Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/9358
Tipo: Dissertação
Título: Enriquecimento de serapilheira com espécies arbóreas aptas para recuperação de áreas degradadas
Litter enrichment with tree species suitable for degraded land reclamation
Autor(es): Braga, Antonio Jorge Tourinho
Abstract: No sentido de otimizar a técnica de transposição da serapilheira acelerando o processo sucessional na revegetação de áreas degradadas, o presente estudo teve como objetivo principal avaliar o comportamento do enriquecimento no complexo solo orgânico-serapilheira com sementes de espécies arbóreas nativas. O experimento foi conduzido em casa de sombra e em bancadas a pleno sol no Viveiro de Pesquisas do Departamento de Engenharia Florestal situado no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Para o estudo proposto, foram coletadas amostras de serapilheira na Mata da Garagem , também situada no campus da UFV. As coletas foram realizadas em pontos distribuídos de forma aleatória, totalizando 20 amostras, sendo cada amostra composta de 4 subamostras. Para isso foram utilizados gabaritos quadrados de madeira de 0,25 x 0,25 m (0,0625 m2), até uma profundidade de 5 cm do solo. Para a instalação do experimento, foram utilizadas 40 caixas de madeira (50 x 50 x 15 cm), sendo que 20 destas caixas receberam uma camada de 3 cm de subsolo e em seguida foram preenchidas com o solo orgânico coletado na mata, e as 20 caixas restantes foram preenchidas apenas com terra de subsolo que serviu como substrato. Foram adubadas 10 das 20 caixas que continham o subsolo e também 10 que continham o solo orgânico. Depois foram semeadas 20 sementes de jacarandá-da-bahia, ipê- preto, ipê-amarelo e sibipiruna por caixa. Metade das 40 caixas foram distribuídas em bancadas dentro da casa de sombra sob 60 % de sombreamento, sendo as outras 20 distribuídas em bancadas a pleno sol. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados no esquema de parcelas subdivididas com 8 tratamentos e 5 repetições. A irrigação foi realizada levando em consideração as condições climáticas do dia de forma a evitar o estresse hídrico. No levantamento do banco de sementes foram encontrados 508 indivíduos dos quais foram identificadas 38 espécies, pertencentes a 34 gêneros e distribuídas em 22 famílias. Destes, 291 indivíduos foram arbóreos pertencentes a 20 espécies, 17 gêneros e 13 famílias. O índice de diversidade (H ) foi de 2,11 o que indica uma diversidade próxima a valores encontrados para banco de sementes, já a equabilidade (J) de 0,67 foi considerada alta comparada com a de outros bancos. Destacaram-se em valor de importância Cecropia hololeuca (28,91%) e Solanum erianthum (18,67%), a primeira pelo elevado número de indivíduos e a segunda basicamente em função do porte de seus representantes. A avaliação da germinação das sementes, introduzidas e do banco de sementes, indicou não haver diferença entre os ambientes testados. Os solos não adubados apresentaram maior percentual de sementes germinadas em relação aos solos adubados. No geral, todas as plantas, originadas do banco ou introduzidas, tiveram melhor crescimento no ambiente sombreado. Apesar de inibir a germinação das espécies introduzidas, a adubação foi fundamental para o crescimento de todas as espécies. Os resultados demonstram a eficiência do enriquecimento do banco de sementes e confirma o potencial desta técnica para revegetação de áreas degradadas.
The principal objective of this study was to examine the behavior of an organic soil-litter complex seeded with native tree species, with the intention of optimizing propagation potential, which should accelerate plant succession in degraded land revegetation. The experiment was done in a greenhouse and on benches exposed to open sunlight at the Research Nursery of the Department of Forestry Engineering, Federal University of Viçosa (UFV). For the proposed study, litter samples were collected from the "Mata da Garagem" woods, also located on the UFV campus. A total of 20 samples were collected at randomly distributed points, each sample being composed of 4 subsamples. This was done by placing square wooden frames of 0.25 x 0.25 m (0.0625 m2) on the forest floor and collecting material from within the frame including 5 cm depth of soil. To install the experiment in the nursery, 40 wooden boxes (50 x 50 x 15 cm) were used, 20 of these receiving a layer of 3 cm of substrate which was then covered by organic soil from the woods, and the 20 remaining boxes were filled only with the same substrate. Ten of the 20 boxes that contained the substrate and 10 that contained organic soil were fertilized. Then 20 seeds each of Caesalpinia peltophoroides, Dalbergia nigra, Tabebuia serratifolia and Zeyheria tuberculosa were planted in each box. Half of the 40 boxes were distributed on benches in the greenhouse under 60% shade, and the others were distributed on benches exposed to open sunlight. The experimental design used randomized blocks with subdivided plots with 8 treatments and 5 replications. Plants were irrigated as needed to avoid water stress. The seed bank inventory identified 508 individuals consisting of 38 identified species, 34 genera, and 22 families. Of these, 291 individuals were tree seedlings belong to 20 species, 17 genera and 13 families. The diversity index (H ́) value of 2.11 for this experiment is similar to diversity values found in other seed bank studies, whereas the value for equability (J) is higher than for other seed banks. Importance Values (IV) were highest for Cecropia hololeuca (28.9%) and Solamam erianthum (18.7%), the first due to the large number of individuals and the second in consideration of plant size. Evaluation of seed germination for both introduced seeds and seed bank did not show any differences for the environments tested. The non-fertilized soils had a higher percentage of germinated seeds in comparison to other soils. In general, all the plants, both from seed bank or introduced seeds, were more developed in the shaded environment. Despite inhibiting germination of introduced species, fertilization was fundamentally important for the development of all species. Results show the efficiency of enriching seed banks and confirm the potential of this technique for revegetating degraded areas.
Palavras-chave: Florestas - Reprodução
Reflorestamento
Serapilheira
Recuperação de terra
Revegetação
Bancos de sementes
CNPq: Ciências Agrárias
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BRAGA. Antonio Jorge Tourinho. Enriquecimento de serapilheira com espécies arbóreas aptas para recuperação de áreas degradadas. 2005. 81f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/9358
Data do documento: 29-Jul-2005
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.