with increasing levels of ME (P = 0.02), according to the equation Ŷ = - 29.851 + 0.0207 X (r2 = 0.8733). The backfat thickness in different measuring points (ET1C, ET2T, ET3L and ETP2), and the pH and temperature measured at different times after slaughter (0 min, 45 min, 3 h and 24 hours) were not affected (P> 0.05) by ME levels in the feed. ME levels did not affected (P> 0.05) meat quality parameters: L * Color, Color a *, b * color, FC, PLD, PLC, PLT, CGM and TBARS. Diets with 3405 kcal / kg metabolizable energy, corresponding to relations with lysine 2.75; 2.57 and 2.37 from 95 to 116, 116 to 137 and from 95 to 158 days of age, respectively, resulted in better performance and carcass characteristics, without negative effects on meat quality of barrows.
Palavras-chave: Suíno - Alimentação e rações
Suíno - Nutrição
Suíno - Carcaça
Energia metabolizável na nutrição animal
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FERREIRA, Soraia Viana. Níveis de energia metabolizável em rações com alta lisina digestível para suínos dos 95 aos 158 dias de idade. 2016. 42f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9346
Data do documento: 6-Jun-2016
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo377,67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.